Reino Unido afirma que OMS deve ‘explorar todas as teorias possíveis’ sobre origem do vírus do PCC

Por Lily Zhou

A investigação da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre as origens do vírus do PCC (Partido Comunista Chinês) deve ser “robusta, transparente e independente” e precisa “explorar todas as teorias possíveis”, disse o governo do Reino Unido na segunda-feira.

As declarações foram feitas depois que o porta-voz oficial do primeiro-ministro Boris Johnson foi questionado sobre um artigo publicado pelo The Wall Street Journal (WSJ) no domingo, citando autoridades não identificadas. Eles alegaram que um relatório da inteligência dos EUA revelou que três pesquisadores do Instituto de Virologia de Wuhan procuraram atendimento hospitalar um mês antes de o regime chinês relatar os primeiros casos do que é conhecido como COVID-19 , a doença causada pelo vírus do PCC.

Um informativo divulgado pelo Departamento de Estado dos EUA em 15 de janeiro diz que vários pesquisadores do instituto adoeceram com sintomas semelhantes aos causados ​​pelo vírus do PCC no outono de 2019, mas não mencionou o número de pesquisadores ou o momento exato que eles ficaram doente.

Quando o porta-voz de Johnson foi convidado na segunda-feira a comentar sobre o relatório do WSJ, ele disse que “a investigação da OMS sobre as origens do vírus está em andamento e deixamos claro que deve ser robusta, transparente e independente”.

“A pesquisa deve explorar todas as teorias possíveis sobre como o COVID-19 deu o salto dos animais para os humanos e como se espalhou, e isso é vital para garantir que aprendamos as lições desta crise e prevenir outra pandemia global”, acrescentou.

“Queremos que a investigação da OMS seja totalmente desenvolvida e realizada de maneira adequada e, a partir daí, passe o julgamento”, disse ele a seguir, quando questionado se o relatório sugeria a possibilidade de vazamento de um laboratório.

Um relatório da OMS divulgado em março indicou que o vírus do PCC provavelmente se espalhou para as pessoas por meio de um animal desconhecido, mas o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que a missão de estudar as origens do vírus não analisou adequadamente outras teorias.

“Para a OMS, todas as hipóteses continuam em jogo (…) Ainda não descobrimos a origem do vírus”, disse Ghebreyesus.

A conclusão do relatório foi amplamente baseada no trabalho de pesquisa da OMS em janeiro e fevereiro deste ano. Os críticos apontaram que o regime comunista chinês desempenhou um papel importante na investigação e os acusaram de participar de um encobrimento.

No início deste mês, o especialista em doenças infecciosas dos EUA, Dr. Anthony Fauci, disse que agora “não estava convencido” de que o vírus se desenvolveu naturalmente e pediu mais informações sobre suas origens.

Nesse mesmo dia, quando questionado por um médico durante uma audiência no Senado sobre a possibilidade de o vírus ter surgido de um acidente de laboratório em Wuhan , Fauci respondeu que “essa possibilidade certamente existe”.

“Sou totalmente a favor de uma investigação completa, se isso pudesse ter acontecido”, disse ele.

Dias depois, o PolitiFact silenciosamente retirou uma checagem de fatos de setembro de 2020 que considerou imprecisa e uma “teoria da conspiração desmascarada” a alegação de um virologista de Hong Kong de que o vírus se originou em um laboratório.

Yuan Zhiming, diretor do Laboratório Nacional de Biossegurança de Wuhan, refutou o relatório do WSJ na segunda-feira, chamando-o de “mentira completa”, de acordo com a mídia estatal chinesa Global Times.

Quando Bloomberg perguntou ao porta-voz do Ministério do Exterior chinês Zhao Lijian sobre o relatório na segunda-feira, ele disse que o instituto de Wuhan já havia feito uma declaração em 23 de março, afirmando que não havia entrado em contato com o vírus do PCC e que nenhum membro da equipe ou pesquisador havia sido infectado com o vírus até agora.

Com informações de Jack Phillips, Ivan Pentchoukov e Isabel van Brugen.

Entre para nosso canal do Telegram.

Veja também:

 
 
 

Grupo bipartidário pede ‘revisão abrangente’ do financiamento dos EUA para pesquisa de vírus na China

Grupo bipartidário pede ‘revisão abrangente’ do financiamento dos EUA para pesquisa de vírus na China
Um grupo bipartidário de senadores está convocando o presidente Joe Biden para garantir que os Estados Unidos concluam ...
Leia Mais >
 

Autoridades chinesas destroem barragem

Autoridades chinesas destroem barragem
Por NTD Notícias Chineses, passaram dias e noites fortificando as margens de rios para evitar inundações, apenas para ...
Leia Mais >
 

Movimento fundado por Oswaldo Payá propõe medidas para isolar o regime comunista de Cuba

Movimento fundado por Oswaldo Payá propõe medidas para isolar o regime comunista de Cuba
O Movimento Cristão de Libertação (MCL) fundado pelo falecido Oswaldo Payá na terça-feira propôs medidas para isolar o ...
Leia Mais >
 

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.
Por NTD Notícias Evidências apontam que a catástrofe das enchentes na China vem das autoridades do Partido Comunista. ...
Leia Mais >