‘Se eu tiver que ir para a prisão, irei’: Jovem argentino entra na casa de seu vizinho para salvar Pitbull maltratado

Por Romina Garcia

Um jovem argentino testemunhava todos os dias o abuso a que um cachorro Pitbull era submetido, até ficar desnutrido e doente, amarrado no quintal da casa de seu vizinho, quando então decidiu resgatá-lo. Mas, para isso, ele teve que sair furtivamente e entrar como um “ladrão” e levar o cachorro embora.

Gastón Sosa, de 25 anos, de Misiones, na Argentina, ficou transtornado ao ver o cão que morava perto de seu trabalho sofrer. Então, atormentado pela situação, ele tentou fazer o dono ver o motivo do sofrimento a que o animal era submetido todos os dias, e perguntou se ele poderia levá-lo para tratamento médico e alimentação, mas o homem recusou, segundo a Misiones Online.

Sosa, apesar da negação do dono do Pitbull, sentiu que deveria fazer algo por ele e pensando em assumir qualquer responsabilidade pela ação, realizou uma postagem nas redes sociais comentando sobre a situação do cachorro e afirmando que o levaria sem permissão de seu proprietário para dar-lhe tratamento veterinário e salvá-lo de abusos.

“Como afirmou à minha mulher, prefiro parecer um ladrão antes que o pobre animal morra sem que ninguém possa fazer nada”, justificou-se, acrescentando que “Por isso, preferi levar o cão para passear”, declarou ele ao LVM.

O jovem compartilhou uma publicação no TODOS pelo Hospital Público Veterinário de Misiones, junto com um vídeo que mostra o estado do animal:

“Olá pessoal, queria mostrar a vocês que esse cachorro está sofrendo muito. É um Pitbull, mas seu dono o mantém amarrado, o pedi para mim, mas ele não quis me dar. Minha tia também pediu, mas ela não quer dar a ela e sempre que podemos damos-lhe comida e água. Será muito útil se me derem uma ajuda para ajudar o cachorro, muito obrigado desde já.”

(Divulgação: Gastón Sosa)
(Divulgação: Gastón Sosa)

No vídeo, que tornou-se viral, o Pitbull pode ser visto descompensado, desnutrido e em estado de abandono. As imagens provocaram muitas reações e comentários de usuários que apoiaram o jovem e se preocuparam com o animal.

Sosa, que trabalha como pedreiro, sabia que pegar o Pitbull poderia significar passar por um processo judicial, mas o jovem queria apenas salvar a vida.

“Eu trabalhava na casa ao lado e via-o todos os dias e um dia não aguentei mais e falei à minha mulher que ia tirá-lo de lá, não me importava com as consequências, queria que o pobre animal vivesse”, afirmou Sosa.

Após levar o cachorro, a quem deu o nome de Kayser, ele recebeu a visita de um policial em sua casa junto com um veterinário.

(Cortesia / Captura de tela do vídeo: Gastón Sosa)
(Cortesia / Captura de tela do vídeo: Gastón Sosa)

“Disseram-me que estava errado pelo que fiz e eu disse-lhe que não tinha problema, que se tiver que ir para a prisão, irei, continuarei feliz porque o cachorro vai estar mais do que bem”, afirmou ele.

O veterinário diagnosticou-lhe algumas patologias e deu-lhe tratamento nutricional, também realizou um exame para descartar uma “possível” leishmaniose.

“Disseram-me que ele pode ter leishmaniose, agora temos que esperar o resultado e então, iniciar o tratamento”, afirmou Sosa.

O Pitbull “roubado” de sua possível morte por abandono, agora dorme em uma velha poltrona em um quarto protegido do frio e não está mais amarrado e pode descansar da dor daquela corrente que pesava em seu pescoço.

Muitas pessoas ficaram emocionadas com Kayser e Sosa que receberam doações de alimentos e remédios para ajudar o cachorrinho.

Sosa enfatizou que as pessoas o encorajaram a resgatar o infeliz animal de estimação afirmando “tire o cachorro de lá” e que “nada aconteceria” porque com “a ajuda de Deus, tudo pode ser feito”.

(Divulgação: Gastón Sosa)
(Divulgação: Gastón Sosa)

“Vou recuperá-lo 100% e vou ficar com ele para mim; A única coisa que espero é que as pessoas me ajudem, porque não será nada fácil”, declarou o jovem.

Na Argentina existe uma lei de proteção animal, que pode ajudar Kaiser a ter uma vida melhor, por meio da Lei 14.346 que permite denunciar maus tratos, os quais são considerados crime.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Rússia corta fornecimento de energia elétrica da Finlândia

Rússia corta fornecimento de energia elétrica da Finlândia
O fornecedor russo de energia RAO A Nordic Oy cortou o fornecimento de eletricidade para a Finlândia no ...
Leia Mais >
 

“RÚSSIA CONSIDERA ESSA UMA ‘GUERRA SANTA’ CONTRA O OCIDENTE”: EX-ASSESSOR DE PUTIN | ENTREVISTA

“RÚSSIA CONSIDERA ESSA UMA ‘GUERRA SANTA’ CONTRA O OCIDENTE”: EX-ASSESSOR DE PUTIN | ENTREVISTA
O que se passa na mente de Vladimir Putin? O Dr. Andrei Illarionov. Andrei foi assessor econômico de ...
Leia Mais >
 

“FINLÂNDIA PRECISA SE CANDIDATAR À OTAN ‘SEM DEMORA’”: PRIMEIRA-MINISTRA

“FINLÂNDIA PRECISA SE CANDIDATAR À OTAN ‘SEM DEMORA’”: PRIMEIRA-MINISTRA
A primeira-ministra da Finlândia disse que o país precisa entrar na OTAN “sem demora”. A nação tem se ...
Leia Mais >
 

ALLAN DOS SANTOS, DO TERÇA LIVRE, FALA SOBRE ÚLTIMO BANIMENTO E LIBERDADE DE IMPRENSA

ALLAN DOS SANTOS, DO TERÇA LIVRE, FALA SOBRE ÚLTIMO BANIMENTO E LIBERDADE DE IMPRENSA
Allan dos Santos, jornalista e fundador do canal Terça Livre, teve uma nova conta no youtube banida nesta ...
Leia Mais >