Reino Unido é primeiro país no mundo a aprovar vacina contra o novo coronavírus

Por Agência EFE

A Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos para a Saúde do Reino Unido (MHRA) aprovou a vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pelas companhias farmacêuticas Pfizer e BioNTech, segundo informou nesta quarta-feira(02) o ministro da Saúde, Matt Hancock.

Dessa forma, o Reino Unido se torna o primeiro país do mundo a dar o sinal verde para a campanha de imunização contra o patógeno que provoca a Covid-19, o que deverá começar já na próxima semana, conforme revelou o próprio integrante do governo.

Nos testes clínicos, cujos resultados foram divulgados nas últimas semanas, a vacina da Pfizer e da BioNTech demonstrou eficácia de 95%, com desempenho semelhante para todas as pessoas, tanto como jovens, como para idosos.

“O governo aceitou hoje a recomendação da MHRA de aprovar para uso a vacina contra a Covid-19 Pfizer/BioNTech. Isso acontece depois de meses de rigorosos testes clínicos e uma exaustiva análise sobre os dados, por parte de especialistas da MHRA”, informou Hancock, por meio de comunicado.

De acordo com a nota assinada pelo ministro da Saúde, os pesquisadores da agência reguladora atestaram que a vacina “cumpre com rígidos padrões de segurança, qualidade e eficácia”.

Em postagem publicada no Twitter, Hancock enviou um sinal de esperança para a população, ao escrever que “a ajuda está a caminho”. Em seguida, o integrante do governo britânico garantiu que os órgãos locais estão preparados para começar a vacinação já na semana que vem.

A expectativa no Reino Unido é que o Comitê Conjunto sobre Vacinação e Imunização publique em breve a recomendação sobre que grupos deverão receber prioritariamente a vacina. Os selecionados devem ser funcionários do setor de Saúde e idosos.

O governo do primeiro-ministro, Boris Johnson, fez acordo para comprar 40 milhões de doses da vacina da Pfizer. O líder do Partido Conservador, que chegou a ser hospitalizado por causa da Covid-19, se manifestou nas redes sociais sobre a aprovação.

“É a proteção das vacinas que, no fim, permitirá recuperar nossas vidas e colocar a economia para girar outra vez”, afirmou o premiê, que concederá entrevista coletiva ainda hoje.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
 
 

Da saúde a Hollywood: como o regime chinês tenta controlar a América

Da saúde a Hollywood: como o regime chinês tenta controlar a América
Hoje, as "plataformas de entretenimento" dos EUA estão tão "desesperadas pelo mercado chinês" que agora estão dispostas a ...
Leia Mais >
 

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.
Por NTD Notícias Evidências apontam que a catástrofe das enchentes na China vem das autoridades do Partido Comunista. ...
Leia Mais >
 

Epoch Times lança iniciativa ‘Defendendo America’ com painel sobre a constituição

Epoch Times lança iniciativa ‘Defendendo America’ com painel sobre a constituição
O Epoch Times realizou um painel de discussão em 19 de julho entre os principais especialistas na Constituição ...
Leia Mais >
 

Enchentes mortíferas na China

Enchentes mortíferas na China
Por NTD Notícias O senador Marco Rubio na terça-feira disse em tuite que o fechamento do instituto Confúcio ...
Leia Mais >