Presidência da República foi instituição que mais recuperou confiança dos brasileiros, segundo Ibope

Por Diário do Poder

As instituições brasileiras recuperam a confiança da população. A confiança dos brasileiros em 20 instituições e em grupos sociais cresceu 10 pontos em relação ao ano passado, de acordo com o Índice de Confiança Social (ICS), medido pelo Ibope Inteligência.

A instituição que apresenta a maior recuperação entre os brasileiros é a presidência da República, registrando um crescimento de 35 pontos na comparação com o ano passado, indo de 13 pontos (menor índice já registrado até então para uma instituição desde que o ICS começou a ser medido, em 2009), para 48 pontos neste ano, em uma escala de 0 a 100. O Governo Federal também apresenta melhora: aumento de 25 pontos, saindo dos 25 pontos em 2018 para 50 neste levantamento.

O Índice de Confiança Social em 2019 ficou em 58 pontos, 10 pontos a mais do que o observado no ano passado. Esse resultado faz com que o índice de agora retorne ao patamar de 2011 – segundo mais alto da série histórica – ficando atrás apenas dos anos de 2009 e 2010. Contribuiu para a melhora do índice o fato da confiança em todas as instituições e grupos sociais terem aumentado este ano, situação oposta à identificada em 2018.

Mais confiáveis

O Corpo de Bombeiros mantém-se no topo do ranking pelo 11º ano seguido, com 88 pontos, voltando ao patamar mais alto da série histórica, (mesmo nível de 2009). Já a Polícia Federal, presente no ICS desde 2016, ocupa a segunda colocação, com 72 pontos. Na sequência estão Igrejas (71 pontos), Forças Armadas (69) e Escolas Públicas(66).

Por outro lado, o ICS 2019 mostra que a confiança na instituição Partidos Políticos é a menor de todas (27 pontos), ainda que tenha apresentado crescimento de 11 pontos na comparação com 2018. O Congresso Nacional, com 34 pontos, amarga a segunda colocação nesse ranking, seguido de Governo da cidade onde mora (44 pontos), Sindicatos e Sistema Público de Saúde (ambos com 45 pontos).

Sociedade

O ICS também mede a confiança dos brasileiros nas pessoas e grupos sociais. Nestes segmentos, o estudo mostra que a confiança também cresceu entre os anos de 2018 e 2019. As pessoas da família encabeçam a lista com 85 pontos, ligeiramente acima dos 82 do ano anterior. A confiança nos amigos, vizinhos e brasileiros em geral segue a mesma tendência.

Sobre a pesquisa

Realizado desde 2009, sempre no mês de julho, o Índice de Confiança Social (ICS) é medido em uma escala que vai de 0 a 100, sendo 100 o índice máximo de confiança. A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 15 de julho, com 2.002 pessoas a partir de 16 anos, em 144 municípios do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

 
 
 

Extração forçada de órgãos do regime chinês pode se espalhar para outros países, alerta diretor de ONG

Extração forçada de órgãos do regime chinês pode se espalhar para outros países, alerta diretor de ONG
O regime comunista chinês exportaria sua prática horrível de extração forçada de órgãos assim que fosse capaz de ...
Leia Mais >
 

Reforço Pfizer COVID-19 não deve ser aplicado aos que se vacinaram com J&J e Moderna, afirma oficial da FDA

Reforço Pfizer COVID-19 não deve ser aplicado aos que se vacinaram com J&J e Moderna, afirma oficial da FDA
A vacina de reforço COVID-19 da Pfizer não deve ser administrada àqueles que já receberam vacinas feitas pela ...
Leia Mais >
 

Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU

Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU
Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU. Altos-oficiais de governos e instituições diversas têm ...
Leia Mais >
 

General americano faz telefonemas secretos para a China

General americano faz telefonemas secretos para a China
Um dos maiores generais americanos está com problemas. Uma reportagem diz que ele ligou secretamente para seu correspondente ...
Leia Mais >