Papa Francisco forma grupo de estímulo ao capitalismo inclusivo

Por Agência EFE

O papa Francisco e um grupo de diretores de grandes empresas se uniram no Conselho para um Capitalismo Inclusivo com o Vaticano, como forma de tentar apresentar possibilidades de sistemas econômicos mais justos para a população mundial.

“O conselho convida as empresas de todos os tamanhos a aproveitar o potencial do setor privado para construir uma base econômica mais justa, inclusiva e sustentável para o mundo”, indicou comunicado enviado pelo órgão.

O grupo é formado por cerca de 30 executivos de alto escalão, chamados de Guardiões do Capitalismo Inclusivo, que representam companhias com mais de US$ 2 bilhões de capital e que empregam 200 milhões de trabalhadores, em mais de 163 países, aponta a nota.

O grupo se reunirá anualmente com o papa Francisco e com o cardeal Peter Turkson, que dirige o Dicastério do Vaticano para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral.

A iniciativa, de acordo com comunicado de lançamento, significa a urgência de unir os imperativos morais e de mercado para transformar o capitalismo em uma força poderosa para o bem da humanidade.

“Há necessidade urgente de um sistema econômico que seja justo, confiável e capaz de enfrentar os mais profundos desafios que a humanidade e nosso planeta enfrentam. Vocês aceitaram o desafio procurando maneiras de fazer do capitalismo um instrumento mais inclusivo para o bem-estar humano integral”, disse o papa.

O texto assegura que seus membros já se comprometeram com centenas de ações mensuráveis e que assumirão compromissos contínuos para continuar a promover o capitalismo inclusivo.

“O capitalismo criou uma enorme prosperidade global, mas também deixou muitas pessoas para trás, levou à degradação de nosso planeta, e a sociedade não tem muita confiança”, disse Lynn Forester de Rothschild, fundadora do Conselho e sócia-gerente da firma Inclusive Capital.

Outros líderes corporativos na iniciativa são Ajay Banga (Mastercard), Brian Moyniham (Bank of America), Alex Gorsky (Johnson e Johnson), Oliver Bate (Allianz SE), William Lauder (Estee Lauder Cos), o diretor-executivo de Visa Inc., Alfred Kelly, entre outros.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
 
 

Da saúde a Hollywood: como o regime chinês tenta controlar a América

Da saúde a Hollywood: como o regime chinês tenta controlar a América
Hoje, as "plataformas de entretenimento" dos EUA estão tão "desesperadas pelo mercado chinês" que agora estão dispostas a ...
Leia Mais >
 

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.
Por NTD Notícias Evidências apontam que a catástrofe das enchentes na China vem das autoridades do Partido Comunista. ...
Leia Mais >
 

Epoch Times lança iniciativa ‘Defendendo America’ com painel sobre a constituição

Epoch Times lança iniciativa ‘Defendendo America’ com painel sobre a constituição
O Epoch Times realizou um painel de discussão em 19 de julho entre os principais especialistas na Constituição ...
Leia Mais >
 

Enchentes mortíferas na China

Enchentes mortíferas na China
Por NTD Notícias O senador Marco Rubio na terça-feira disse em tuite que o fechamento do instituto Confúcio ...
Leia Mais >