Consequências do uso recreativo da maconha, segundo a medicina chinesa

Por J.R. Zalk

Muitas pessoas são atraídas para a maconha por causa da sensação que ela proporcoina, mas a maconha – cannabis – tem efeitos colaterais e gera problemas diante do uso excessivo. A maioria dos usuários escolhe ignorar esses problemas devido a seus efeitos psicodélicos.

Uma das melhores maneiras de entender como a cannabis afeta nossa saúde é através dos princípios da medicina tradicional chinesa. Embora esses conceitos possam parecer desconhecidos, os usuários regulares de cannabis podem achar que possuem uma explicação clara de sua experiência.

Os 3 tesouros

A medicina chinesa se concentra no que é conhecido como os Três Tesouros que compõem nossas vidas. Estes são conhecidos como Jing (essência), Qi (vitalidade) e Shen (espírito). O objetivo dos praticantes de medicina chinesa é harmonizar os Três Tesouros.

Jing, ou essência, é uma substância não renovável que é a base do crescimento, desenvolvimento e reprodução. Os conceitos da ciência ocidental que podem ser úteis na compreensão do jing são o DNA e as células da crista neural. As células da crista neural são quase como as células das sementes das quais nosso corpo cresce quando começamos a se formar como embriões. O DNA também é uma ideia útil, pois o DNA acumula danos ao longo do tempo e não pode mais funcionar adequadamente, levando ao envelhecimento, de acordo com a teoria do dano ao DNA causado pelo envelhecimento. Em certo sentido, o DNA está esgotado e não pode mais nos ajudar a reproduzir células saudáveis ​​e nos manter jovens.

Qi é um conceito com o qual muitas pessoas estão familiarizadas. É a energia que move o corpo, a diferença entre tecido vivo e tecido morto. O Qi é obtido da energia extraída dos alimentos e da respiração e é o que impulsiona as várias circulações e movimentos do nosso corpo.

Shen, ou espírito, é responsável pela consciência. Impulsiona a cognição, nossa vida emocional e quem somos como seres.

Compreender os três tesouros nos ajuda a entender como a maconha afeta os consumidores de acordo com a medicina chinesa.

Queimando Jing

O uso da maconha captura o Jing e rapidamente o transforma em Qi e Shen; portanto, muita essência é perdida ao longo do tempo, mas um aumento temporário na vitalidade e no espírito é obtido. Como seu corpo está liberando o Jing mais rapidamente do que o corpo pode assimilá-lo, está se esgotando mais rapidamente. O processo é feito de forma ineficiente, como um carro que tem mais potência, mas menos economia de combustível. Isso seria semelhante a ir para a faculdade com um grande fundo fiduciário apenas para gastar mais e ficar sem dinheiro depois de apenas dois anos de sua carreira de quatro anos. O gasto excessivo do Jing designado nos faz entender por que as pessoas que usam muitas drogas parecem envelhecer mais rápido que o normal.

Obviamente, como o aluno que gasta seu fundo fiduciário, há certas experiências que o consumidor pode buscar.

Essa rápida transfusão de Jing pode alimentar inspiração e atividade. Isso pode explicar por que os usuários de maconha costumam ser artistas ou pessoas criativas. Eles querem estar em profundo alinhamento com seu espírito e brilhar no mundo. Há um processo criativo expandido, mas, a longo prazo, há um processo visionário enfraquecido e uma incapacidade de agir. É por isso que muitos usuários de maconha estão cheios de grandes ideias, mas incapazes de concluir o que começaram. Eles perdem a capacidade de executar.

A contínua exaustão de Jing pode criar mais problemas como depressão, insônia, falta de motivação e diminuição do desejo sexual.

Iluminação artificial

Se você se encontra atraindo muitos amigos que usam maconha regularmente, pode ter o dom de atrair pessoas que buscam iluminação e transformação. O uso de maconha, especialmente quando usado para fins recreativos, pode levar a novas ideias e abrir canais de criatividade, embora essas descobertas possam parecer menos poderosas à luz do dia.

Os usuários de maconha podem sentir que adquiriram uma conexão espiritual mais profunda. O verdadeiro cultivo espiritual exige que o praticante acalme a mente e abra o coração para obter um verdadeiro senso de realidade. Os usuários de maconha podem obter uma visão dessa experiência, mas que também pode ser manchada por seus problemas pessoais. No entanto, esse sentimento geralmente é profundamente comovente.

Muitos são viciados nesse sentimento e, portanto, continuam a usar maconha, embora a iluminação que eles sentiam fosse apenas passageira, inutilizável e insustentável. Para alcançar a iluminação que buscamos, precisamos integrar e assimilar informações mais de uma vez, a fim de transformá-las e não apenas acessá-las uma ou duas vezes de forma rápida e artificial.

Quando alguém está no auge da saúde, muitos experimentaram “elevações” praticando ioga, tai qi e meditação, o que levou a uma percepção positiva e energética mais duradoura. As práticas da Meditação Transcendental, Budismo e Taoísta também visam a iluminação. Embora a formulação seja diferente, esse é o mesmo objetivo de outros praticantes religiosos. Os cristãos descrevem um sentimento de estar mais perto de Deus. A diferença entre essas maneiras naturais de buscar a iluminação e o uso de drogas recreativas é que esta é a maneira preguiçosa de encontrar a iluminação porque não há trabalho.

Isso é artificial. A maconha pode dar a sensação de elevação, mas sem mudar a pessoa. Também existem efeitos colaterais negativos do corpo tentando se reequilibrar devido ao impacto da droga.

Recreação versus Dependência

Existe uma linha tênue entre o uso recreativo de qualquer droga e o vício.

Um paciente me disse: “Se eu não fumo maconha, não consigo desligar o cérebro. Eu faço problemas de cálculo ao tentar dormir e nunca descanso! ”

Isso me lembra todos os colegas gênios que vi do ensino médio à faculdade que fumavam maconha por um pouco de paz de espírito. Mas em muitos casos, suas pontuações começaram a cair após o uso continuado de maconha. Uma estudante de engenharia química e mãe de três filhos foi forçada a parar de fumar quando engravidou do terceiro filho e veio me procurar.

Ela era uma paciente antes mesmo de engravidar. Eu assisti com interesse enquanto ela me contava a história, mas quando o fim se aproximava, seu temperamento aumentou: ela levantou a voz (volume, ritmo e tom) e revelou que não podia controlar suas emoções. Este é um efeito colateral da maconha, levando a um desequilíbrio do que a medicina chinesa descreve como fogo no fígado.

Às vezes, ela terminava sua história tremendo e chorando, apenas para passar para outro tópico quase imediatamente. Eu sabia que ela usava cannabis regularmente antes mesmo de me dizer.

Esse incêndio no fígado está relacionado às mudanças de humor que os usuários de maconha costumam mostrar.

Recuperando-se da Maconha

Por toda essa visão criativa que a maconha pode proporcionar, embora tenda a diminuir com o tempo, uma enorme quantidade de recursos é usada. Devemos proteger nosso Jing como o tesouro que ele é. Se você usa maconha, é essencial manter uma consciência sobre o uso para saber quantos recursos ele consome. Parece inofensivo a princípio, mas custa um preço e é um preço muito alto a pagar. A perda de motivação e atitude complacente de muitos usuários de maconha a longo prazo reflete esse preço.

Dependendo da frequência de uso, reduzir ou eliminar a maconha dará resultados semelhantes a qualquer tipo de desintoxicação, como desejos e irritabilidade. Portanto, é melhor encontrar um ritual durante o processo de transição. Para pacientes que se recusam a parar de fumar, remédios à base de plantas como ‘Sha Shen Mai Men Dong’ ajudarão a proteger seus órgãos e rins.

Cannabis como uma fuga

Entender por que o usuário de maconha tenta se automedicar e o que ele está tentando escapar pode ser difícil no meio do uso da droga.

Se alguém tem um relacionamento de longo prazo com drogas ou álcool, é bom perguntar com que idade eles começaram a usar drogas recreativas, pois esse foi o momento em que o crescimento psicológico atrofiou.

Por exemplo, se alguém começou a usar aos 15 anos, talvez houvesse algo nessa idade que eles não conseguiam lidar e as drogas eram uma fuga fácil. Se a mesma pessoa decidir ficar sóbria aos 25 anos, há todo um novo conjunto de regras e responsabilidades que o mundo lhe imporá com o qual você terá que lutar.

Estar sóbrio pode ser difícil sem a ajuda de terapeutas ou mentores.

O novo “mundo sóbrio” pode ser demais para eles e eles podem recair. Alcoólicos Anônimos (AA) é um programa gratuito e pode ser adaptado para qualquer droga. O programa é gratuito, reúne-se em todo o mundo e tem aulas semanais ao lado de mentores para ajudar as pessoas a “crescerem” e a se manterem limpas.

J.R. Zalk é mestre em medicina chinesa pela Middlesex University em Londres e é um acupunturista licenciado que vive em Boulder, Colorado.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

EUA exigem transparência do regime chinês diante da COVID-19

 
 
 

Legisladores, especialistas e organizações condenam ataque a repórter do Epoch Times em Hong Kong

Legisladores, especialistas e organizações condenam ataque a repórter do Epoch Times em Hong Kong
Legisladores, especialistas e organizações em todo o mundo condenaram o ataque mais recente e brutal a uma repórter ...
Leia Mais >
 

O departamento de justiça e a IRS estão investigando a maior transação em criptomoeda do mundo por suspeita de atividades criminosas.

O departamento de justiça e a IRS estão investigando a maior transação em criptomoeda do mundo por suspeita de atividades criminosas.
Por NTD Notícias O departamento de justiça e a IRS estão investigando a maior transação em criptomoeda do ...
Leia Mais >
 

Mais de 280 navios chineses em águas Filipinas; Passeatas protestando a morte misteriosa de um estudante chinês

Mais de 280 navios chineses em águas Filipinas; Passeatas protestando a morte misteriosa de um estudante chinês
Por NTD Notícias Um adolescente chinês foi encontrado morto no campus de seu ensino médio. Milhares de pessoas ...
Leia Mais >
 

O preço da gasolina está subindo e há filas nas bombas, enquanto os oleodutos se recuperam de um ataque cibernético.

O preço da gasolina está subindo e há filas nas bombas, enquanto os oleodutos se recuperam de um ataque cibernético.
Por NTD Notícias A escassez de combustível piora no sudeste. O preço da gasolina está subindo e há ...
Leia Mais >