Os perigos do orgulho excessivo

A confiança em si mesmo é necessária e conveniente. Porém quando uma pessoa mostra um excessivo amor próprio e crê que é mais importante ou melhor do que realmente é, esse orgulho ou soberba, frequentemente é preocupante. Não admira que ambas as religiões, orientais e ocidentais, falam da soberba como um pecado que deve ser eliminado.

Os cristãos falam sobre os sete pecados capitais que nós humanos temos propensão a cometer: soberba, avareza, luxúria, ira, gula, inveja e preguiça.

Entre os sete pecados capitais, a soberba é considerada o original e o mais grave, pois gera outros vícios. Aos olhos do teólogo Aurélio Agostinho, a soberba é a causa fundamental que leva as pessoas a cometer pecados. Clive Staples Lewis, um escritor cristão, parece estar de acordo. Para Lewis o pecado mais fundamental e extremo é a soberba e inclusive vícios como a ira, a avareza e o alcoolismo não podem comparar-se a ela.

A conhecida escritura budista, o sutra “Mahā-vaipulya-buddhâvataṃsaka-sūtra”, também menciona a soberba como um dos três obstáculos que impedem que um cultivador alcance o estado de Buda. Em contraste com os outros dois obstáculos (a gula e a inveja), a soberba pode levar um cultivador a crer que é mais elevado que Buda.

Quando uma pessoa tem uma percepção muito alta de si própria, tende a ser egocêntrica e é totalmente cega ao seu excessivo orgulho. Pensa que já sabe tudo e que é melhor que qualquer outra pessoa, quando na realidade as pessoas a veem como uma tola arrogante, ignorante e ridícula. Apesar de tudo, seu excesso de confiança lhe impede de ver os pontos fortes das outras pessoas e evita o desenvolvimento de seu próprio conhecimento superficial. Fracassa em apreciar os outros e está obcecada com sua própria inteligência, que é verdadeiramente insignificante.

Se um comandante em um campo de batalha for arrogante, seguramente subestimará seu inimigo e poderá perder a melhor oportunidade de conduzir o ataque. Como diz um antigo ditado chinês, um exército superestimado está condenado à derrota.

Os dois relatos religiosos descritos a seguir são testemunhos do perigo que implica ser demasiadamente soberbo:

Criado como um anjo perfeito, reto e sábio, Satã tornou-se arrogante e rebelou-se contra Deus. Finalmente foi expulso do Céu e baixou à Terra. Foi a soberba que lhe fez cair.

Devadatta era o primo do Buda Sakyamuni. Durante os doze anos em que estudou sob a orientação de Sakyamuni, nunca abandonou seu orgulho e sua crueldade e, como consequência disso, cometeu numerosos pecados. Quando Sakyamuni se negou a ensinar-lhe capacidades sobrenaturais, ele ausentou-se por pouco tempo e aprendeu alguns truques de outros mestres e somente regressou com a intenção de ocupar o lugar de Sakyamuni. Quando Sakyamuni recusou, Devadatta ficou irado e assassinou uma monja chamada Uppalavanna. Logo contratou um guerreiro para que assassinasse Sakyamuni mas, em vez de assassiná-lo, tornou-se seu discípulo. Devadatta não se deteve e libertou um elefante na rua esperando que o animal pisoteasse Sakyamuni até a morte. Afortunadamente Sakyamuni saiu ileso. Ainda, Devadatta empurrou uma rocha gigante até um penhasco onde Sakyamuni estava sentado. Os pés de Sakyamuni foram golpeados por pequenas rochas e sangraram abundantemente.

Por seus pecados, Devadatta não conseguiu chegar ao Estado de Fruto, mas pelo contrário, desceu ao inferno.

Este artigo foi originalmente publicado por Minghui.org

 
 
 

ONU adverte que IA pode representar uma ameaça ‘negativa e até mesmo catastrófica’ aos direitos humanos

ONU adverte que IA pode representar uma ameaça ‘negativa e até mesmo catastrófica’ aos direitos humanos
A Organização das Nações Unidas advertiu que os sistemas de inteligência artificial (IA) podem representar uma ameaça "negativa, ...
Leia Mais >
 

Navios de guerra chineses entram em zona americana

Navios de guerra chineses entram em zona americana
Navios de guerra chineses entraram na zona econômica exclusiva americana. A mídia estatal chinesa disse ser uma medida ...
Leia Mais >
 

EUA, Austrália e Reino Unido firmam pacto histórico de defesa contra a China

EUA, Austrália e Reino Unido firmam pacto histórico de defesa contra a China
Estados Unidos, Austrália e Reino Unido anunciaram nesta quarta-feira um pacto de defesa histórico, que inclui o apoio ...
Leia Mais >
 

Investidores de empresa chinesa exigem seu dinheiro de volta

Investidores de empresa chinesa exigem seu dinheiro de volta
Um novo surto do vírus do PCC atinge a China. Um homem testa positivo após 3 semanas em ...
Leia Mais >