Facebook deixa de banir postagens sugerindo que COVID-19 foi feito em laboratório

Por Isabel Van Brugen

O Facebook anunciou em 26 de maio que as postagens que defendem a hipótese de que a COVID-19 foi produzida pelo homem não serão mais proibidas na plataforma.

“À luz das investigações em andamento sobre a origem do COVID-19 e em consulta com especialistas em saúde pública, não removeremos mais a alegação de que o COVID-19 foi feito pelo homem em nossos aplicativos”, disse um porta-voz do Facebook em um comunicado.

“Continuamos a trabalhar com especialistas em saúde para acompanhar a evolução da natureza da pandemia e atualizar regularmente nossas políticas à medida que novos fatos e tendências surgem”, acrescentou o porta-voz.

A empresa de mídia social afirmou em fevereiro em um blog que retiraria do ar as postagens que continham o que chamou de informações falsas sobre COVID-19, a doença causada pelo vírus do PCC (Partido Comunista Chinês), incluindo que a COVID-19 foi feita pelo homem e que as vacinas podem ser perigosas.

O Facebook disse na época que removeria contas, páginas e grupos que compartilham as reivindicações repetidamente.

A mudança na política ocorre depois que o especialista em doenças infecciosas, Dr. Anthony Fauci, admitiu que agora “não está convencido” de que a COVID-19 se desenvolveu naturalmente, e pediu uma investigação mais profunda sobre suas origens.

Dr. Anthony Fauci
Dr. Anthony Fauci. (Greg Nash -Pool / Getty Images)

Os primeiros relatos sobre um surto do vírus do PCC ocorreram pela primeira vez na cidade de Wuhan, no centro da China, no final de 2019, quando um grupo de casos foi relatado pela mídia controlada pelo estado como ligado a um mercado local local. Mais de um ano depois, as origens do vírus permanecem desconhecidas, embora a possibilidade de que o vírus tenha vazado de um laboratório do Instituto de Virologia Wuhan da China (WIV) esteja agora recebendo um reconhecimento mais amplo.

Desde a admissão de Fauci, o presidente Joe Biden ordenou que a comunidade de inteligência dos EUA (IC) aumentasse os esforços para investigar as origens do vírus.

“Depois que me tornei presidente, em março, pedi ao meu conselheiro de segurança nacional que encarregasse a Comunidade de Inteligência de preparar um relatório sobre a análise mais atualizada das origens do COVID-19, incluindo se surgiu do contato humano com um infectado animal ou de um acidente de laboratório ”, disse Biden, acrescentando que queria que o IC “redobrasse” seus esforços na investigação das origens do vírus.

“A partir de hoje, a Comunidade de Inteligência dos EUA ‘se uniu em torno de dois cenários prováveis’, mas não chegou a uma conclusão definitiva sobre esta questão”, acrescentou o presidente. “Aqui está sua posição atual: ‘enquanto dois elementos no CI tendem para o primeiro cenário e um se inclina mais para o último – cada um com confiança baixa ou moderada – a maioria dos elementos não acredita que haja informações suficientes para avaliar um para ser mais provável do que o outro.”

O Wall Street Journal relatou em 23 de maio que três pesquisadores do WIV foram hospitalizados em novembro de 2019 com sintomas consistentes de gripe sazonal e COVID-19. O jornal citou fontes não identificadas do governo dos EUA, familiarizadas com um relatório de inteligência dos EUA não divulgado anteriormente.

A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, quando questionada sobre o assunto em 24 de maio, disse que o governo Biden “pediu repetidamente à OMS que apoiasse uma avaliação especializada das origens da pandemia que seja livre de interferência ou politização.”

“Agora, tivemos resultados da fase um. Não estávamos – durante aquela primeira fase da investigação, não havia acesso aos dados, não havia informações fornecidas. E agora, temos esperança de que a OMS possa avançar para uma investigação de fase dois mais transparente e independente ”, disse Psaki.

Mimi Nguyen Ly contribuiu para este relatório.

Entre para nosso canal do Telegram.

Veja também:

 
 
 

Grupo bipartidário pede ‘revisão abrangente’ do financiamento dos EUA para pesquisa de vírus na China

Grupo bipartidário pede ‘revisão abrangente’ do financiamento dos EUA para pesquisa de vírus na China
Um grupo bipartidário de senadores está convocando o presidente Joe Biden para garantir que os Estados Unidos concluam ...
Leia Mais >
 

Autoridades chinesas destroem barragem

Autoridades chinesas destroem barragem
Por NTD Notícias Chineses, passaram dias e noites fortificando as margens de rios para evitar inundações, apenas para ...
Leia Mais >
 

Movimento fundado por Oswaldo Payá propõe medidas para isolar o regime comunista de Cuba

Movimento fundado por Oswaldo Payá propõe medidas para isolar o regime comunista de Cuba
O Movimento Cristão de Libertação (MCL) fundado pelo falecido Oswaldo Payá na terça-feira propôs medidas para isolar o ...
Leia Mais >
 

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.
Por NTD Notícias Evidências apontam que a catástrofe das enchentes na China vem das autoridades do Partido Comunista. ...
Leia Mais >