“Hands off Venezuela de inmediati!”, desafia Maduro em péssimo inglês (Vídeo)

Por Epoch Times

Um dos últimos discursos do ditador comunista Nicolás Maduro está se tornando viral, mas não pelas razões que ele esperava. O que está chamando a atenção é a maneira como ele tentou advertir Donald Trump para não se meter com os assuntos da Venezuela: “Hands off Venezuela, de inmediati!”, disse ele.

Diante do riso dos presentes, ele perguntou: “É assim que se diz? Não se diz inmediaty? “E insistiu:” Inmédiaty! “. “Não é assim, Donald Trump?”, acrescentou.

Assista:

Os Estados Unidos são um dos países com a posição mais dura em relação ao novo mandato de Nicolás Maduro, que tomou posse em 10 de janeiro sem o reconhecimento internacional.

Donald Trump foi um dos primeiros a reconhecer Juan Guaidó como presidente em exercício da Venezuela depois que ele assumiu o cargo em 23 de janeiro. Depois dele, vários outros chefes de Estado juntaram-se ao reconhecimento de Guaidó, incluindo Brasil, Argentina, Colômbia, OEA e Canadá.

Escalada das tensões

Na segunda-feira (28), os Estados Unidos anunciaram sanções contra a petroleira estatal venezuelana PDVSA. O Departamento do Tesouro disse que a companhia de petróleo tem sido durante muito tempo um veículo para a corrupção de autoridades e empresários venezuelanos. O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, disse que as sanções ajudarão “a impedir que Maduro continue desviando os ativos da Venezuela e a preservar esses ativos para o povo da Venezuela”.

As tensões entre os dois países pareceram diminuir um pouco depois que o regime de Maduro suspendeu sua exigência de que diplomatas norte-americanos deixassem o país em 72 horas, a partir de 26 de janeiro. A administração Trump rejeitou a ordem de Maduro de 23 de janeiro, argumentando que o ditador não tinha autoridade legal.

Em um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores da Venezuela informou que oferece um prazo de 30 dias para negociar com autoridades norte-americanas a criação de um “escritório de interesses dos Estados Unidos” na Venezuela e um escritório venezuelano similar nos Estados Unidos.

Washington, por sua vez, aceitou a designação de Carlos Alfredo Vecchio como Encarregado de Negócios de Guaidó em 25 de janeiro. Ele será o representante do governo da Venezuela perante os Estados Unidos.

 
 
 

Regime chinês aumenta controle sobre advogados

Regime chinês aumenta controle sobre advogados
O Ministério da Justiça da China anunciou recentemente um sistema atualizado de avaliação para advogados, ordenando que todos ...
Leia Mais >
 

Autoridades chinesas exigem instalação de câmeras de vigilância dentro de casas alugadas

Autoridades chinesas exigem instalação de câmeras de vigilância dentro de casas alugadas
Na China, o medo orwelliano de um Estado "Grande Irmão" está se tornando realidade, já que os cidadãos ...
Leia Mais >
 

Deputado acha que educação em tempo integral é adequada para o Brasil e pede debate

Deputado acha que educação em tempo integral é adequada para o Brasil e pede debate
Nesta terça-feira (23/4), a Comissão de Educação promove seminário para debater educação em tempo integral, na Câmara dos ...
Leia Mais >
 

Misterioso círculo gravado no gelo aparece em lago no planalto tibetano (Vídeo)

Misterioso círculo gravado no gelo aparece em lago no planalto tibetano (Vídeo)
Um círculo com um estranho desenho apareceu durante a noite no gelo do lago Qinghai, no planalto tibetano ...
Leia Mais >