TSE faz parceria com app banido dos EUA por espionagem para a China

Por Leonardo Trielli, Senso incomum

Átila Iamarino pode ser considerado o propagador da maior fake news sobre a peste chinesa de que se tem notícia. Foi o “cientista” quem vaticinou 1,1 milhão de mortos pelo vírus chinês até agosto deste ano. Ele também saiu espalhando que o governo americano, malvadão, havia comprado todas as doses da vacina do coronavírus deixando o resto do mundo desabastecido.

Não contente em chamá-lo para ser garoto propaganda em sua campanha contra fake news nas redes, o Tribunal Superior Eleitoral se supera no absurdo e fecha parceria com o TikTok, “para a criação de um ambiente digital livre de notícias falsas na rede.”

Na esteira da CPI das fake news e do Inquérito do Fim do Mundo – considerado inconstitucional, menos para a corte constitucional brasileira – o TSE acredita ser o guardião de toda a verdade do mundo no que diz respeito à notícias sobre eleições.

E como é que eles demonstram isto aos pobres de nós, que não sabemos diferenciar o bem do mal, o belo do feio, o justo do injusto? Retuitando agências de fact-check – todas de esquerda – que já divulgaram fake news elas próprias; contratando como garoto-propaganda o divulgador da maior fake news da história da pandemia; e, agora, contratando uma empresa chinesa, que é mais do que suspeita de entregar ao Partido Comunista Chinês dados sensíveis de milhões de seus usuários pelo mundo.

O governo americano baniu o aplicativo do país. Até o ultra-esquerdista Mark Zuckerberg teria alertado o presidente Trump sobre os perigos que o aplicativo poderia trazer para os EUA. É esta empresa, com este aplicativo, que o Tribunal, que deveria ser um dos principais guardiões da democracia brasileira, fechou parceria.

Isto não é uma piada de extremo mau gosto. É escárnio.

“O rebelde desconhecido”, imagem que correu o mundo após o que ficou conhecido como “Massacre da Praça da Paz Celestial.”
Pequim, 4 de junho de 1989.

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
 
 

Regime chinês treina esquadrão cubano encarregado de reprimir protestos na ilha

Regime chinês treina esquadrão cubano encarregado de reprimir protestos na ilha
O exército chinês pode estar mais perto da América Latina do que se acredita. Fotos obtidas pela mídia ...
Leia Mais >
 

Nesta quinta-feira o presidente Jair Bolsonaro falou sobre transparência eleitoral com fortes declarações que receberam amplo apoio popular

Nesta quinta-feira o presidente Jair Bolsonaro falou sobre transparência eleitoral com fortes declarações que receberam amplo apoio popular
Por NTD Notícias Nesta quinta-feira o presidente Jair Bolsonaro falou sobre transparência eleitoral com fortes declarações que receberam ...
Leia Mais >
 

EUA condena tratamento ‘severo’ de Pequim aos repórteres que cobrem inundações na China Central

EUA condena tratamento ‘severo’ de Pequim aos repórteres que cobrem inundações na China Central
Washington expressou profunda preocupação com a vigilância, assédio e intimidação "cada vez mais severa" que colocou em perigo ...
Leia Mais >
 

EUA: mapas mostrando Taiwan como parte da China barrados

EUA: mapas mostrando Taiwan como parte da China barrados
Por NTD Notícias Um homem foi brutalmente atacado na cidade de Zhengzhou, na China pelo que pareciam ser ...
Leia Mais >