NASA testará o sistema de “defesa planetária” ao estilo Armagedom: lançará foguete contra asteroide!

Por Mariana Buendia

A NASA realizará um teste para evitar que um asteroide perigoso atinja a Terra. Sim, ao estilo Armagedom… e embora seja apenas uma avaliação de tecnologia não tripulada, o objetivo é prevenir qualquer possível colisão de um asteroide com nosso planeta Terra.

Embora pareça algo saído de um filme de ficção científica, a NASA tem realmente estudado as possibilidades de evitar que um asteroide se torne uma ameaça ao planeta após colidir com ele.

O Teste de Redirecionamento de Duplo Asteroide (DART) é a primeira demonstração a ser realizada pela agência de defesa do planeta. Seu objetivo é testar e validar um método para protegê-lo do perigoso impacto de um asteroide, informou a NASA.

Imagem Ilustrativa. (Pixabay / MasterTux)

Como será realizado?

Eles colidirão uma espaçonave contra o menor membro do sistema binário de asteroides Didymos para alterar sua velocidade orbital, por meio de um impacto cinético que deslocará a órbita do asteroide.

Embora a primeira janela de lançamento tenha sido projetada entre 21 de julho e 24 de agosto deste ano, os responsáveis ​​pela Diretoria de Missão Científica (SMD) avaliaram os riscos no calendário e determinaram que não seria viável naquela data. Então, eles usaram a próxima data projetada para a segunda janela de lançamento de 24 de novembro de 2021 a 15 de fevereiro de 2022, informou a agência.

Em 4 de outubro, a NASA confirmou em um comunicado à imprensa o lançamento do DART programado para o próximo dia 23 de novembro de 2021, às 22h20, a bordo de um foguete SpaceX Falcon 9 que partirá da Base da Força Espacial de Vandenberg, na Califórnia.

A demonstração será a primeira de seu tipo. Mas apesar de ser apenas um teste, a NASA confirmou que não há risco para o planeta.

“O alvo do DART é o sistema binário de asteroides Didymos, que significa ‘gêmeo’ em grego (e explica a palavra ‘duplo’ no nome da missão). Didymos é o candidato ideal para o primeiro experimento de defesa planetária da humanidade, embora não esteja em vias de colidir com a Terra e, portanto, não represente uma ameaça real para o planeta ”, explica o site do projeto.

Didymos é composto por dois asteroides: Didymos, o maior asteroide com 780 metros de diâmetro e o menor, o lunar, denominado Dimorphos com 160 metros de diâmetro, que orbita em torno do primeiro.

A nave espacial da NASA colidirá com Dimorphos para encurtar o tempo que leva para o asteroide orbitar Didymos.

(Pixabay/ PIRO4D)

Poderemos ver isso?

O tempo do teste foi projetado de forma que, no momento do impacto do DART, a distância entre a Terra e Didymos seja minimizada, para permitir observações telescópicas da mais alta qualidade.

Mas não se preocupe! A Terra ainda estará a muitos milhões de distância no momento do impacto. Além disso, o aumento de energia que será dado ao sistema binário de asteroides é baixo e não pode perturbar o asteroide. E, finalmente, a órbita de Didymos nunca se cruza com a da Terra.

No entanto, telescópios de todo o mundo poderão observar o evento. E a NASA transmitirá o evento único ao vivo, por meio da NASA TV, do aplicativo da NASA e do site da agência.

Então, assim como no filme Armagedom, mas agora na vida real, sente-se com sua pipoca e veja esta nova tecnologia projetada para salvar nosso planeta Terra de um asteroide perigoso … se isso acontecer!

 

Entre para nosso canal do Telegram

Siga o Epoch Times no Gettr

Veja também:

 
 
 

Pequim prendeu pelo menos 100 praticantes do Falun Gong em setembro

Pequim prendeu pelo menos 100 praticantes do Falun Gong em setembro
O Partido Comunista Chinês (PCC) condenou pelo menos 100 praticantes do Falun Gong à prisão em setembro, de ...
Leia Mais >
 

“Round 6” na vida real; comércio de órgãos do PCC

“Round 6” na vida real; comércio de órgãos do PCC
Uma sociedade na qual todos competem por dinheiro e pela chance de mudar seus destinos; Onde excluídos têm ...
Leia Mais >
 

Pais que defendem seus filhos são tratados como terroristas domésticos por conselhos escolares

Pais que defendem seus filhos são tratados como terroristas domésticos por conselhos escolares
À medida que mais e mais pais vão aos conselhos escolares locais para reclamar sobre a teoria crítica ...
Leia Mais >
 

46 mortos e 41 feridos em incêndio em Taiwan

46 mortos e 41 feridos em incêndio em Taiwan
Pelo menos 46 morreram após um incêndio “extremamente severo” em Taiwan. Ocorrido dentro de um prédio de 13 ...
Leia Mais >