Virgin Galactic divulga salão de luxo em seu aeroporto de turismo espacial

Por Web Staff

A startup de turismo espacial de Richard Branson, Virgin Galactic, tem exibido uma luxuosa área de descanso e amenidades de primeira linha para sua abastada clientela.

A empresa compartilhou imagens do interior do Spaceport America, no Novo México, em 15 de agosto. Os detentores de ingressos, a maioria dos quais pagou US$ 200.000 ou mais por um voo da Virgin Galactic, um dia se reunirão no espaçoporto antes de embarcarem em um avião supersônico para um passeio de 90 minutos na atmosfera superior.

As renovações são outro sinal de que a Virgin Galactic está se preparando para abrir negócios na Spaceport America, uma instalação controversa que foi construída há uma década, usando dólares dos contribuintes locais.

As imagens da área do salão do primeiro andar mostram um grande café-bar feito de “mármore italiano com iluminação periférica, sobre um carvalho artesanal”, segundo um comunicado de imprensa. Sofás modernos se alinham com as janelas do piso ao teto no espaçoporto, proporcionando vistas panorâmicas do deserto ao redor. Outras novas instalações incluem um centro de controle de missão, uma área de trabalho para pilotos e um centro de informações.

Centenas de pessoas entraram na fila para fazer uma pequena viagem de alta velocidade, a bordo de um avião espacial da Virgin Galactic. Branson, que fundou o empreendimento em 2004, planeja ser o primeiro turista a bordo de um avião espacial da Virgin Galactic. A empresa informou que tem planos de testes adicionais planejados e estará pronta para começar a voar com clientes pagantes no primeiro semestre de 2020.

O fundador da Virgin Group, Richard Branson, fala em um evento de imprensa em Sydney, 9 de setembro de 2015 (REUTERS / Jason Reed / File Photo)

A empresa de Branson passou 15 anos construindo e testando seu avião espacial no deserto de Mojave, na Califórnia. Demorou muito mais do que o esperado, em parte devido a um acidente em 2014 que matou um co-piloto.

O Spaceport America provocou muita resistência no Novo México. Críticos chamaram o projeto de um plano profundamente falho para revigorar a economia do estado com voos espaciais comerciais. A instalação continua a consumir milhões de dólares em impostos enquanto permanece quase vazia.

A Virgin Galactic agora diz que está pronta para cumprir sua promessa de tornar o Novo México um destino de turismo espacial e de visualização de voos, oferecendo um grande benefício para a economia local.

“Não estamos falando apenas das pessoas que estamos enviando ao espaço, estamos falando sobre [trazer aqui] a família e os amigos”, disse Branson durante uma entrevista à CNN Business em maio. “Haverá treinamento de voo dentro do espaçoporto e haverá lugares para as famílias fazerem refeições, passearem de balão, pescarem, além de passeios de bicicletas em trilhas, etc. etc. Isso é algo que vamos organizar”.

Depois de duas missões de teste bem-sucedidas de seu avião espacial, movido a foguete, ao longo dos últimos meses, a empresa anunciou em maio que estava pronta para transportar 100 de seus trabalhadores para o espaçoporto do Novo México. Alguns outros trabalhadores ficarão em Mojave na sede da Virgin Galactic.

A Virgin Galactic disse que revelará outros desenvolvimentos no espaçoporto no final deste ano.

A empresa no início deste ano tornou-se a primeira no empreendimento de turismo espacial a ser listada em um mercado de ações, por meio de um empreendimento chamado Social Capital Hedosophia Holdings. Analistas e especialistas estão divididos sobre se o empreendimento sustentará um interesse suficiente entre os ultra-ricos do mundo para manter uma carteira de negócios saudável e recuperar seus altos custos de P & D.

A empresa está preparada para competir diretamente com a Blue Origin, um empreendimento de turismo espacial fundado pelo multibilionário da Amazon, Jeff Bezos. A Blue Origin realizou vários voos de teste de sua espaçonave autônoma, projetada para transportar passageiros em viagens suborbitais para o espaço. A empresa disse, no início deste ano, que espera começar a voar com passageiros em meados de 2019, embora não tenha dito quanto vai cobrar dos clientes pelos passeios.

Por Jackie Wattles

 
 
 

Em meio a protestos, Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

Em meio a protestos, Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia
O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou hoje (10), em um pronunciamento transmitido a partir da cidade de Cochabamba, sua ...
Leia Mais >
 

Itamaraty apoia novas eleições na Bolívia e expõe profunda preocupação com fraude

Itamaraty apoia novas eleições na Bolívia e expõe profunda preocupação com fraude
Por Davi Soares, Diário do Poder Antes do anúncio da renúncia de Evo Morales ao cargo de presidente ...
Leia Mais >
 

MTur abre credenciamento para agências receberem turistas chineses

MTur abre credenciamento para agências receberem turistas chineses
As inscrições para agências de viagens brasileiras receberem turistas chineses começa nesta terça-feira (5), segundo informações do Ministério ...
Leia Mais >
 

Câmara Legislativa do DF instala sistema de energia fotovoltaica

Câmara Legislativa do DF instala sistema de energia fotovoltaica
A Câmara Legislativa do Distrito Federal finaliza a instalação de um parque de geração de energia solar. Com ...
Leia Mais >