TikTok proíbe discurso de ódio contra mulheres, mas não contra homens

Por John Mac Ghlionn 

Comentário

O TikTok é um aplicativo muito problemático.

Como já discuti em outro lugar, o serviço de rede social focado em vídeo de propriedade da empresa chinesa, ByteDance, coleta dados biométricos de todos os usuários nos Estados Unidos, incluindo “reconhecimentos faciais” e “reconhecimento de voz”.

Considerando que agora existem mais de 130 milhões de usuários do TikTok apenas nos Estados Unidos, a coleta de dados biométricos deve ser vista como uma ameaça à segurança nacional. Os dados são o novo petróleo. O Partido Comunista Chinês (PCCh) está ocupado perfurando. Também está ocupado criando um banco de dados biométrico global.

Além disso, há motivos para acreditar que o aplicativo está sendo usado como ferramenta para espionar o povo americano. O PCCh possui uma participação na ByteDance, empresa mãe do TikTok. O acordo, que ocorreu no ano passado, permitiu que o PCCh nomeasse um diretor do conselho da ByteDance.

É claro que o aplicativo mais baixado do mundo é problemático por vários motivos. Facilita a disseminação de desinformação e permite que Pequim bisbilhote o público americano.

Curiosamente (e muito preocupante), o aplicativo também permite que as pessoas façam comentários odiosos e acumulem milhões de seguidores. Durante anos, permitiu que os usuários postassem o conteúdo mais odioso imaginável.

Em fevereiro deste ano, no entanto, o TikTok proibiu os usuários de usar deadnaming (o ato de se referir a uma pessoa transgênero por um nome que usaram antes da transição).

Na tentativa de limpar sua plataforma questionável, o TikTok também baniu postagens que incluem misoginia, o que envolve comentários odiosos ou preconceituosos contra mulheres. A empresa observou que essas mudanças foram introduzidas para “clarear sobre os tipos de ideologias odiosas proibidas em nossa plataforma”.

Curiosamente, uma das ideologias odiosas não proibidas em sua plataforma é a misandria, que envolve o ódio aos homens.

Devo dar crédito ao autor Rollo Tomassi por trazer isso à minha atenção. Tomassi pode ser encontrado no YouTube e Instagram, mas você não encontrará o pregador pragmático no TikTok.

“Você pensaria que essa plataforma [TikTok] seria uma mina de ouro expansiva para nós”, ele me disse, “mas é exatamente o oposto”.

Como mídia, continuou Tomassi, “o TikTok é muito temporal e controlado para ser tudo menos entretenimento para o público de 12 a 29 anos. Aqui hoje, foi amanhã. É a mídia de seguidores da vaidade que sua controladora chinesa sabe que o americano médio não pode resistir”.

O TikTok, ele argumentou, “é para crianças e adultos que nunca amadureceram além de um conjunto de habilidades sociais de adolescentes. Nada define a Geração TL;DR [muito longa; não li] como o TikTok. A atenção desta geração é medida em incrementos de 49 segundos”.

Ele está certo.

Misoginia vai, misandria fica

Sessenta por cento dos usuários do TikTok são mulheres; um terço dos usuários tem entre 10 e 19 anos.

A autora observou que “há muitos menores impressionáveis ​​que veem conteúdo lascivo e se tornam insensíveis à sexualização das mulheres”.

Infelizmente, eles podem se tornar insensíveis à demonização dos homens.

TikTok é visto em uma loja da Apple em Pequim, na China, em 17 de julho de 2020 (Ng Han Guan/AP Photo)
TikTok é visto em uma loja da Apple em Pequim, na China, em 17 de julho de 2020 (Ng Han Guan/AP Photo)

No TikTok, Tomassi me disse, “mensagens misândricas são abundantes”, mas “a palavra tem muitas sílabas para caber em um vídeo de 59 segundos para uma influenciadora criança comum. Ninguém tem tempo para isso. Misandria e lamentar as opções de namoro das mulheres no século 21 é um elemento básico das mulheres influenciadoras do TikTok”.

Tomassi então discutiu sobre uma influenciadora chamada Drew Afualo, que foi “catapultada para a realeza do TikTok”. Por que Afualo foi catapultada para uma posição de tanto prestígio? Em suma, criando conteúdo extremamente odioso com foco nas supostas deficiências dos homens.

Chamar Afualo de influenciadora é fazer um desserviço a ela. Com 6,8 milhões de seguidores apenas no TikTok, os vídeos de Afualo, muitos dos quais transbordam de comentários horríveis sobre homens, alcançam um grande público. Se você tem estômago para isso, este vídeo resume perfeitamente o que é Afualo.

Agora, antes de ir mais longe nesta toca de coelho cheia de minas terrestres, deixe-me dizer o seguinte: não estou atacando Afualo. Estou destacando os padrões duplos que existem no TikTok. Homens não podem postar conteúdo de ódio sobre mulheres, e com razão. Mas por que as mulheres podem lucrar com comentários de ódio sobre os homens?

Afualo, uma feminista radical confessa e de esquerda, equiparou a calvície masculina à misoginia. Agora, imagine se um homem divulgasse um vídeo igualando a perda de cabelo nas mulheres com o ódio dos homens. Ele teria permissão para continuar postando conteúdo no TikTok? Não, claro que não. Hoje, com apelos por maiores níveis de igualdade, todos os pecadores, independentemente do sexo, não deveriam ser tratados igualmente?

O fato de Afualo poder divulgar tal conteúdo nocivo não deve ser uma grande surpresa. Afinal, os autores ainda se perguntam em voz alta se não há problema em chamar todos os homens de lixo. A resposta parece, caso você esteja se perguntando, ser sim.

Dizem-nos que a ascensão feminista do TikTok é algo a ser celebrado. Porém, na verdade, não é.

Como o já mencionado Alvarez-Correa observou, o feminismo da quarta onda, que se concentra fortemente no combate à “masculinidade tóxica” (um termo sem sentido projetado para emocionar em vez de informar), tem “explorado ativamente os métodos para empoderar as mulheres usando ferramentas digitais para navegar pelas normas de gênero no contexto da sociedade e da política”.

Segundo o autor, essa autopropriedade radical “levou a cultura pop a normalizar o conteúdo que muitos considerariam obsceno, ofensivo e até mesmo enquadrado na categoria de pornografia leve”.

Em “uma sociedade feminista pós-moderna”, ela perguntou, “o TikTok está levando o movimento feminista a um estado progressivo ou regressivo?” Este último, eu argumento, assim como outros autores muito bem informados. Os posts carregados de palavrões de Afualo são apenas um exemplo da regressão.

Entrei em contato com os representantes do TikTok para comentar o assunto, mas não recebi uma resposta até o momento.

Isto não deveria vir como surpresa. Afualo, um dos principais influenciadores, é uma vaca de dinheiro para o TikTok; seus vídeos acumularam mais de 120 milhões de visualizações.

Tomassi me disse que o termo “influenciador” deveria assustar todos nós. Estamos agora “no ponto em que nossa avaliação de qualquer pessoa ou coisa que vemos nas mídias sociais de sucesso define nossa compreensão disso. Influência, emocionalismo, dopamina e períodos de atenção de 15 segundos criam bons consumidores viciados em jogos de azar, mas é uma maneira perigosa de formar imperativos sociais”.

Talvez. Mas é uma ótima maneira de ganhar a vida no TikTok se você for uma mulher com uma visão controversa dos homens.

As opiniões expressas neste artigo são as opiniões do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Epoch Times.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha
Um ex-membro de uma gangue criminosa japonesa disse que testemunhou o comércio de órgãos na China, tendo visto ...
Leia Mais >
 

BOLSONARO: “TOMAREMOS AS AÇÕES QUE DEVEM SER TOMADAS”; COREIA DO SUL AMPLIA DEFESA

BOLSONARO: “TOMAREMOS AS AÇÕES QUE DEVEM SER TOMADAS”; COREIA DO SUL AMPLIA DEFESA
O presidente Jair Bolsonaro discursou a uma multidão em Santa Catarina no sábado. Ele falou em “luta do ...
Leia Mais >
 

GUERRA “NÃO-CONVENCIONAL” DA CHINA; COLÔMBIA: GIRO À ESQUERDA; BRICS: IMPASSE DO BRASIL

GUERRA “NÃO-CONVENCIONAL” DA CHINA; COLÔMBIA: GIRO À ESQUERDA; BRICS: IMPASSE DO BRASIL
Um impasse para o Brasil? Ocorreu a cúpula do BRICS. China e Rússia falam em uma expansão do ...
Leia Mais >
 

ABORTO DEIXA DE SER DIREITO CONSTITUCIONAL NOS EUA; VEXAME DE BIDEN

ABORTO DEIXA DE SER DIREITO CONSTITUCIONAL NOS EUA; VEXAME DE BIDEN
O aborto agora não é mais um direito protegido pela constituição nos EUA. Isso depois que a Suprema ...
Leia Mais >