Menino viraliza após falar em voo sobre situação de Cuba: ‘Não podemos parar essa luta’

Por Alicia Marquez

Um menino de origem cubana que se tornou viral nas redes sociais na semana passada por explicar a situação atual de Cuba durante um voo para Miami, encorajou os cubanos a “continuar nas ruas, descansar um pouco (…) mas não parar essa luta” .

Daniel Ferrer, um menino de 10 anos de pais cubanos, foi gravado em vídeo na semana passada quando explicou aos passageiros em voo da Virgínia para Miami a situação dos protestos pacíficos em Cuba.

Depois de obter permissão de um comissário para falar pelo megafone do avião, o menor disse em inglês: “Olá, meu nome é Daniel Ferrer, tenho 10 anos e sou da Virgínia. Neste momento o povo cubano está nas ruas lutando por sua libertação e por seus direitos, por sua libertação do comunismo ”.

Daniel e seus pais estavam indo para Miami para participar das manifestações em Washington em 26 de julho.

O menino explicou aos viajantes que a ilha sofre há mais de 60 anos com a ditadura de Castro: “Não podemos esperar mais, é hora. Eles sofrem há 62 anos. Não podemos esperar mais. Obrigado ”, acrescentou.

Logo depois, o vídeo se tornou viral e Daniel disse que alguns internautas não acreditaram na verdade de suas palavras, considerando-as um discurso erudito. No entanto, o menino afirma que apesar de não ser seu país natal, ele se sente assim.

“Como é a pátria dos meus pais e tenho o sangue dos meus pais, também é a minha pátria de certa forma”, disse ele.

“Eu tirei isso do meu coração. Sempre li o Martí, ouço muitas notícias do que está acontecendo todos os dias ”.

“Neste momento, os cubanos estão nas ruas lutando por sua liberdade. [Eles] não querem comida, não querem vacinas e não querem internet – eles querem liberdade ” , disse Daniel ao Telemundo em 3 de agosto.

O jovem cubano-americano também enviou uma mensagem encorajadora aos seus compatriotas cubanos, especialmente aos mais jovens.

“Fiquem nas ruas, comam a comida que eles estão dando aos cubanos, e descanse um pouco, mas saia para as ruas de novo”.

“Não podemos parar essa luta, essa luta é de todos”, acrescentou.

Em outra entrevista, o garotinho disse que a ideia de pegar o megafone durante seu voo para Miami surgiu quando o apresentador e Youtuber Alexander Otaola sugeriu a todos os cubanos em aeroportos ou aviões que perguntassem se sabiam o que estava acontecendo em Cuba atualmente, “Porque os americanos têm que saber o que está acontecendo em Cuba”.

Além disso, disse que enquanto Biden pensa “o que fazer com Cuba, mais pessoas morrem”.

Entre para nosso canal do Telegram

Siga o Epoch Times no Gettr

 
 
 

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha
Um ex-membro de uma gangue criminosa japonesa disse que testemunhou o comércio de órgãos na China, tendo visto ...
Leia Mais >
 

Ex-general dos EUA fala sobre atuação do Partido Comunista Chinês: Entrevista exclusiva

Ex-general dos EUA fala sobre atuação do Partido Comunista Chinês: Entrevista exclusiva
David Stillwell, é um general de brigada americano reformado. De 2011 a 2013 ele foi diplomata na embaixada ...
Leia Mais >
 

BOLSONARO: “TOMAREMOS AS AÇÕES QUE DEVEM SER TOMADAS”; COREIA DO SUL AMPLIA DEFESA

BOLSONARO: “TOMAREMOS AS AÇÕES QUE DEVEM SER TOMADAS”; COREIA DO SUL AMPLIA DEFESA
O presidente Jair Bolsonaro discursou a uma multidão em Santa Catarina no sábado. Ele falou em “luta do ...
Leia Mais >
 

GUERRA “NÃO-CONVENCIONAL” DA CHINA; COLÔMBIA: GIRO À ESQUERDA; BRICS: IMPASSE DO BRASIL

GUERRA “NÃO-CONVENCIONAL” DA CHINA; COLÔMBIA: GIRO À ESQUERDA; BRICS: IMPASSE DO BRASIL
Um impasse para o Brasil? Ocorreu a cúpula do BRICS. China e Rússia falam em uma expansão do ...
Leia Mais >