Elon Musk sugere ‘plano B’ se oferta de compra do Twitter não for aceita

Por Katabella Roberts 

Elon Musk, CEO da Tesla, sugeriu um plano de reserva se sua tentativa de assumir o Twitter falhar.

Falando em um evento TED em Vancouver, na quinta-feira, o empresário bilionário disse: “Não tenho certeza se realmente serei capaz de adquiri-lo”.

Embora Musk tenha dito que sua oferta de US $54,20 por ação é sua “melhor e final”, ele observou que tem um Plano B se sua oferta for rejeitada pelo conselho administrativo da empresa, no entanto, ele se recusou a fornecer mais detalhes sobre isso.

Musk, que é o maior acionista do Twitter, fez uma oferta para comprar “100%” da empresa por cerca de US $43 bilhões, segundo um documento regulatório, no qual ele disse que a plataforma de mídia social precisa ser “transformada em uma empresa privada”.

“Minha oferta é a minha melhor e última e, se não for aceita, precisarei reconsiderar minha posição como acionista”, disse Musk no documento.

Sua oferta, que é 18 por cento maior que o último preço de fechamento, está sendo considerada, o conselho da empresa afirmou na quinta-feira.

No entanto, a medida coloca o conselho da empresa em uma posição desconfortável e, caso eles optem por aceitar a oferta, isso efetivamente daria a Musk o controle do funcionamento do Twitter.

Musk questionou anteriormente o compromisso do Twitter com a liberdade de expressão, dizendo a seus seguidores que “a liberdade de expressão é essencial para uma democracia em funcionamento”.

A plataforma de mídia social foi repetidamente acusada de censurar alguns pontos de vista minoritários e politicamente conservadores, alegações que a empresa nega.

No entanto, em um desses casos, o ex-presidente Donald Trump teve sua conta removida permanentemente da rede social, em janeiro de 2021, com a gigante da tecnologia citando sua suposta violação da política de “Glorificação da violência” da empresa.

Desde que Musk adquiriu uma participação passiva de 9,2% na empresa, os conservadores vêm pedindo ao empresário que restaure a conta de Trump.

Durante sua aparição no evento TED de quinta-feira, o nativo da África do Sul disse que o Twitter é “de fato, a praça da cidade” e enfatizou a importância de haver uma “arena inclusiva para a liberdade de expressão”.

“Uma das coisas que eu acredito que o Twitter deveria fazer é abrir seu algoritmo e fazer quaisquer alterações nos tweets das pessoas, ou se eles enfatizarem ou não, essa ação deve se tornar aparente para que todos possam ver que uma ação foi tomada, e não haver nenhum tipo de manipulação nos bastidores, seja algorítmica ou manual”, explicou.

Musk disse que, sob sua supervisão, o Twitter seria “cauteloso” quando se trata de banir usuários permanentemente e preferiria adotar “tempos limite” para esses usuários, pois eles funcionam muito “melhor”.

No entanto, ele admitiu que nem tudo seria “perfeito”.

“Um bom sinal para saber se há liberdade de expressão: alguém de quem você não gosta tem permissão para dizer algo que você não gosta? Se for esse o caso, então temos liberdade de expressão”, acrescentou. “Isso é um sinal de uma situação de liberdade de expressão saudável e funcional”.

Musk também disse que tem “ativos suficientes” para acompanhar sua oferta pelo Twitter, caso seja aprovada.

O Conselho Administrativo do Twitter disse na quinta-feira que “revisará cuidadosamente” a proposta de Musk para “determinar o curso de ação que acredita ser do melhor interesse da empresa e de todos os acionistas do Twitter”.

Ali Mogharabi, analista sênior de ações da Morningstar, escreveu em uma nota: “Acreditamos que a probabilidade do Twitter aceitar provavelmente está abaixo de 50%”, mas alertou que “o conselho também pode estar ponderando se deve discutir mudanças de liderança, como substituir o CEO, Parag Agrawal, por Musk, pois isso pode diminuir a probabilidade de Musk vender suas ações se a oferta for rejeitada”.

As ações do Twitter caíram 1,68 por cento na quinta-feira, para US $45,08.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha
Um ex-membro de uma gangue criminosa japonesa disse que testemunhou o comércio de órgãos na China, tendo visto ...
Leia Mais >
 

Trump: FBI invadiu sua casa na Flórida, propriedade está ‘sob cerco’

Trump: FBI invadiu sua casa na Flórida, propriedade está ‘sob cerco’
O ex-presidente Donald Trump disse que sua casa em Mar-a-Lago na Flórida está "sob cerco" e "ocupada por ...
Leia Mais >
 

Biden se diz “preocupado” com manobras da China, mas não crê em passo além

Biden se diz “preocupado” com manobras da China, mas não crê em passo além
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta segunda-feira estar "preocupado" com o uso de armas pela ...
Leia Mais >
 

Alimentos ultraprocessados podem contribuir para perda cognitiva

Alimentos ultraprocessados podem contribuir para perda cognitiva
Dificuldade de lembrar datas, fazer cálculos ou realizar tarefas básicas do dia a dia. As habilidades cognitivas geralmente ...
Leia Mais >