Doença faz mulher esquecer noivo mas ele espera 8 anos e ela recupera sua memória

Um homem apaixonado demonstrou uma notável fidelidade a seu casamento. O noivo japonês provou o quão dedicado ele é à sua noiva, que agora é sua esposa, depois que ela esqueceu quem ele era devido a uma doença cerebral extremamente rara, esperando quase oito anos para sua recuperação.

Hisashi Nishizawa e sua noiva, Mai Nakahara, planejaram se casar no início de março de 2007, mas Hisashi teve que cancelar o casamento antes de seu grande dia devido ao fato de sua futura noiva estar agindo estranhamente.

Mai mostrou sinais óbvios de que estava perdendo a cabeça; ela estava se tornando preocupantemente esquecida, e até mesmo fazia estranhos sons estridentes durante a noite.

Os médicos não sabiam qual era o problema dela e a enviaram para um hospital psiquiátrico. Lá, a situação desconcertante de Mai começou a sair do controle. Seu coração e pulmões pareciam desistir e ela ficou em coma. Mai foi imediatamente transferida para o Hospital Universitário de Okayama, onde permaneceu viva, mas permaneceu indiferente.

Os médicos a diagnosticaram com encefalite anti-receptor NMDA, um distúrbio extremamente raro que torna o sistema imunológico do corpo contra si mesmo, permitindo assim que vírus e bactérias ataquem o cérebro.

Vários meses se passaram. Mai permaneceu no hospital recebendo tratamento, mas sua memória não retornava. Com muito pesar, os pais de Mai sugeriram a Hisashi que ele encontrasse outra mulher. Mas Hisashi ficou devotadamente ao lado de Mai e pensou em não abandonar seu amor, disse: “Eu vou esperar”.

Três anos se passaram e, em 2011, Mai começou a entender vozes e até poderia escrever seu próprio nome novamente. Embora ela reconhecesse seus pais, havia um homem que estava sempre ao seu lado … mas ela simplesmente não sabia quem ele era.

“Por que ele está sempre aqui?”, Ela pensou, lembrou mais tarde.

Foi quando as fotos começaram a aparecer, fotos que atualizariam a memória de Mai. Mai viu que o “estranho” que nunca saiu do seu lado era o homem que aparecia em muitas de suas fotos.

Além disso, ela viu a data 11 de março de 2007, ao lado das palavras “cerimônia de casamento”.

“Eu sou casada?”, Ela se perguntou.

Pouco a pouco, com a ajuda de sua família, amigos e seu devotado noivo, as memórias de Mai provaram que não estavam perdidas, afinal.

Embora Mai ainda precisasse de mais internações hospitalares, ela estava bem para receber alta. A planejadora de casamentos do casal, Ai Kubota, foi contatada, e uma nova data para o casamento foi marcada.

“Quando recebi a ligação, não consegui acreditar”, disse Ai. “Fiquei encantado ao dizer: ‘É um milagre'”.

Em 21 de dezembro de 2014, Hisashi, que tinha então 34 anos, e Mai, 32 anos, finalmente juntaram suas escovas de dente, quase oito anos depois da data originalmente proposta.

“Estou muito grata”, disse Mai. “Eu quero ter uma família feliz juntos.”

A história da vida real de Mai e Hisashi foi reproduzida em uma série de TV japonesa, um filme e um livro.

O ditado de que “as ações falam mais alto que as palavras” é exemplificado através da fidelidade de Hisashi a Mai, e seu espírito de nunca desistir diante da falta de esperança e do desespero.

“Seria impensável se eu voltasse a uma vida normal”, disse Hisashi. “Como eu estava vendo ela se recuperando dia a dia, apesar de pouco a pouco, eu não senti que oito anos foram tão longos.”

Os pais de Mai podem ter certeza de que sua filha encontrou o homem certo, um homem que sempre permanecerá fiel a ela na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.

Fontes: NextSharkJapan Bullet

Crédito da foto: Captura de tela do YouTube  Screenshot | OneHeartWedding by テイクアンドギヴ・


Esposa deficiente chora lágrimas de gratidão ao receber surpresa do 10º aniversário de casamento do marido

 
 
 

Juiz Marcelo Brêtas manda prender ex-presidente Michel Temer

Juiz Marcelo Brêtas manda prender ex-presidente Michel Temer
O ex-presidente Michel Temer foi preso em São Paulo, no âmbito da Operação Lava Jato. A ordem de ...
Leia Mais >
 

EUA alertam Ortega de que não há como escapar das sanções contra empresas ligadas ao regime de Maduro

EUA alertam Ortega de que não há como escapar das sanções contra empresas ligadas ao regime de Maduro
Tanto a empresa Alba de Nicaragua (Albanisa) quanto sua filial Bancorp, que foram atingidas pelas sanções que os ...
Leia Mais >
 

Trump promete facilitar entrada de brasileiros nos EUA

Trump promete facilitar entrada de brasileiros nos EUA
O presidente Jair Bolsonaro liberou o visto para turistas dos Estados Unidos, Japão, Austrália e Canadá, sendo muito ...
Leia Mais >
 

“Eu me senti violada”: adolescente processa escola por presença de estudante trans no vestiário feminino (Vídeo)

“Eu me senti violada”: adolescente processa escola por presença de estudante trans no vestiário feminino (Vídeo)
Uma estudante do ensino médio na Pensilvânia disse que sua privacidade foi violada e que ela foi submetida ...
Leia Mais >