Pacientes com fígado gorduroso podem desenvolver formas mais graves de COVID-19

Por Agência EFE

Pacientes que sofrem de fígado gorduroso não alcoólico e são infectados pelo vírus do PCC (Partido Comunista Chinês), conhecido como novo coronavírus, podem desenvolver COVID-19 com maior gravidade e apresentar maiores complicações, de acordo com especialistas sobre o assunto na terça-feira.

“Foi observado que pacientes com fígado gorduroso apresentam maior risco de complicações e um quadro mais grave do COVID-19″, disse o gastroenterologista e hepatologista Eira Cerda.

Além disso, ele disse, os pacientes com esta doença tendem a ter mais tempo com a doença, o que significa uma maior permanência no hospital”, entre 14 e 17 dias” e uma carga viral maior.

O especialista explicou que o fígado gordo não alcoólico consiste no depósito excessivo de gordura no fígado, que pode acabar gerando inflamação, fibrose e até cirrose e levar ao câncer.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 20 e 30% da população mundial sofre de fígado gordo e estima-se que na América Latina até um terço da população seja afetada por essa doença, enquanto no México, cerca de 35 milhões de pessoas sofrem desta doença.

O especialista explicou que é provável que a prevalência dessa doença na população latino-americana esteja relacionada a fatores genéticos e ambientais, incluindo dieta e exercício.

Embora também acima do peso, a obesidade e o diabetes tipo 2, que são altamente prevalentes na região, afetem o desenvolvimento da doença.

Estima-se que o fígado gordo não alcoólico no México esteja presente em 82% das pessoas que sofrem de obesidade e em 18,5% das pessoas que vivem com diabetes.

De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição (Ensanut) 2016, 3 em cada 10 menores entre 5 e 11 anos têm sobrepeso ou obesidade, enquanto 36,3% dos adolescentes e 72,5% dos adultos têm algum dessas duas condições.

A hepatologista Graciela Castro indicou que, segundo estudo do Instituto Nacional de Ciências Médicas e Nutrição Salvador Zubirán, aproximadamente entre 70 e 80% dos pacientes que ingressam no instituto estão com sobrepeso ou obesidade.

“É um fator de risco e de maior gravidade em pacientes com COVID-19”, disse o também presidente da Associação Mexicana de Hepatologia.

Diagnóstico tardio

Um dos principais problemas desta doença é a falta de diagnóstico oportuno, pois muitos pacientes sabem que sofrem de fígado gorduroso não alcoólico quando complicações já se desenvolveram.

“Muitos pacientes já vêm à clínica com complicações de cirrose ou carcinoma e, em alguns casos, não podemos mais fazer um diagnóstico exato do que causou o fígado gordo”, lamentou o Dr. Castro.

A preocupação dos especialistas é que, no México, a obesidade se torne um problema de saúde pública.

É por isso que mudar hábitos alimentares e aumentar a atividade física são peças-chave para combater esta doença, disse Edith González, especialista em gastroenterologia e nutrição pediátrica.

“É uma doença que se desenvolve desde a idade pediátrica. É por isso que devemos estar mais próximos do crescimento de crianças que, desde a infância, estão em curvas normais de crescimento”, insistiu.

Ele reconheceu que, na última década, houve uma maior incidência de doença hepática em crianças a partir dos 8 anos de idade e, embora não ocorram em formas graves, é possível observar gordura e inflamação no fígado.

“É preciso prevenir da infância, comer frutas, verduras, evitar salsichas e praticar atividade física”, afirmou.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

Companhia de dança internacional é perseguida e atacada por regime chinês

 
 
 

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha
Um ex-membro de uma gangue criminosa japonesa disse que testemunhou o comércio de órgãos na China, tendo visto ...
Leia Mais >
 

Trump: FBI invadiu sua casa na Flórida, propriedade está ‘sob cerco’

Trump: FBI invadiu sua casa na Flórida, propriedade está ‘sob cerco’
O ex-presidente Donald Trump disse que sua casa em Mar-a-Lago na Flórida está "sob cerco" e "ocupada por ...
Leia Mais >
 

Biden se diz “preocupado” com manobras da China, mas não crê em passo além

Biden se diz “preocupado” com manobras da China, mas não crê em passo além
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta segunda-feira estar "preocupado" com o uso de armas pela ...
Leia Mais >
 

Alimentos ultraprocessados podem contribuir para perda cognitiva

Alimentos ultraprocessados podem contribuir para perda cognitiva
Dificuldade de lembrar datas, fazer cálculos ou realizar tarefas básicas do dia a dia. As habilidades cognitivas geralmente ...
Leia Mais >