Rússia ameaça retaliação enquanto Finlândia se prepara para ingressar na OTAN

Por Zachary Stieber 

Autoridades russas ameaçaram hoje, dia 12 de maio, a tomar medidas caso a Finlândia seja bem-sucedida em sua tentativa de ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

“A adesão da Finlândia à OTAN prejudicará seriamente as relações bilaterais russo-finlandesas e a manutenção da estabilidade e segurança na região norte da Europa”, disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia em uma declaração, segundo a mídia estatal do país.

“A Rússia será forçada a tomar medidas de retaliação, tanto de natureza militar-técnica quanto de outra natureza, a fim de interromper as ameaças à sua segurança nacional que surgem como resultado”, acrescentou o ministério.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse a repórteres em Moscou que os líderes russos estão desenvolvendo maneiras de “fortalecer nossos flancos ocidentais em conexão com o fortalecimento do flanco leste da OTAN”.

“A OTAN está se movendo em nossa direção, então, é claro, tudo isso se tornará elementos para uma análise especial e desenvolvimento de medidas necessárias, a fim de equilibrar a situação e garantir nossa segurança”, disse ele.

O presidente finlandês, Sauli Niinisto, e a primeira-ministra Sanna Marin disseram no dia 12 de maio que a Finlândia “deve solicitar a adesão à OTAN sem demora”.

“A adesão à OTAN fortaleceria a segurança da Finlândia”, disseram eles.

A Finlândia, um dos poucos países europeus que não faz parte da Otan, renovou as negociações de adesão à aliança militar depois que a Rússia invadiu a Ucrânia em fevereiro.

A invasão mudou o debate sobre o assunto, disse Marin logo após o início da guerra.

Pekka Haavisto, ministro das Relações Exteriores da Finlândia, disse ao Parlamento Europeu em 12 de maio que o apoio público à adesão à OTAN disparou nos últimos meses, como mostrado por meio de “pesquisas extensas”.

“Se a Finlândia decidir se candidatar, a adesão da Finlândia fortalecerá a segurança e a estabilidade da região do Mar Báltico e do norte da Europa”, disse ele. “A Finlândia é um provedor de segurança regional e fortaleceria ainda mais a OTAN como um futuro aliado. Do ponto de vista da OTAN, a Finlândia possui credenciais democráticas sólidas que atendem aos critérios de adesão da OTAN e tem uma defesa nacional forte e credível que é interoperável com a OTAN”.

A Finlândia pode colocar cerca de 280.000 soldados e tem uma reserva de aproximadamente 900.000, com uma força que inclui uma frota de caças de alto nível, disse o funcionário.

Os membros da OTAN prometem que um ataque contra um membro é um ataque contra todos.

A Ucrânia não é membro da aliança e nenhum outro país se juntou diretamente à guerra em apoio ao país. No entanto, muitos enviaram ajuda militar, incluindo armas.

A Suécia, outro país que considera se candidatar à OTAN, deve tomar uma decisão em breve.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Putin está aberto à adesão da Finlândia e da Suécia à OTAN

Putin está aberto à adesão da Finlândia e da Suécia à OTAN
Enquanto a Suécia e a Finlândia avançam com seus planos de ingressar na OTAN, o presidente russo, Vladimir ...
Leia Mais >
 

DESTRUIÇÃO CULTURAL DO OCIDENTE: ENTREVISTA

DESTRUIÇÃO CULTURAL DO OCIDENTE: ENTREVISTA
Douglas Murray é o autor do livro “A Guerra Contra o Ocidente”. Ele descreve como, nas suas palavras, ...
Leia Mais >
 

MÉDICO SOBREVIVENTE DE GENOCÍDIO COMUNISTA NO CAMBOJA EXPÕE ATROCIDADES – PARTE 2

MÉDICO SOBREVIVENTE DE GENOCÍDIO COMUNISTA NO CAMBOJA EXPÕE ATROCIDADES – PARTE 2
Na terça-feira você conheceu a história de Nal Oum, um sobrevivente do genocídio comunista no Camboja. Em 1975, ...
Leia Mais >
 

“NÓS SOMOS TODOS COMUNISTAS”: EMPREGADO DO TWITTER; ELON MUSK RESPONDE A VÍDEO VAZADO

“NÓS SOMOS TODOS COMUNISTAS”: EMPREGADO DO TWITTER; ELON MUSK RESPONDE A VÍDEO VAZADO
Vazam mais vídeos de funcionários do twitter afirmando um viés esquerdista na plataforma. Um funcionário fala da Síndrome ...
Leia Mais >