Governador de Ohio assina lei que proíbe escolas de exigir vacinação obrigatória contra COVID-19

Por Jack Phillips

O governador de Ohio, Mike DeWine, assinou uma lei na quarta-feira que impede as escolas públicas e universidades de exigir que as pessoas recebam uma vacina COVID-19 que não foi totalmente aprovada pela Food and Drug Administration (FDA).

As vacinas contra o vírus do PCC (Partido Comunista Chinês) feitas por Moderna, Pfizer e Johnson & Johnson estão sendo administradas nos Estados Unidos sob autorização de uso de emergência da FDA. As vacinas não foram totalmente aprovadas pela agência, embora algumas autoridades federais tenham sugerido que o serão até o final de 2021.

A lei , seguida pela House Bill 244, entrará em vigor em 90 dias e visa especificamente as vacinas COVID-19, proibindo escolas públicas, universidades e faculdades de exigir que “uma pessoa receba uma vacina para a qual a Food and Drug Administration não obteve aprovação total. ” Porém, quando a lei entrar em vigor, ou seja, em meados de outubro, a maioria dos alunos de escolas públicas e universitários estará de volta às aulas.

DeWine, de acordo com jornalistas locais presentes durante a assinatura, não ofereceu nenhum comentário sobre a lei, no entanto, na terça-feira, o governador republicano pediu ao FDA para retirar as vacinas COVID-19 do status de autorização para uso de emergência para aprovação total.

“Já era hora de o FDA levar em consideração que centenas de milhões de pessoas receberam essas vacinas e passaram de uma base de emergência para uma base regular ” , disse DeWine. “Isso nos ajudará, em Ohio e em todo o país, a vacinar mais pessoas”.

Para que um medicamento receba aprovação total do FDA, são necessários testes e estudos experimentais mais rigorosos.

O governador argumentou que o fato de as vacinas COVID-19 continuarem a ser administradas em massa sob a autorização de uso de emergência do FDA é uma das razões pelas quais as pessoas hesitam em se vacinar.

“É hora do FDA levar em consideração que centenas de milhões de pessoas receberam essas vacinas e passar de uma base de aplicação de emergência para uma base regular”, disse DeWine de acordo com o Statehouse News Bureau. “Eu só peço que você faça. É muito, muito importante, vidas estão em jogo. Se o fizerem, não vai convencer a todos, mas tem gente que conhecemos que irão ficar convencidas se for feito ”.

Os democratas de Ohio se opuseram a DeWine promulgar a lei.

“Estou desapontado com a decisão do governador DeWine de assinar o House Bill 244 e assinar a lei. As escolas e universidades públicas de Ohio devem ser capazes de criar políticas para manter seus alunos e funcionários seguros ”, postou no Twitter o líder democrata do Senado de Ohio, Kenny Yuko.

Entre para nosso canal do Telegram.

Siga o Epoch Times no Gab.

Veja também:

 
 
 

Pequim prendeu pelo menos 100 praticantes do Falun Gong em setembro

Pequim prendeu pelo menos 100 praticantes do Falun Gong em setembro
O Partido Comunista Chinês (PCC) condenou pelo menos 100 praticantes do Falun Gong à prisão em setembro, de ...
Leia Mais >
 

“Round 6” na vida real; comércio de órgãos do PCC

“Round 6” na vida real; comércio de órgãos do PCC
Uma sociedade na qual todos competem por dinheiro e pela chance de mudar seus destinos; Onde excluídos têm ...
Leia Mais >
 

Pais que defendem seus filhos são tratados como terroristas domésticos por conselhos escolares

Pais que defendem seus filhos são tratados como terroristas domésticos por conselhos escolares
À medida que mais e mais pais vão aos conselhos escolares locais para reclamar sobre a teoria crítica ...
Leia Mais >
 

46 mortos e 41 feridos em incêndio em Taiwan

46 mortos e 41 feridos em incêndio em Taiwan
Pelo menos 46 morreram após um incêndio “extremamente severo” em Taiwan. Ocorrido dentro de um prédio de 13 ...
Leia Mais >