Fotos: praticantes do Falun Gong marcham em DC, pedindo o fim dos 22 anos de perseguição na China

Por The Epoch Times

WASHINGTON – Em 16 de julho, cerca de 1.500 praticantes do Falun Gong se reuniram na capital do país para pedir o fim da longa perseguição à prática espiritual pelo regime comunista chinês.

Em 20 de julho de 1999, o Partido Comunista da China lançou uma campanha massiva para erradicar o grupo religioso depois que a prática ganhou dezenas de milhões de adeptos durante a década. Desde então, milhões de praticantes do Falun Gong foram detidos em centros de detenção, prisões, campos de trabalho e centros de lavagem cerebral em todo o país. Os detidos foram submetidos a tortura, abuso psicológico e extração de órgãos.

Depois de uma demonstração no Capitólio, os praticantes marcharam pela Avenida Consitution até o Monumento a Washington. Uma vigília à luz de velas em homenagem ao incontável número de vítimas da perseguição aconteceu no memorial à noite.

Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong se reúnem em Washington para comemorar o 22º aniversário do início da perseguição do regime chinês contra o Falun Gong, em 16 de julho de 2021  (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Nina Shea, principal investigadora e diretora do Centro de Liberdade Religiosa do Instituto Hudson, em um comício que marca o 22º aniversário do início da perseguição do regime chinês ao Falun Gong, no Capitólio em Washington em 16 de julho de 2021 (Larry Dye / Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)
Praticantes do Falun Gong participam de um desfile que marca o 22º aniversário do início da perseguição ao Falun Gong pelo regime chinês, em Washington em 16 de julho de 2021 (Samira Bouaou / The Epoch Times)

Entre para nosso canal do Telegram.

Siga o Epoch Times no Gab.

Veja também

 
 
 

ONU adverte que IA pode representar uma ameaça ‘negativa e até mesmo catastrófica’ aos direitos humanos

ONU adverte que IA pode representar uma ameaça ‘negativa e até mesmo catastrófica’ aos direitos humanos
A Organização das Nações Unidas advertiu que os sistemas de inteligência artificial (IA) podem representar uma ameaça "negativa, ...
Leia Mais >
 

Navios de guerra chineses entram em zona americana

Navios de guerra chineses entram em zona americana
Navios de guerra chineses entraram na zona econômica exclusiva americana. A mídia estatal chinesa disse ser uma medida ...
Leia Mais >
 

EUA, Austrália e Reino Unido firmam pacto histórico de defesa contra a China

EUA, Austrália e Reino Unido firmam pacto histórico de defesa contra a China
Estados Unidos, Austrália e Reino Unido anunciaram nesta quarta-feira um pacto de defesa histórico, que inclui o apoio ...
Leia Mais >
 

Investidores de empresa chinesa exigem seu dinheiro de volta

Investidores de empresa chinesa exigem seu dinheiro de volta
Um novo surto do vírus do PCC atinge a China. Um homem testa positivo após 3 semanas em ...
Leia Mais >