Morre funcionário do Instituto Confúcio nos EUA durante investigação de pornografia infantil

Por Frank Yue

A Webster University divulgou um comunicado em 10 de outubro de que o representante do Instituto Confúcio, Liu Qiang (também conhecido como David Liu), foi encontrado morto em seu apartamento depois que a polícia revistou sua casa no meio de uma investigação.

A universidade sediada em Missouri enfatizou que “não tem nenhuma evidência ou razão para acreditar” que a investigação relatada ou a morte de Liu esteja ligada à escola ou ao Instituto Confúcio.

Liu era o representante da Beijing Language and Culture University no Webster University Confucius Institute desde janeiro de 2019. As referências ao perfil de Liu foram removidas do site da universidade em 10 de outubro.

Conforme relatado pelo St. Louis Post-Dispatch em 9 de outubro, a polícia relatou a morte de Liu à universidade em 7 de outubro, mas não mencionou a causa da morte.

A Polícia do Condado de St. Louis afirmou por e-mail que a polícia e o FBI vasculharam o apartamento de Liu em Webster Groves em 6 de outubro, no meio de uma investigação de um caso de pornografia infantil.

No entanto, a Webster University afirmou que conduzirá sua própria investigação para determinar se alguém na comunidade foi prejudicado pelo incidente.

Na noite de 11 de outubro, a Universidade de Língua e Cultura de Pequim também emitiu um comunicado confirmando a notícia da morte de Liu. No entanto, a escola chinesa omitiu a menção à alegada acusação de pornografia infantil de Liu. No final do anúncio, dizia: “Uma vez que a situação relevante esteja sob investigação, não dê ouvidos nem divulgue informações não confirmadas”.

De acordo com o site do Webster University Confucius Institute, o instituto foi estabelecido em 2008 como um projeto cooperativo entre a Webster University, a universidade chinesa, e a sede do Confucius Institute sob o Ministério da Educação do Partido Comunista Chinês (PCC).

A administração Trump recentemente intensificou seus esforços para combater a infiltração do PCC nos campi americanos nos últimos meses.

Em 13 de agosto, o Departamento de Estado designou o Confucius Institute American Center, com sede em Washington, que funciona como a sede de fato da rede do Confucius Institute, como uma missão estrangeira da República Popular da China.

O Departamento de Estado disse que os institutos “pressionam pelo treinamento tendencioso da língua e cultura chinesa” para estudantes americanos como parte dos “esforços de propaganda multifacetada” de Pequim, e que o regime chinês financia parcialmente esses programas “sob a liderança do Departamento de Trabalho do CCP United Front ”.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 

 

 
 
 

Ex-oficial da CIA alega que irregularidades eleitorais podem fazer parte de um grande plano

Ex-oficial da CIA alega que irregularidades eleitorais podem fazer parte de um grande plano
Gary Berntsen, ex-oficial de carreira da Agência Central de Inteligência (CIA) que trabalhou em várias missões de contraterrorismo, ...
Leia Mais >
 

Por que a China teme Trump?

Por que a China teme Trump?
Por NTD Notícias As observações de uma professora chinesa estão causando controvérsia, ela afirma que a pandemia trouxe ...
Leia Mais >
 

Pequim anuncia novo salário mínimo que não é suficiente para cobrir custo de vida

Pequim anuncia novo salário mínimo que não é suficiente para cobrir custo de vida
A cidade de Pequim anunciou recentemente um novo salário mínimo, mas o valor não é suficiente para cobrir ...
Leia Mais >
 

Trump: “Meu discurso mais importante”

Trump: “Meu discurso mais importante”
Por NTD Notícias O presidente Trump discursou durante quase uma no que chamou de “o discurso mais importante ...
Leia Mais >