Misterioso objeto interestelar Oumuamua não é sonda alienígena, diz cientista

Por Epoch Times

O físico e astrônomo que descobriu Oumuamua, primeiro objeto interestelar já descoberto no Sistema Solar, disse que a teoria de que o objeto é “uma vela solar de origem artificial” é uma especulação selvagem.

Um estudo feito pelo Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian publicado este mês sugere que o objeto de 400 metros de comprimento pode ser uma “vela solar”.

Vela solar é um método de propulsão para sondas e espaçonaves, alternativo ou complementar ao uso de motores que capturam impulsos produzidos por fontes externas à própria nave.

“Há uma velocidade máxima na qual se pode viajar para conseguir ser capturado gravitacionalmente pelo sol”, disse o astrônomo Robert Weryk à CBC. “Quando vimos este objeto pela primeira vez, ele viajava mais rápido do que isso, então sabemos de fato que vem de fora do nosso Sistema Solar. Decidimos que era um cometa que apresentava um pouco de desgaseificação que não era visível do solo, por isso não se parecia com um cometa”.

Ele acrescentou: “(Os pesquisadores de Harvard) decidiram se concentrar em outro aspecto, de que o objeto é uma espaçonave alienígena e que tem um material do tipo vela solar que está causando a trajetória não gravitacional. Mas, na realidade, acreditamos que isso não é verdade com base nos dados que obtivemos”.

Oumuamua, disse ele à CBC, é provavelmente um “remanescente de outro sistema solar”. “É algo que nos aconteceu por acaso, e tivemos muita sorte de ter operado o telescópio naquela noite e olhado naquela direção”, disse ele.

Pesquisadores de Harvard disseram à Fox News em 12 de novembro que a pesquisa “tenta explicar o excesso de força” que agiu em Oumuamua.

“Nosso trabalho segue a metodologia científica padrão: observa-se uma anomalia nos dados, a explicação padrão não a explica, então uma interpretação alternativa é proposta”, disse Loeb à Fox. Ele acrescentou que o comentário de Weryk “mostra preconceito”.

“Encorajo qualquer pessoa que tenha uma explicação melhor para escrever um artigo sobre o assunto e publicá-lo. Qualquer interpretação errônea pode ser descartada quando mais dados forem publicados sobre Oumuamua ou outros membros de sua população no futuro. Uma reação do tipo que você citou mostra preconceito”, disse ele.

O trabalho de Weryk se concentra principalmente na busca por asteroides que representam um perigo para a Terra.

Resultados do estudo

“Considerando uma origem artificial, uma possibilidade é que Oumuamua seja uma vela solar, flutuando no espaço interestelar como destroços de equipamentos tecnológicos avançados”, disseram os pesquisadores no artigo de Harvard de 1º de novembro. Eles observaram que o objeto apresentava uma “aceleração peculiar” através do espaço.

“Essa aceleração é esperada naturalmente para os cometas, impulsionados pelo material em evaporação. No entanto, estudos observacionais e teóricos recentes implicam que Oumuamua não é um cometa ativo”, disseram os pesquisadores.

O estudo de Harvard acrescenta: “Velas com dimensões semelhantes são projetadas e construídas por nossa própria civilização, incluindo o projeto IKAROS e a Iniciativa Starshot. A tecnologia das velas solares pode ser usada no transporte de cargas entre planetas ou entre estrelas”.

 
 
 

Garoto costumava passar dias e noites pelas calçadas por uma causa nobre, hoje ele é um bailarino de classe mundial

Garoto costumava passar dias e noites pelas calçadas por uma causa nobre, hoje ele é um bailarino de classe mundial
Ao acompanhar seus pais nas manifestações pacíficas nas ruas ele nunca imaginou que um dia se tornaria um ...
Leia Mais >
 

Associações de advogados pedem libertação de renomado advogado chinês de direitos humanos

Associações de advogados pedem libertação de renomado advogado chinês de direitos humanos
Associações de advogados de mais de 20 países pediram ao regime comunista chinês que liberte o proeminente advogado ...
Leia Mais >
 

Jordânia critica Austrália por reconhecer Jerusalém como capital de Israel

Jordânia critica Austrália por reconhecer Jerusalém como capital de Israel
A Jordânia criticou neste sábado (15) a decisão da Austrália de reconhecer Jerusalém Ocidental como capital de Israel, ...
Leia Mais >
 

Investigadores afirmam que Fundação Clinton funciona como empresa, não como instituição de caridade

Investigadores afirmam que Fundação Clinton funciona como empresa, não como instituição de caridade
Dois investigadores financeiros dizem ter apresentado milhares de documentos à Receita Federal, que eles acreditam mostrar que a ...
Leia Mais >