Partido Comunista Chinês afirma que Biden é uma “nova janela de esperança”

Por Frank Fang

Pequim aguarda uma nova administração dos EUA depois que o ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, disse que o candidato democrata à presidência Joe Biden representava uma “nova janela de esperança” para o relacionamento entre a China e os Estados Unidos.

Wang fez os comentários na semana passada em uma entrevista à mídia estatal chinesa Xinhua e ao China Media Group. Ele também expressou esperança de que o novo governo dos EUA “volte a uma abordagem sensata”, de acordo com uma transcrição do governo.

Ele criticou o governo Trump, dizendo que nos últimos anos os Estados Unidos tentaram “suprimir a China e iniciar uma nova guerra fria”. O regime chinês tem usado frequentemente essa retórica, especialmente durante a guerra comercial de 2018-2019, por criticar as políticas da administração chinesa.

Ele também acusou os legisladores dos EUA de terem “noções totalmente erradas” sobre a China e pediu aos Estados Unidos que “respeitem” o sistema social chinês.

Wang concluiu sua entrevista dizendo que os dois países poderiam resolver suas diferenças “desde que os Estados Unidos possam aprender com as lições do passado e trabalhar com a China na mesma direção”.

Veja também:

 

O governo Trump lutou com o Partido Comunista Chinês (PCC) em uma série de questões, incluindo práticas comerciais injustas, espionagem, influência maliciosa nos Estados Unidos, ameaças à segurança representadas pela tecnologia chinesa e seus abusos de direitos humanos contra minorias religiosas e residentes de Hong Kong.

Os críticos de Biden levantaram preocupações de que um governo sob sua liderança seja suave com a China, já que a mídia estatal chinesa expressou abertamente sua preferência por Biden.

Mais recentemente, a mídia estatal chinesa Global Times, em um artigo publicado em 5 de janeiro, usou a repentina decisão da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) de não remover três empresas de telecomunicações chinesas como um sinal de que uma administração mais “flexível” sob Biden seria mais amigável para Pequim. Desde então, a NYSE reverteu o curso novamente, dizendo em 6 de janeiro que iria prosseguir com o fechamento do capital, afinal.

“Os analistas chineses traduziram a medida como uma voz da razão de alguns em Wall Street e no círculo político dos EUA [sic], que desejam que o atual presidente dos EUA não atrapalhe o novo governo. de Biden na tomada de decisões relacionadas à China ”, observou o artigo.

Ele também citou um professor chinês que disse que os políticos e empresários americanos prefeririam a “flexibilidade” sob Biden ao “estilo ilimitado de intimidação” de Trump.

Em 31 de dezembro de 2020, a Bolsa de Valores de Nova York anunciou que iniciaria o processo de fechamento de capital da China Mobile, China Telecom e China Unicom, em conformidade com a ordem executiva de Trump, pois o Pentágono considerou que o três empresas tinham ligações com os militares chineses.

Em um artigo publicado no Epoch Times em chinês no mês passado, Zhong Yuan, um pesquisador focado no sistema político da China, explicou que o PCC preferia a presidência de Biden porque implementaria uma política de compromisso com Pequim.

A posição favorável do PCC em relação a Biden foi refletida em um artigo de opinião publicado pela Xinhua em 19 de dezembro de 2020, de acordo com Zhong. O artigo afirmava que a administração Trump havia deixado “um desastre” para trás e estava avaliando o que seu sucessor deveria fazer.

Zhong explicou que era urgente para o PCC começar a trabalhar com Biden porque há uma divisão interna dentro do Partido sobre como lidar com a deterioração dos laços sino-americanos. Zhong disse que a divisão ficou evidente em outro artigo de opinião da Xinhua publicada em dezembro de 2020, que denunciou “certas pessoas” por espalharem “comentários favoráveis” aos Estados Unidos.

A divisão ameaçou a posição do líder chinês Xi Jinping dentro do Partido, explicou Zhong, e foi provavelmente a razão pela qual a mídia estatal chinesa tomou a posição de apoiar Biden.

Siga Frank no Twitter: @HwaiDer

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
 
 

Twitter, Facebook perdem $ 51 bilhões de valor de mercado combinado desde banimento de Trump

Twitter, Facebook perdem $ 51 bilhões de valor de mercado combinado desde banimento de Trump
Os gigantes da mídia social Facebook e Twitter viram, coletivamente, US $ 51,2 bilhões em valor de mercado ...
Leia Mais >
 

Como o Espectro do Comunismo está Governando Nosso Mundo: Infiltrando o Ocidente parte 2

Como o Espectro do Comunismo está Governando Nosso Mundo: Infiltrando o Ocidente parte 2
Por NTD Notícias Na quinta-feira, dia 24 de outubro de 1929, a bolsa de valores de Nova Iorque ...
Leia Mais >
 

Vazado: CEO do Twitter

Vazado: CEO do Twitter
Por NTD Notícias O CEO do Twitter é flagrado falando sobre censura em um vídeo vazado por um ...
Leia Mais >
 

Preso por não matar

Preso por não matar
Por NTD Notícias Outro produto alimentício adulterado chama a atenção do público na China. Compradores descobriram que a ...
Leia Mais >