Preço dos imóveis em Wenzhou despenca

Um menino observa uma maquete numa exibição imobiliária em 29 de novembro de 2008 em Wenzhou, província de Zhejiang, China (China Photos/Getty Images)

Outrora o centro mais popular para investimento imobiliário na China, a cidade costeira de Wenzhou tem visto uma queda significativa dos preços dos imóveis nos últimos meses.

No terceiro trimestre, o preço dos imóveis em Wenzhou caiu 18,03% em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados de monitoramento de preços publicados pelo Ministério da Terra e Recursos. O preço de algumas propriedades caiu de 4.500 a 5.400 yuanes por metro quadrado (67-80 dólares por metro quadrado) para 2.700 yuanes por metro quadrado (40 dólares por metro quadrado), tornando Wenzhou a cidade com a maior queda de preço de imóveis na China.

Em 2009, o preço médio dos novos apartamentos em Wenzhou atingiu 2.404 yuanes por metro quadrado (35,5 dólares por metro quadrado) – quase o preço médio dos imóveis residenciais no anel interior de Shanghai – fazendo Wenzhou liderar a nação na valorização do preço dos imóveis, segundo o China Business News.

No entanto, Wenzhou agora está liderando a queda nos preços dos imóveis. Apenas em setembro de 2012, o preço para novos edifícios residenciais em Wenzhou caiu 16,4% em comparação com o mesmo período do ano passado. Em comparação com os preços de pico em 2009 e 2010, os preços dos imóveis caíram 30 a 40%.

O complexo imobiliário ‘Península de Xiangti’ em Wenzhou, que abriu para venda em 2009, é considerado um dos principais exemplos do rápido crescimento do mercado de imóveis na cidade, segundo o Yangcheng Evening News. Em 2010, a demanda inflacionada elevou o preço das propriedades da península para 5.400 yuanes por metro quadrado (80 dólares por metro quadrado). Dois anos mais tarde, os preços da Península de Xiangti foram reduzidos pela metade em apenas 2.700 yuanes por metro quadrado (40 dólares por metro quadrado).

Estatísticas da Associação de Pequenos Negócios de Wenzhou entre 2008 e 2010 mostram que 60% dos empréstimos privados foram para o mercado imobiliário, aumentando significativamente o risco do valor das propriedades despencar. Em 2011, as novas políticas de cotas de compra, limites de empréstimos e impostos sobre a propriedade, junto com a crise do crédito privado, fizeram os preços no mercado imobiliário de Wenzhou caírem rapidamente e as vendas diminuírem ainda mais rápido.

Repórteres do ‘China Times’ visitaram vários projetos imobiliários em Wenzhou em meados de novembro e constataram que os preços dos imóveis foram reduzidos pela metade. Agora, os preços da terra em Wenzhou também caíram quase 50%, com poucos e infrequentes compradores.

Epoch Times publica em 35 países em 19 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
 
 

Extração forçada de órgãos do regime chinês pode se espalhar para outros países, alerta diretor de ONG

Extração forçada de órgãos do regime chinês pode se espalhar para outros países, alerta diretor de ONG
O regime comunista chinês exportaria sua prática horrível de extração forçada de órgãos assim que fosse capaz de ...
Leia Mais >
 

Reforço Pfizer COVID-19 não deve ser aplicado aos que se vacinaram com J&J e Moderna, afirma oficial da FDA

Reforço Pfizer COVID-19 não deve ser aplicado aos que se vacinaram com J&J e Moderna, afirma oficial da FDA
A vacina de reforço COVID-19 da Pfizer não deve ser administrada àqueles que já receberam vacinas feitas pela ...
Leia Mais >
 

Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU

Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU
Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU. Altos-oficiais de governos e instituições diversas têm ...
Leia Mais >
 

General americano faz telefonemas secretos para a China

General americano faz telefonemas secretos para a China
Um dos maiores generais americanos está com problemas. Uma reportagem diz que ele ligou secretamente para seu correspondente ...
Leia Mais >