Raúl Castro deixa comando do Partido Comunista de Cuba

Por Bruna Lima, Terça Livre

Durante abertura VIII Congresso do Partido Comunista de Cuba na sexta-feira (16), Raúl Castro, anunciou aos 89 anos, sua aposentadoria, que encerra assim mais de 6 décadas de poder de sua família no regime cubano.

A decisão era prevista por seus aliados e já havia sido adiantada em 2016.

À época, durante o VII congresso do partido, Raúl declarou que aquele foi o último encontro liderado pela “geração histórica” que combateu junto ao exército rebelde em Sierra Maestra, em referência à Revolução Cubana de 1959.

Quem assumirá agora o cargo do ex-presidente do Conselho de Estado é o atual presidente do regime de Cuba, Miguel Díaz-Canel.

Em sua fala hoje, o líder comunista afirmou que os novos chefes do Partido são personagens leais “cheios de paixão e espírito anti-imperialista”

O VIII Congresso do PCC terá a duração de 4 dias e acontece em meio a protestos por mudanças no regime cubano.

Castro deixa o comando da ditadura, mas deve permanecer conselheiro dos novos líderes da ditadura comunista.

Em Cuba o regime é comandado por duas esferas, a do Estado e a do Partido Comunista.

Em 2018 Raúl passou a Díaz-Canel a presidência do Estado, e a oficialização como chefe do Partido deve ocorrer na próxima segunda-feira (19).

No mês de janeiro deste ano, o então presidente dos Estado Unidos (EUA), Donald Trump, classificou novamente o regime de Cuba como um “Estado patrocinador do terrorismo”, o que levantou uma série de críticas por parte dos comunistas, que culpam o presidente norte-americano pela crise econômica do país.

Em resposta, o Foro de São Paulo lançou em março uma nova iniciativa contra os “bloqueios” dos EUA, em uma tentativa de reaproximação com o novo governo democrata do presidente Joe Biden.

Raúl Castro deixa o alto comando da ditadura em meio a uma das maiores crises do país.

 

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
 
 

Extração forçada de órgãos do regime chinês pode se espalhar para outros países, alerta diretor de ONG

Extração forçada de órgãos do regime chinês pode se espalhar para outros países, alerta diretor de ONG
O regime comunista chinês exportaria sua prática horrível de extração forçada de órgãos assim que fosse capaz de ...
Leia Mais >
 

Reforço Pfizer COVID-19 não deve ser aplicado aos que se vacinaram com J&J e Moderna, afirma oficial da FDA

Reforço Pfizer COVID-19 não deve ser aplicado aos que se vacinaram com J&J e Moderna, afirma oficial da FDA
A vacina de reforço COVID-19 da Pfizer não deve ser administrada àqueles que já receberam vacinas feitas pela ...
Leia Mais >
 

Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU

Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU
Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU. Altos-oficiais de governos e instituições diversas têm ...
Leia Mais >
 

General americano faz telefonemas secretos para a China

General americano faz telefonemas secretos para a China
Um dos maiores generais americanos está com problemas. Uma reportagem diz que ele ligou secretamente para seu correspondente ...
Leia Mais >