Reino Unido ajudará outros países a identificar novas variantes do vírus do PCC

Por Alexander Zhang

O governo do Reino Unido disse na terça-feira que oferecerá sua experiência em genômica para identificar novas variantes do virús do PCC para países que não dispõem de recursos.

“Tenho o prazer de anunciar nossa nova plataforma de avaliação de variantes – usando a enorme capacidade de testes genômicos do Reino Unido para ajudar países ao redor do mundo a identificar novas variantes”, disse o secretário de saúde da Grã-Bretanha, Matt Hancock , no Twitter.

“Devemos proteger as pessoas e detectar novas variantes onde quer que surjam”, escreveu ele.

A plataforma de avaliação de novas variantes, liderada pela Public Health England (PHE), oferecerá a capacidade da Grã-Bretanha de analisar novas cepas de vírus para outros países que precisam.

O Reino Unido realizou mais da metade de todas as sequências do genoma do SARS-CoV-2 submetidas ao banco de dados global, disse o Departamento de Saúde e Assistência Social .

Foi essa capacidade que permitiu aos cientistas da Public Health England (PHE) identificar a nova variante no sudeste da Inglaterra,  onde foi descoberto uma transmissibilidade mais alta do que a variante antiga.

Hancock disse na segunda-feira que a variante do Reino Unido está se espalhando 30-70 por cento mais rápido do que a variante original.

O primeiro-ministro Boris Johnson disse na sexta-feira que a variante do Reino Unido pode estar associada a um nível mais alto de mortalidade , mas Hancock disse no domingo que os cientistas ainda não têm certeza de quão mortal ela é.

As outras variantes principais de preocupação identificadas até agora foram descobertas na África do Sul e no Brasil, que também são considerados mais transmissíveis do que a variante antiga.

Hancock disse no domingo que a Grã-Bretanha detectou 77 casos da variante sul-africana e nove casos de uma variante brasileira.

“As novas variantes do coronavírus demonstraram isso mais uma vez, então devemos trabalhar para promover a segurança da saúde em todo o mundo”, disse Hancock na terça-feira.

“Nossa nova plataforma de avaliação de variantes nos ajudará a entender melhor este vírus e como ele se espalha e também aumentará a capacidade global de entender o coronavírus, para que todos estejamos mais bem preparados para o que está por vir.”

Na segunda-feira passada, o Reino Unido apertou ainda mais as restrições às viagens , fechando todos os seus “corredores de viagens” com outros países. Johnson disse que a intenção era proteger o país contra “o risco de novas cepas ainda não identificadas” vindas do exterior, que podem se revelar resistentes às vacinas.

A medida significa que todos os passageiros devem ter um teste recente negativo ao vírus do PCC e na chegada serem  transferidos imediatamente para o isolamento. O período de isolamento dura dez dias, a menos que o teste do passageiro seja negativo após cinco dias.

Jack Philips e Reuters contribuíram para este artigo.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
 
 

Grupo bipartidário pede ‘revisão abrangente’ do financiamento dos EUA para pesquisa de vírus na China

Grupo bipartidário pede ‘revisão abrangente’ do financiamento dos EUA para pesquisa de vírus na China
Um grupo bipartidário de senadores está convocando o presidente Joe Biden para garantir que os Estados Unidos concluam ...
Leia Mais >
 

Autoridades chinesas destroem barragem

Autoridades chinesas destroem barragem
Por NTD Notícias Chineses, passaram dias e noites fortificando as margens de rios para evitar inundações, apenas para ...
Leia Mais >
 

Movimento fundado por Oswaldo Payá propõe medidas para isolar o regime comunista de Cuba

Movimento fundado por Oswaldo Payá propõe medidas para isolar o regime comunista de Cuba
O Movimento Cristão de Libertação (MCL) fundado pelo falecido Oswaldo Payá na terça-feira propôs medidas para isolar o ...
Leia Mais >
 

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.
Por NTD Notícias Evidências apontam que a catástrofe das enchentes na China vem das autoridades do Partido Comunista. ...
Leia Mais >