Diosdado Cabello, número dois do Chavismo, tem COVID-19

Por Agência EFE

O líder pró-governo Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional Constituinte (ANC) do Chavismo, testou positivo para o vírus do PCC, comumente conhecido como o novo coronavírus, como ele próprio relatou através das redes sociais.

“Caros irmãos e irmãs, tenho o prazer de informar que, depois de ter sido submetido aos testes correspondentes, testei positivo para COVID-19 e, desde então, estou isolado, cumprindo o tratamento indicado, obrigado por seus votos de bom humor. Nós venceremos”, indicou ele em sua conta do Twitter.

O líder chavista venezuelano, Nicolás Maduro, retransmitiu a breve mensagem de Cabello e minutos depois falou sobre o assunto durante um ato do governo televisionado.

“Diosdado testou positivo. Toda a minha solidariedade (…) Tenho certeza de que, com sua força moral e espiritual e a proteção de nosso santo José Gregorio Hernández, você passará por esses dias de tratamento e recuperação”, afirmou.

Maduro disse que sugeriu que Cabello fizesse o teste de COVID-19 devido a sintomas que pareciam alergia.

“Eu só tive um pouco de alergia. Eu disse a ele, fiz os exames, eles os fizeram rapidamente (…) Venezuela com Diosdado e tenho certeza de que, mais cedo ou mais tarde, continuaremos nesta batalha à frente do ANC ”, continuou ele.

Maduro garantiu que Cabello “está bem” e “descansando”.

O líder do ANC suspendeu seu programa de televisão semanal na quarta-feira, dizendo que estava “lutando contra uma forte alergia”, pela qual os médicos ordenaram que ele descanse.

Governador Chavista com COVID-19

O governador chavista do estado de Zulia (oeste), Omar Prieto, também foi infectado pelo vírus do PCC.

“Como ele não para, ele está na rua, nós o testamos e ele testou positivo para o coronavírus, ele é um guerreiro, um homem na rua, ele não para (…) nas ruas que protegem o povo zuliano”, disse Maduro.

Paralelamente, Prieto confirmou a notícia apontando no Twitter: “Zulia, obrigado por tantas mensagens de carinho. Relato que, depois de passar por testes de COVID-19 PCR em tempo real, testei positivo. É o risco que, da mesma forma, nossos médicos, enfermeiros, bombeiros assumem”.

Conforme declarado pelo regime, a Venezuela ultrapassou 8.000 casos de COVID-19 na quarta-feira, uma pandemia que até agora deixou 75 mortos, dos quais 27 foram registrados em Zulia, região na fronteira com a Colômbia que se tornou o epicentro doença nacional.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

EUA exigem transparência do PCC diante da COVID-19

 
 
 

Repórteres do Epoch Times são seguidos em meio à repressão em Hong Kong

Repórteres do Epoch Times são seguidos em meio à repressão em Hong Kong
Dois jornalistas da edição de Hong Kong do The Epoch Times disseram que estavam sendo seguidos por supostos ...
Leia Mais >
 

Prisão de pró-democratas

Prisão de pró-democratas
Por NTS Notícias A Famosa Torre de TV de Shanghai, que acidentalmente recebeu o mesmo nome da cidade ...
Leia Mais >
 

Colômbia proíbe teste de produtos cosméticos em animais

Colômbia proíbe teste de produtos cosméticos em animais
A Colômbia tornou-se o primeiro país da América Latina a proibir os testes cosméticos em animais por meio ...
Leia Mais >
 

Polícia de Hong Kong prende pró-democrata

Polícia de Hong Kong prende pró-democrata
Por NTD News A polícia de Hong Kong prendeu um total de dez pessoas, incluindo o magnata da ...
Leia Mais >