Trump anuncia saída do procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions

Por Agência EFE

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (7) a saída do procurador-geral do país, Jeff Sessions, que renunciou ao cargo a pedido do próprio governante.

“Estamos felizes de anunciar que Matthew Whitaker, chefe de gabinete do procurador-geral Jeff Sessions no Departamento de Justiça, se tornará o procurador-geral interino dos Estados Unidos”, anunciou Trump pelo Twitter.

“Agradecemos ao procurador-geral Jeff Sessions pelo seu serviço e lhe desejamos o bem. Um substituto permanente será nomeado em uma data posterior”, completou.

O até então principal representante da Justiça no governo comunicou a renúncia em carta enviada ao presidente, divulgada nesta quarta-feira, na qual a data não é detalhada.

“Ao seu pedido, envio minha renúncia”, afirma Sessions na carta assinada por ele, na qual não faz nenhuma crítica ao governante e se limita a agradecer o trabalho realizado pelo departamento que dirigia.

A situação entre Trump e Sessions andava tensa, com altos e baixos há mais de um ano, como consequência da decisão do procurador-geral de se inibir diante da investigação sobre o suposto esquema de ingerência russa nas eleições por causa dos contatos que tinha com Moscou.

Esse passo precedeu a nomeação do procurador especial Robert Mueller, encarregado de investigar de forma independente a suposta coordenação entre a campanha do presidente norte-americano e o Kremlin no pleito de 2016.

Em agosto, Trump denunciou que “Jeff Sessions se afastou, algo que não deveria ter feito ou que deveria ter dito”.

“Aceitou o trabalho e depois disse: ‘Vou me separar (da investigação sobre a Rússia)’. Que tipo de homem é esse?”, disse Trump na época.

O presidente nunca aceitou o passo dado por Sessions, que levou o “número dois” do Departamento de Justiça, Rod Rosenstein, a assumir as investigações e nomear Mueller.

 
 
 

Governo do Peru censura mostra de pinturas sobre direitos humanos no mesmo dia em que recebe doação da China

Governo do Peru censura mostra de pinturas sobre direitos humanos no mesmo dia em que recebe doação da China
O ministro da Cultura do Peru, Rogers Valencia, foi criticado depois que seus funcionários suspenderam a Exposição Internacional ...
Leia Mais >
 

Merkel diz que novo tratado franco-alemão é “necessário” para impulsionar UE

Merkel diz que novo tratado franco-alemão é “necessário” para impulsionar UE
A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, qualificou neste sábado (19) o novo tratado franco-alemão que será assinado em ...
Leia Mais >
 

A complexa rede de espionagem chinesa no exterior

A complexa rede de espionagem chinesa no exterior
Em uma coletiva de imprensa realizada em 20 de dezembro, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ, ...
Leia Mais >
 

Governador do Maranhão propõe reduzir Forças Armadas e criar Guarda Nacional

Governador do Maranhão propõe reduzir Forças Armadas e criar Guarda Nacional
Em entrevista à Globo News nessa quarta-feira (16/01), o governador comunista Flávio Dino fez algumas declarações relacionadas a ...
Leia Mais >