Hospitais de Nova Iorque estão oferecendo enormes quantidades de vitamina C aos pacientes com coronavírus

Por Jack Phillips

Pacientes com coronavírus muito doentes estão recebendo uma grande dose de vitamina C no estado de Nova Iorque, de acordo com um médico e um porta-voz de uma rede hospitalar local.

Andrew G. Weber, pneumologista e especialista em terapia intensiva afiliado às instalações de Northwell Health em Long Island, disse que pacientes em tratamento intensivo com o vírus do PCC recebem 1.500 miligramas de vitamina C intravenosa desde o início.

“Os pacientes que receberam vitamina C tiveram um desempenho significativamente melhor do que aqueles que não receberam vitamina C”, disse Weber ao New York Post. Três a quatro vezes por dia, quantidades idênticas são re-administradas aos pacientes via IV, acrescentou.

O Epoch Times refere-se ao novo coronavírus, que causa a doença COVID-19, como o vírus do PCC porque o encobrimento e a má administração do Partido Comunista Chinês permitiram que o vírus se espalhasse por toda a China antes de ser transmitido em todo o mundo.

De acordo com a Clínica Mayo, a ingestão diária recomendada de vitamina C é entre 65 miligramas e 90 miligramas, o que significa que as doses que os pacientes doentes estão recebendo são muitas vezes mais que a dose recomendada.

Weber disse que analisou relatórios de todo o mundo sobre regimes semelhantes de tratamento com vitamina C para pacientes com COVID-19.

A vitamina C “ajuda uma quantidade tremenda, mas não é destacada porque” não é uma droga única, sugeriu.

E Jason Molinet, porta-voz da Northwell Health, que opera quase duas dúzias de hospitais na região metropolitana de Nova Iorque, acrescentou ao jornal que o antioxidante está sendo “amplamente utilizado” em outros lugares. Ele disse que cerca de 700 pacientes com vírus PCC estão sendo tratados nos hospitais de Northwell, mas não está claro quantos recebem o tratamento com vitamina C.

Weber disse que o antioxidante é administrado ao lado da hidroxicloroquina, um medicamento anti-malária, além do antibiótico azitromicina. Outras drogas também são usadas, disse ele.

Vitamin c
Frutas cítricas em uma tigela em uma foto de arquivo (Africa Studio / Shutterstock)

Ele disse que os níveis de vitamina C dos pacientes com vírus caem significativamente caso sofram sepse, o que é uma resposta inflamatória quando o corpo reage exageradamente à doença.

“Faz todo o sentido do mundo tentar manter esse nível de vitamina C”, afirmou o Weber, segundo o Post.

Enquanto isso, o site da Clínica Mayo recomenda contra excesso de vitamina C, e alguns especialistas em saúde disseram que é irresponsável acumular suplementos do antioxidante à luz de relatórios sobre seu uso em hospitais.

Os sintomas de muita vitamina C incluem vômito, náusea, diarréia, azia, cãibras, dor de cabeça e insônia.

“Lembre-se, para a maioria das pessoas, uma dieta saudável fornece uma quantidade adequada de vitamina C”, diz o site.

 
 
 

Repórteres do Epoch Times são seguidos em meio à repressão em Hong Kong

Repórteres do Epoch Times são seguidos em meio à repressão em Hong Kong
Dois jornalistas da edição de Hong Kong do The Epoch Times disseram que estavam sendo seguidos por supostos ...
Leia Mais >
 

Prisão de pró-democratas

Prisão de pró-democratas
Por NTS Notícias A Famosa Torre de TV de Shanghai, que acidentalmente recebeu o mesmo nome da cidade ...
Leia Mais >
 

Colômbia proíbe teste de produtos cosméticos em animais

Colômbia proíbe teste de produtos cosméticos em animais
A Colômbia tornou-se o primeiro país da América Latina a proibir os testes cosméticos em animais por meio ...
Leia Mais >
 

Polícia de Hong Kong prende pró-democrata

Polícia de Hong Kong prende pró-democrata
Por NTD News A polícia de Hong Kong prendeu um total de dez pessoas, incluindo o magnata da ...
Leia Mais >