Série Especial Ep.10: Infiltrando pt.4 | Como o Espectro do Comunismo está Governando Nosso Mundo

Por NTD Notícias

Países comunistas praticam um estrito controle sobre a fala e o pensamento. Entretanto, desde a década de 1980, outra forma de controle da fala e do pensamento surgiu no Ocidente. Patrulhas ideológicas usam da bandeira do “politicamente correto” para criar caos na mídia, na sociedade e no sistema educacional, valendo-se de slogans e críticas em massa para restringir a fala e o pensamento. Mesmo muitos já tendo sentido o poder maligno de seu controle, não compreenderam suas raízes ideológicas.

Termos como “politicamente correto” junto de “progresso” e “solidariedade”, há muito têm sido usados por partidos comunistas. Seu significado superficial é o de evitar o uso de linguajar discriminatório contra minorias, mulheres, deficientes e outros. Por exemplo, com “negros” sendo chamados de “afro-americanos”,”índios” sendo chamados de “nativo-americanos”, imigrantes ilegais sendo chamados de “trabalhadores sem documentos”, e assim por diante.

No entanto, a implicação oculta por trás do politicamente correto é a classificação de indivíduos em grupos de acordo com seu status de vítima. Os mais oprimidos, segundo este raciocínio, devem receber o maior respeito e cordialidade. Este julgamento, feito exclusivamente a partir da identidade de um indivíduo, desconsiderando conduta e talentos individuais, é a base do que chama-se “política de identidade”.

Esta forma de pensar é extremamente popular nos Estados Unidos e em outros países ocidentais. De acordo com esta corrente, lésbicas negras, que são oprimidas por sua raça, sexo e preferência sexual, ocupam a vanguarda da vitimização. No outro extremo, homens brancos e heterossexuais são considerados os mais privilegiados e, pela lógica da política do vitimismo, devem estar na base da cadeia.

Esse tipo de classificação é idêntico ao que ocorre em países comunistas, onde indivíduos são classificados dentro das “cinco categorias vermelhas” ou “cinco categorias negras” correspondentemente à sua riqueza e status de classe antes da revolução. O Partido Comunista Chinês eliminou e oprimiu proprietários de terra e capitalistas devido ao seu status de classe “errado”, atacou intelectuais como a “repulsiva nona classe” e proclamou que “os pobres são os mais inteligentes, os nobres, os mais idiotas”.

 
 
 

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha
Um ex-membro de uma gangue criminosa japonesa disse que testemunhou o comércio de órgãos na China, tendo visto ...
Leia Mais >
 

Trump: FBI invadiu sua casa na Flórida, propriedade está ‘sob cerco’

Trump: FBI invadiu sua casa na Flórida, propriedade está ‘sob cerco’
O ex-presidente Donald Trump disse que sua casa em Mar-a-Lago na Flórida está "sob cerco" e "ocupada por ...
Leia Mais >
 

Biden se diz “preocupado” com manobras da China, mas não crê em passo além

Biden se diz “preocupado” com manobras da China, mas não crê em passo além
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta segunda-feira estar "preocupado" com o uso de armas pela ...
Leia Mais >
 

Alimentos ultraprocessados podem contribuir para perda cognitiva

Alimentos ultraprocessados podem contribuir para perda cognitiva
Dificuldade de lembrar datas, fazer cálculos ou realizar tarefas básicas do dia a dia. As habilidades cognitivas geralmente ...
Leia Mais >