Política do filho único na China poderá ser relaxada uma província por vez

Uma chinesa passa por uma propaganda que encoraja casais a terem apenas um filho, numa estrada na periferia de Pequim, em 25 de março de 2001 (Goh Chai Hin/AFP/Getty Images)

A rigorosa política de planejamento familiar do Partido Comunista Chinês (PCC) e sua aplicação estão atualmente em discussão nas maiores reuniões anuais do regime que ocorrem no momento em Pequim.

Representantes do Congresso Popular Nacional (CPN), o legislativo-carimbo da República Popular da China (RPC), recomendaram que fosse permitido um segundo filho por família e o representante da província de Guangdong pediu pela terceira vez que a política do filho-único seja abandonada.

Ma Xu, um oficial de alto escalão da Comissão Nacional de Planejamento Familiar e Populacional do PCC, disse em 3 de março que algumas províncias poderão começar a explorar uma política de dois filhos, provavelmente as três províncias do noroeste, Liaoning, Jilin, e Heilongjiang, segundo artigos da mídia estatal.

O oficial disse que a taxa de natalidade da China é baixa, por isso, as autoridades estão considerando ajustes graduais. Ele disse que a política do segundo-filho deve ser aplicada inicialmente nas cidades de primeiro nível, que são centros urbanos mais desenvolvidos e povoados.

He Youlin, um representante do CPN e diretor da Escola Secundária Memorial de Zhongshan, na província de Guangdong, questionou mais uma vez a política do filho-único e sugeriu a permissão de um segundo filho. Ele acredita que isso ajudaria a aliviar a pressão sobre as faixas populacionais ativas e aposentadas, bem como permitir uma vida familiar mais harmoniosa e o desenvolvimento mais saudável das crianças, relatou o Noticiário da Noite de Yangcheng.

Ele disse ao Diário Metropolitano do Sul que até o fim de 2008, a população idosa da China aumentará para 169 milhões, representando 12,8% da população total do país e aumentando a uma média de quase 10 milhões por ano, segundo estatísticas do departamento de assuntos civis.

Em 2020, o número de pessoas com mais de 60 representará 16,7% do total, subindo para 31,1% em 2050, o que seria muito maior do que a média mundial. Se cada casal tem apenas um filho, a pressão seria grande no momento em que atingissem a idade da aposentadoria e muitas famílias poderiam acabar sem sequer um filho, disse ele.

Tais filhos únicos, uma vez casados, teriam de prestar auxílio a quatro pais idosos e a próxima geração teria de dar apoio a oito idosos após o casamento, que segundo ele era “extremamente desarrazoado”.

Um especialista acredita que a população da China não explodirá, mesmo que a política de planejamento familiar seja completamente cancelada.

O Prof. Liang Jianzhang da Escola de Administração Guanghua da Universidade de Pequim, disse, “Se não ajustarmos a política agora, podemos perder a última chance de resolver a questão do envelhecimento da população, o que poderá levar a uma série de graves problemas econômicos e sociais”, reportou o Diário Metropolitano do Sul.

Ele comparou a China a países com grau semelhante de desenvolvimento econômico e urbanização, como Coreia do Sul e Taiwan na década de 1990. Os dois países tinham uma taxa de natalidade média de 1,5 filhos por mulher durante esse período e a Tailândia tem atualmente a mesma taxa. O Vietnã, que é menos desenvolvido do que a China, só tem taxa de natalidade de 1,8 filhos por mulher, disse ele.

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
 
 

Grupo bipartidário pede ‘revisão abrangente’ do financiamento dos EUA para pesquisa de vírus na China

Grupo bipartidário pede ‘revisão abrangente’ do financiamento dos EUA para pesquisa de vírus na China
Um grupo bipartidário de senadores está convocando o presidente Joe Biden para garantir que os Estados Unidos concluam ...
Leia Mais >
 

Autoridades chinesas destroem barragem

Autoridades chinesas destroem barragem
Por NTD Notícias Chineses, passaram dias e noites fortificando as margens de rios para evitar inundações, apenas para ...
Leia Mais >
 

Movimento fundado por Oswaldo Payá propõe medidas para isolar o regime comunista de Cuba

Movimento fundado por Oswaldo Payá propõe medidas para isolar o regime comunista de Cuba
O Movimento Cristão de Libertação (MCL) fundado pelo falecido Oswaldo Payá na terça-feira propôs medidas para isolar o ...
Leia Mais >
 

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.
Por NTD Notícias Evidências apontam que a catástrofe das enchentes na China vem das autoridades do Partido Comunista. ...
Leia Mais >