Insetos mortais encontrados em 9 de 10 bolsas de maquiagem

Por Amreen Bashir 

Testamos recentemente 467 produtos de maquiagem, doados para nosso estudo por pessoas do Reino Unido, para contaminação bacteriana e fúngica e descobrimos que 90 por cento continham germes potencialmente mortais. Esses produtos, que incluem batom e rímel, podem representar uma ameaça significativa à saúde.

Encontramos E. coli e Staphylococci em delineador e rímel usados. Essas bactérias podem causar irritação e conjuntivite. Embora os sintomas da conjuntivite tendam a ser leves – olhos lacrimejantes e coceira – em casos extremos, pode levar à perda da visão. Os germes que causam conjuntivite também podem se espalhar para outras partes do corpo, o que pode desencadear uma infecção secundária mais séria.

Os batons e gloss em nossa amostra continham estafilococos e várias bactérias associadas à matéria fecal. Essas bactérias podem causar vermelhidão, inchaço e inflamação dos lábios, que podem ser tratados com antibióticos ou cremes antibacterianos. Mas se os germes se espalharem para o sangue ou tecidos mais profundos do corpo, a infecção pode se tornar fatal.

Além disso, algumas cepas de estafilococos, como Staphylococcus aureus, tornaram-se mais resistentes aos antibióticos. O S. aureus é bastante contagioso e pode causar infecções de pele, incluindo o impetigo.

Os produtos de maquiagem que examinamos (batom, brilho labial, delineadores, máscaras e esponjas para maquiagem) tinham de 100 a 1.000 bactérias individuais, exceto as esponjas para maquiagem, que possuíam, em média, um milhão de bactérias. Enquanto apenas 100 células de algumas bactérias podem causar infecção.

Cuidado com a esponja para maquiagem

Estudos anteriores investigaram a contaminação microbiana por maquiagens em outros países, como Irã, Arábia Saudita e Itália. Eles relataram altos níveis de bactérias causadoras de doenças, incluindo E. coli, salmonella, Klebsiella e Citrobacter, mas pouca pesquisa foi realizada no Reino Unido, o qual possui uma situação semelhante a países como os Estados Unidos.

Nossa pesquisa é a primeira a olhar para as esponjas para maquiagem, uma popular esponja de modelagem e modelagem de base. (Mais de 6,5 milhões de esponjas para maquiagem foram vendidas em todo o mundo).

Descobrimos que esses produtos são particularmente suscetíveis à contaminação, pois costumam ficar úmidos após o uso, o que cria um terreno ideal para a proliferação de bactérias nocivas. A maioria (93 por cento) das esponjas para maquiagem que testamos nunca foi limpa, apesar de dois terços (64 por cento) dos entrevistados admitirem que as deixaram cair no chão.

Na verdade, é fácil evitar os germes dos cosméticos. As esponjas para maquiagem podem ser limpas com água morna e sabão. Para o batom, simplesmente vire o tubo do batom ligeiramente para cima e limpe a camada superior do batom com um lenço de papel, depois despeje uma pequena quantidade de álcool isopropílico e mergulhe o batom exposto no álcool por 30 segundos. Remova-o e limpe suavemente o álcool e deixe-o secar. Isso não afetará o batom, mas o manterá limpo.

Os potes de rímel podem abrigar bactérias, mas não podem ser limpos, então é melhor substituir seu rímel mensalmente ou usar pincéis descartáveis.

Verifique as datas de validade

Todos os cosméticos são feitos sob condições estritas para controlar o crescimento e o acúmulo de micróbios durante o uso. Os conservantes são usados ​​para impedir o crescimento de bactérias, mas eles têm uma vida útil finita. Todos os cosméticos têm prazos de validade, que são calculados com base no tempo que os conservantes do produto são capazes de controlar a contaminação.

Se a data de validade estiver impressa na embalagem, ela será exibida na forma de um símbolo semelhante a um pote aberto com 3M, 6M, 12M, 18M, 24M ou 36M impresso no meio, correspondendo ao número de meses em que o produto pode ser usado. A maioria dos produtos possui um prazo de validade de três a 12 meses, desde que o usuário não tenha uma infecção, como conjuntivite. No entanto, nosso último estudo mostra que as pessoas estão usando produtos fora do prazo de validade e permitindo o acúmulo de contaminação microbiana.

Para evitar contaminação, certifique-se de descartar a maquiagem que já passou do prazo de validade, não aplique maquiagem se você tiver uma infecção ou pele rachada, nunca compartilhe cosméticos com amigos e definitivamente evite usar amostras de maquiagem em lojas.

Amreen Bashir é professora de ciências biomédicas na Aston University no Reino Unido, e Peter Lambert é professor de química microbiana na Aston University. Este artigo foi publicado pela primeira vez no The Conversation.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha
Um ex-membro de uma gangue criminosa japonesa disse que testemunhou o comércio de órgãos na China, tendo visto ...
Leia Mais >
 

BOLSONARO: “TOMAREMOS AS AÇÕES QUE DEVEM SER TOMADAS”; COREIA DO SUL AMPLIA DEFESA

BOLSONARO: “TOMAREMOS AS AÇÕES QUE DEVEM SER TOMADAS”; COREIA DO SUL AMPLIA DEFESA
O presidente Jair Bolsonaro discursou a uma multidão em Santa Catarina no sábado. Ele falou em “luta do ...
Leia Mais >
 

GUERRA “NÃO-CONVENCIONAL” DA CHINA; COLÔMBIA: GIRO À ESQUERDA; BRICS: IMPASSE DO BRASIL

GUERRA “NÃO-CONVENCIONAL” DA CHINA; COLÔMBIA: GIRO À ESQUERDA; BRICS: IMPASSE DO BRASIL
Um impasse para o Brasil? Ocorreu a cúpula do BRICS. China e Rússia falam em uma expansão do ...
Leia Mais >
 

ABORTO DEIXA DE SER DIREITO CONSTITUCIONAL NOS EUA; VEXAME DE BIDEN

ABORTO DEIXA DE SER DIREITO CONSTITUCIONAL NOS EUA; VEXAME DE BIDEN
O aborto agora não é mais um direito protegido pela constituição nos EUA. Isso depois que a Suprema ...
Leia Mais >