Veterinário de Pequim morre de vírus do macaco B, que tem uma taxa de mortalidade de 70-80%

Por Nicole Hao

Em 16 de julho, a China relatou a primeira morte causada pelo vírus do herpes B em sua história. O indivíduo, identificado como veterinário em Pequim, foi infectado por macacos em março e morreu em 27 de maio.

O vírus Monkey B, também conhecido como vírus Herpes B, tem uma taxa de mortalidade entre 70 e 80 por cento, conforme citado pela revista China CDC Weekly do China Center for Disease Control and Prevention, em seu relatório de 17 de julho . O relatório disse que os contatos próximos do falecido foram testados em abril e estavam livres do vírus.

Os seres humanos geralmente são infectados com o vírus quando são mordidos ou arranhados por um macaco infectado, ou têm contato com os olhos, nariz ou boca de um macaco, de acordo com o US CDC. O CDC observou que só foi documentado um caso de Transmissão do vírus Herpes B de pessoa para pessoa na história.

Não se sabe com que tipo de macaco a vítima estava em contato quando contraiu o vírus.

Primeira morte na china

O veterinário falecido tinha 53 anos. Ele trabalhou para uma instituição de criação e experimentação com primatas não humanos em Pequim.

Em 4 e 6 de março, o veterinário dissecou dois macacos mortos. Um mês após as dissecções, o veterinário “sentiu náuseas e vômitos seguidos de febre com sintomas neurológicos”, segundo o relatório.

Como os médicos em Pequim eram inexperientes em infecções pelo vírus Herpes B, o veterinário foi convidado a visitar vários hospitais para tratamento, mas não foi diagnosticado até 17 de abril, quando os médicos coletaram seu líquido cefalorraquidiano e de dois colegas para analisar se havia algum vírus relacionado com macacos.

Os resultados mostraram que o veterinário estava infectado com o vírus B.

Um grupo de cientistas do China CDC e da Capital Medical University concluiu em seu relatório: “Isso implica que o BV [vírus B] em macacos pode representar uma ameaça zoonótica potencial para os trabalhadores do setor.”

Funcionários médicos levam um paciente a uma clínica de febre em um hospital em Pequim, China, em 13 de janeiro de 2021 (GREG BAKER / AFP via Getty Images)

As infecções pelo vírus B começam com sintomas semelhantes aos da gripe, incluindo febre e calafrios, dores musculares, fadiga e dores de cabeça, de acordo com o CDC dos Estados Unidos. Os sintomas geralmente começam um mês após a exposição a um macaco infectado com o vírus.

A primeira infecção humana foi identificada em 1932 e, desde então, apenas 50 casos de transmissão para humanos foram registrados. Destes, a maioria teve contato com um macaco e 21 morreram.

Entre para nosso canal do Telegram.

Siga o Epoch Times no Gab.

Veja também

 
 
 

Da saúde a Hollywood: como o regime chinês tenta controlar a América

Da saúde a Hollywood: como o regime chinês tenta controlar a América
Hoje, as "plataformas de entretenimento" dos EUA estão tão "desesperadas pelo mercado chinês" que agora estão dispostas a ...
Leia Mais >
 

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.
Por NTD Notícias Evidências apontam que a catástrofe das enchentes na China vem das autoridades do Partido Comunista. ...
Leia Mais >
 

Epoch Times lança iniciativa ‘Defendendo America’ com painel sobre a constituição

Epoch Times lança iniciativa ‘Defendendo America’ com painel sobre a constituição
O Epoch Times realizou um painel de discussão em 19 de julho entre os principais especialistas na Constituição ...
Leia Mais >
 

Enchentes mortíferas na China

Enchentes mortíferas na China
Por NTD Notícias O senador Marco Rubio na terça-feira disse em tuite que o fechamento do instituto Confúcio ...
Leia Mais >