Crítica de filme: ‘Unsilenced’, ​um suspense real e oportuno sobre a campanha do PCC contra o Falun Gong

Por Ian Kane

1h 48min | 22 de outubro de 2021

Falun Gong, também conhecido como Falun Dafa, é uma disciplina espiritual antiga e pacífica da China que é praticada por um número considerável de pessoas – não apenas chineses, mas também muitas outras pessoas – em todo o mundo. O Falun Gong inclui exercícios e meditação para melhorar a saúde, mas ao contrário do tai chi ou outras formas de qigong, ensina as pessoas a serem mais gentis e a levarem uma vida mais virtuosa.

Na verdade, o Falun Gong tenta fazer com que seus praticantes cultivem seus corações de acordo com seus princípios básicos de verdade, compaixão e tolerância. Desde sua introdução humilde no início dos anos 1990, por um homem chamado Li Hongzhi, sempre foi um movimento pacífico e rapidamente teve um aumento espetacular em sua popularidade.

Dirigido pelo inconformado em relação aos direitos humanos, Leon Lee (que também dirigiu “Human Harvest” sobre a extração ilegal de órgãos em 2014), “Unsilenced” é um filme baseado nos acontecimentos reais de dois casais chineses: Wang (Ting Wu) e Li (He Tao) e Jun (Shih Cheng-Hao) e Xia (Chen Ying-Yu).

Os alunos Wang (Ting Wu) e Li (He Tao) praticantes do Falun Gong (Flying Cloud Productions)
Os alunos Wang (Ting Wu) e Li (He Tao) praticantes do Falun Gong (Flying Cloud Productions)

O filme começa em 1999. Os casais são estudantes na prestigiosa Universidade Tsinghua em Pequim. Enquanto Wang, Li e Xia praticam o Falun Gong em um parque local, Jun está relutante em se juntar a eles devido aos confrontos que sua família teve com o regime chinês. Em outras palavras, quer ficar longe de problemas. Mas Wang acredita que o regime não tem problemas com o Falun Gong, e suas descobertas sobre os muitos benefícios da prática convencem Jun a aderir.

Enquanto seu grupo praticava no parque, uma limusine com dois membros proeminentes do Partido Comunista Chinês (PCC) – o diretor Zhu (James Yi) e seu chefe, o secretário Yang (Tzu-Chiang Wang) – se aproximam. Os dois acreditam que a popularidade crescente do Falun Gong é uma ameaça direta ao PCC, já que, como Yang declara posteriormente, mais gente se juntando ao Falun Gong equivale a menos membros do partido.

Imagens de pessoas praticando o Falun Gong em parques são mostradas em uma reunião do alto escalão do PCC, levando Yang a ser contratado para suprimir a prática espiritual nascente. Embora com um rosto destemido de psicopata, Yang mergulha em sua missão com alegria. Ele usa todos os poderes do Estado (especialmente a polícia e o sistema prisional) e incentiva os informantes (cidadãos que traem uns aos outros como a Stasi) a capturar defensores do Falun Gong e prendê-los.

Secretário do PCC Yang (Tzu-Chiang Wang) olha maliciosamente para os praticantes do Falun Gong, com o Diretor Zhu (James Yi) ao fundo, em "Unsilenced" (Flying Cloud Productions)
Secretário do PCC Yang (Tzu-Chiang Wang) olha maliciosamente para os praticantes do Falun Gong, com o Diretor Zhu (James Yi) ao fundo, em “Unsilenced” (Flying Cloud Productions)

Wang, uma brilhante estudante de engenharia, é um dos melhores ex-alunos da Universidade de Tsinghua e um líder natural. Quando Wang, Li, Jun e Xia vão à próxima reunião para praticar o Falun Gong, eles descobrem que ela foi interrompida pelas autoridades. Wang sugere que eles apresentem queixas ao escritório do governo local.

Após os alunos irem ao escritório e apresentarem pacificamente suas queixas, eles concluem que as autoridades simplesmente cometeram um erro ao interromper as sessões do Falun Gong. Mais tarde, porém, ao assistir a um noticiário, percebem que caíram em uma armadilha: o regime, por meio da mídia, descreve os denunciantes como um grupo violento que ameaçou as autoridades. A partir daí, a infame e formidável máquina de propaganda do PCC entra em operação.

Enquanto isso, Daniel Davis (Sam Trammell), um jornalista destemido que se encontra na China, fica sabendo da repentina repressão do regime ao Falun Gong. Como Wang, ele acredita na busca pela verdade (no caso dele, através do jornalismo) e começa a se aprofundar no assunto. Mas quando as investigações de Daniel começam a descobrir uma possível corrupção no regime, sua nova assessora Min Xu (Anastasia Lin) expressa sua preocupação com ele. Afirma-lhe que não vale a pena arriscar a segurança pessoal por algumas coisas.

Primeiro plano: Min (Anastasia Lin) e o jornalista Daniel Davis (Sam Trammell) sentem que algo está errado com a propaganda do regime sobre o Falun Gong, em "Unsilenced" (Flying Cloud Productions)
Primeiro plano: Min (Anastasia Lin) e o jornalista Daniel Davis (Sam Trammell) sentem que algo está errado com a propaganda do regime sobre o Falun Gong, em “Unsilenced” (Flying Cloud Productions)

Enquanto o vigoroso ataque do PCC aos praticantes do Falun Gong atinge um nível febril, suas técnicas de propaganda atingem níveis totalmente absurdos, como quando filmam condenados não pertencentes ao Falun Gong se passando por praticantes, a fim de desacreditá-lo através da mídia. Por meio do medo, da intimidação e da manipulação da mídia, as coisas estão começando a ficar cada vez mais terríveis para o Falun Gong.

As investigações de Daniel e a fé de Wang e seus amigos na verdade e na justiça (e, é claro, no Falun Gong) serão suficientes para quebrar toda a corrupção desenfreada e perseguição política?

Uma das coisas que mais me impressionaram neste filme é o seu ritmo. Às vezes, filmes baseados em eventos reais podem ser prolongados ou contados de maneira lenta e sem brilho. Este não é o caso com “Unsilenced”. Se apresenta como um thriller de Tom Clancy e mantém o espectador constantemente antecipando suas próximas cenas. Também incentiva os curiosos a iniciar suas próprias investigações sobre a perseguição desenfreada ao Falun Gong na China.

“Unsilenced”

Diretor: Leon Lee

Elenco principal: Sam Trammell, James Yi, Anastasia Lin

Duração: 1 hora e 48 minutos

Data de estreia: 22 de outubro de 2021

Avaliação: 5 estrelas de 5

Ian Kane é diretor de cinema e autor de Los Angeles. Para saber mais, visite DreamFlightEnt.com ou entre em contato com ele em Twitter.com/ImIanKane.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

COVID-19, uma pandemia do medo ‘fabricada’ pelas autoridades, afirma epidemiologista de Yale

COVID-19, uma pandemia do medo ‘fabricada’ pelas autoridades, afirma epidemiologista de Yale
A pandemia da COVID-19 tem sido uma pandemia do medo, fabricada por indivíduos em cargos nominais de autoridade ...
Leia Mais >
 

RISCO: 52% dos americanos vê China como principal ameaça

RISCO: 52% dos americanos vê China como principal ameaça
Os americanos parecem estar, drasticamente, mudando de ideia sobre o Regime comunista chinês. Pela primeira vez, metade dos americanos ...
Leia Mais >
 

EUA: Comunismo na educação

EUA: Comunismo na educação
Maduro vira desenho animado. A União Soviética e a China promoveram o culto à personalidade de tiranos como ...
Leia Mais >
 

EUA: Compromisso “inabalável” com defesa de Taiwan

EUA: Compromisso “inabalável” com defesa de Taiwan
Os EUA reiteraram seu compromisso “inabalável” com a defesa de Taiwan, e o ex-primeiro-ministro japonês disse que o ...
Leia Mais >