Shen Yun teve sucesso em Barcelona apesar da interferência do PCC

Shen Yun teve sucesso em Barcelona apesar da interferência do PCC

Shen Yun Performing Arts realizou quatro shows, que foram completamente lotados, no Teatre Nacional de Catalunya, em Barcelona, Espanha (Minghui.org)

2014/04/17

Apesar de seus melhores esforços para sabotar o show do Shen Yun Performing Arts na Europa, o Partido Comunista Chinês (PCC) acabou, ao invés disso, tendo um papel de promover o show. Após seus esforços para inviabilizar os espetáculos na Alemanha e na Bélgica, o PCC pressionou o Teatre Nacional de Catalunya, em Barcelona, Espanha, para cancelar os shows de 9 a 12 de abril do Shen Yun. O teatro se recusou a cancelar, e a história foi relatada pela grande mídia espanhola.

Os relatos da mídia por sua vez atraíram um público maior, muitos vieram devido aos relatos da interferência do PCC no Shen Yun. Todos os quatro shows em Barcelona estavam completamente lotados.

Os valores tradicionais chineses, apresentados por Shen Yun ressoaram no público e foram muito elogiadas na mídia, o que retratou todo o incidente como uma ocasião em que o povo espanhol apoiou a bondade e a tradição.

Em 7 de abril, dois dias antes da primeira performance do Shen Yun, o segundo maior jornal da Espanha, El Mundo, publicou um artigo intitulado “A China tenta proibir uma produção na Espanha: diplomatas chineses ameaçam com os interesses comerciais”.  A reportagem expôs a tentativa do regime chinês de forçar o teatro a cancelar o Shen Yun, apontando que o PCC foi impotente em impedir o Shen Yun de trazer a essência da cultura tradicional chinesa à Barcelona.

Em 7 de abril, El Mundo, jornal tradicional na Espanha, publicou uma reportagem expondo a tentativa do regime chinês de forçar o teatro a cancelar o Shen Yun em Barcelona (Minghui.org)
Em 7 de abril, El Mundo, jornal tradicional na Espanha, publicou uma reportagem expondo a tentativa do regime chinês de forçar o teatro a cancelar o Shen Yun em Barcelona (Minghui.org)

O artigo revelou que vários diplomatas chineses visitaram o teatro em 25 de fevereiro de 2014, para exigir que o show do Shen Yun fosse cancelado. Após a recusa do teatro, os diplomatas chineses foram para a agência de autoridade cultural e de relações exteriores local para exercer pressão. No entanto, seus esforços fracassaram.

Registro de queixas local contra funcionários do Consulado chinês

Em 26 de março, a Associação Falun Dafa da Espanha, apresentador local do Shen Yun, prestou uma queixa em um tribunal local contra as autoridades chinesas que tentaram sabotar as performances. As acusações incluem difamação. O advogado representante legal da entidade, Carlos Iglesias, afirmou: “Esses funcionários tem estado envolvidos em caluniar e insultar os artistas do Shen Yun e seus apresentadores, na Espanha. O seu fornecimento de informações falsas para o teatro viola as leis criminais da Espanha”.

Grande mídia reporta o sucesso do Shen Yun

Em 9 de abril, dia da abertura do show do Shen Yun, a rede nacional de notícias da televisão da Espanha, Telecinco, cobriu o evento ao vivo. O âncora das notícias, Pedro Piqueras, relatou: “O governo chinês não gosta de ser criticado, nem mesmo na forma de dança. Desta vez, apesar de seus esforços, eles não conseguiram impedir o espetáculo. ”

“A jornada para a China antiga já começou. Através da dança, a música, as cores e os efeitos de palco, os cinco mil anos de civilização chinesa estão mais uma vez em nossa frente”, disse a repórter Laila Jimenez.

“O grande cenário nos trouxe para o Templo de Shaolin. De repente, estou em uma pradaria na Mongólia. Lendas, histórias, tradições e toda a cultura que foi quase destruída pela Revolução Cultural de Mao Tsé-Tung brilha de novo”, descreveu outra repórter, Susana Ramos, em uma reportagem ao vivo. E continuou, “os artistas do Shen Yun estão finalmente recebendo a recompensa após o trabalho duro que fizeram. Seu desempenho comoveu o público à lágrimas.”

El Pais tem uma circulação diária de 400.000, e também é vendido na América Latina. O jornal utilizou quase uma página inteira para cobrir o desempenho extravagante do Shen Yun e a perseguição a Falun Gong. De acordo com o El Pais, “A polêmica sobre o Shen Yun Performing Arts, com base em Nova Iorque, após sua chegada em Barcelona, ​​não ofuscou o brilho deslumbrante dos talentosos artistas de dança, músicos e solistas.

“O show foi impecável. O espetáculo do Shen Yun é apresentado pela Associação de Falun Dafa na Espanha, e existem duas atuações no show que expõem a perseguição aos praticantes de Falun Gong na China.”

O público espanhol é tocado por Shen Yun

Renomada personalidade da rádio espanhola, Luis del Olmo (Minghui.org)
Renomada personalidade da rádio espanhola, Luis del Olmo (Minghui.org)

Personalidade icônica da rádio da Espanha, Luis del Olmo, tinha elevadas opiniões a respeito da performance: “Depois de ter visto muitos shows, eu, sem dúvida, acho que esse espetáculo do Shen Yun é o mais importante que eu já assisti na minha vida. Eu sinceramente os parabenizo.” “Não perca esse show, porque é uma em um milhão. Os artistas, a orquestra, os tenores, as cores e o cenário de fundo são imagens que enchem a nossa alma de luz e alegria”, acrescentou.

Bailarina espanhola, María Nadal, acredita que Shen Yun é "muito gratificante para a alma." (Minghui.org)
Bailarina espanhola, María Nadal, acredita que Shen Yun é “muito gratificante para a alma.” (Minghui.org)

“O show me encantou, foi grandioso. Os artistas atuam magia! Sabe quando alguém faz as coisas com o coração e gosta de fazer o que eles fazem? Isso demonstram na performance”, disse a bailarina, María Nadal, após assistir Shen Yun em 12 de abril. “Esteticamente é tudo tão bonito, mas eu acredito que este é realmente um presente para a alma. Se algo é esteticamente muito bonito, é como se você fosse a um concerto e ouvisse algo tão bonito, que a sua alma ficasse completamente grata. Shen Yun é muito gratificante para a alma”, acrescentou.

Esta reportagem foi originalmente publicada por Minghui.org