Esculturas de Aleijadinho fotografadas por Horacio Coppola viram exposição no Instituto Moreira Salles de São Paulo

União entre o trabalho do artista brasileiro e de Coppola resultam em imagens marcantes
Detalhe de portal, igreja de Nossa Senhora do Carmo – Sabará, MG – 1945
(Horacio Coppola / Acervo Instituto Moreira Salles)

Até o dia 11 de novembro, o Instituto Moreira Salles de São Paulo recebe a exposição fotográfica Luz, cedro e pedra – Esculturas do Aleijadinho fotografadas por Horacio Coppola. O fotógrafo argentino, que faleceu recentemente, tornou-se um dos grandes nomes da área na América Latina.

O acervo reúne 150 imagens captadas por Coppola durante uma visita às cidades históricas de Minas Gerais – Ouro Preto, Congonhas do Campo e Sabará – em 1945.  Admirador de esculturas, o fotógrafo considerava Antônio Francisco Lisboa (o Aleijadinho) um artista completo – arquiteto, escultor e ornamentista sacro.

Cristo crucificado
Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias
Ouro Preto, MG – 1945
(Horacio Coppola/ Acervo Instituto Moreira Salles)

Entre as imagens em destaque estão a Pastor ajoelhado, figura do presépio em roca da igreja de São Francisco de Assis, em Ouro Preto;  e a escultura Cristo crucificado, que fez parte do conjunto de arte sacra da igreja de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias. Atualmente, ambas encontram-se expostas no Museu da Inconfidência, em Ouro Preto.

O contato de Coppola com a obra de Aleijadinho ocorreu graças ao trabalho de intelectuais argentinos. Os poetas Jules Supervielle e Ramón Gómez de la Serna redigiram artigos sobre o trabalho do artista brasileiro, o que projetou seu trabalho para o país vizinho. No ano anterior à viagem de Coppola, o escritor brasileiro Newton Freitas publica uma versão em espanhol do livro El Aleijadinho.

A forte expressividade das esculturas sacras de Aleijadinho tornou o material fotográfico de Coppola um rico registro de um capítulo da história da arte brasileira. Em nota divulgada à imprensa o curador Luciano Migliaccio, professor do Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto da FAU/USP, afirma que fotografar esculturas é uma questão de pontos de vista, sobretudo quando se trata das esculturas de Aleijadinho.

“Coppola compreendeu muito bem o caráter decorativo intrínseco à poética do escultor brasileiro”, acrescenta. O interesse de Copolla pela arte teve início na década de 1920, período onde presidiu o primeiro cineclube argentino em Buenos Aires.

Dez anos após a visita a Minas Gerais, Coppola organizou uma exposição na associação Amigos del Libro e publicou o resultado de seu trabalho no livro Esculturas de Antonio Francisco Lisboa O Aleijadinho (Buenos Aires: Ediciones de La Llanura, 1955).

Entre seus trabalhos de destaque estão duas imagens que ilustram o livro Evaristo Carriego (1930), de Jorge Luis Borges e, no ano seguinte, um ensaio fotográfico para a revista Sur, respeitada publicação literária da Argentina.

Serviço
Luz, cedro e pedra – Esculturas do Aleijadinho fotografadas por Horacio Coppola
Aberta à visitação até o dia 11 de novembro
Entrada franca
Instituto Moreira Salles – São Paulo
Rua Piauí, 844, 1º andar, Higienópolis
www.ims.com.br
Entrada franca.

Epoch Times publica em 35 países em 19 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
 
 

Extração forçada de órgãos do regime chinês pode se espalhar para outros países, alerta diretor de ONG

Extração forçada de órgãos do regime chinês pode se espalhar para outros países, alerta diretor de ONG
O regime comunista chinês exportaria sua prática horrível de extração forçada de órgãos assim que fosse capaz de ...
Leia Mais >
 

Reforço Pfizer COVID-19 não deve ser aplicado aos que se vacinaram com J&J e Moderna, afirma oficial da FDA

Reforço Pfizer COVID-19 não deve ser aplicado aos que se vacinaram com J&J e Moderna, afirma oficial da FDA
A vacina de reforço COVID-19 da Pfizer não deve ser administrada àqueles que já receberam vacinas feitas pela ...
Leia Mais >
 

Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU

Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU
Xi Jinping, o líder do Partido Comunista Chinês, discursou na ONU. Altos-oficiais de governos e instituições diversas têm ...
Leia Mais >
 

General americano faz telefonemas secretos para a China

General americano faz telefonemas secretos para a China
Um dos maiores generais americanos está com problemas. Uma reportagem diz que ele ligou secretamente para seu correspondente ...
Leia Mais >