Maior acionista da Evergrande projeta perdas de mais de um bilhão de dólares

Por Frank Fang

O segundo maior acionista da Evergrande, a Chinese Estates Holdings, projetou um prejuízo de mais de US$ 1 bilhão este ano se vender toda a sua participação na incorporadora imobiliária endividada.

A China Estates anunciou na quinta-feira que acabou de reduzir sua participação na Evergrande de 6,5 por cento para cerca de 5,7 por cento, e está buscando a aprovação dos acionistas para vender o restante.

A empresa afirmou que seu conselho de administração estava cauteloso e preocupado com Evergrande. Eles listaram problemas de liquidez e riscos para suas operações e finanças se não tomarem as medidas corretas para lidar com a crise da dívida.

Evergrande, a maior incorporadora imobiliária da China com US$ 305 bilhões em passivos, está lutando para cumprir suas obrigações de dívida. Os investidores estão observando se Evergrande conseguirá pagar os juros de US$ 83,5 milhões sobre um título em dólar com vencimento na quinta-feira.

Chinese Estates também citou um declínio significativo no preço das ações da Evergrande, bem como a volatilidade do mercado e mudanças nas condições econômicas e de mercado.

As ações da Evergrande subiram cerca de 18 por cento na quinta-feira, após a resolução oportuna do pagamento de títulos onshore da empresa na quarta-feira. No entanto, continua a perder mais de 82 por cento até agora neste ano.

Se vender toda a sua participação, a Chinese Estates terá um prejuízo de US$ 1,22 bilhão no ano fiscal que termina em dezembro de 2021.

Entre para nosso canal do Telegram

Siga o Epoch Times no Gettr

Veja também:

 

 
 
 

COVID-19, uma pandemia do medo ‘fabricada’ pelas autoridades, afirma epidemiologista de Yale

COVID-19, uma pandemia do medo ‘fabricada’ pelas autoridades, afirma epidemiologista de Yale
A pandemia da COVID-19 tem sido uma pandemia do medo, fabricada por indivíduos em cargos nominais de autoridade ...
Leia Mais >
 

RISCO: 52% dos americanos vê China como principal ameaça

RISCO: 52% dos americanos vê China como principal ameaça
Os americanos parecem estar, drasticamente, mudando de ideia sobre o Regime comunista chinês. Pela primeira vez, metade dos americanos ...
Leia Mais >
 

EUA: Comunismo na educação

EUA: Comunismo na educação
Maduro vira desenho animado. A União Soviética e a China promoveram o culto à personalidade de tiranos como ...
Leia Mais >
 

EUA: Compromisso “inabalável” com defesa de Taiwan

EUA: Compromisso “inabalável” com defesa de Taiwan
Os EUA reiteraram seu compromisso “inabalável” com a defesa de Taiwan, e o ex-primeiro-ministro japonês disse que o ...
Leia Mais >