Como as crianças se tornam progressistas

Por Cal Thomas 

Comentário

Como progressistas são feitos? Cozinhando-os em uma escola pública seis horas por dia, cinco dias por semana, onde eles são aparentemente doutrinados com uma ideologia que contradiz os valores e crenças de muitos de seus pais.

Começou como um gotejamento, mas agora está se aproximando de uma enxurrada à medida que grupos ativistas – principalmente organizações LGBTQ – se infiltraram nas escolas públicas e exigem que seus pontos de vista sobre sexualidade e gênero sejam ensinados.

Aqui estão alguns dos muitos exemplos. No condado de Montgomery, Maryland (onde recebi uma boa educação sem o material da guerra cultural), a Cedar Grove Elementary School postou esta mensagem em sua página no Facebook: “[nós] estaremos celebrando amor, respeito e tolerância: pelo uso de vídeo com alunos segurando bandeiras do orgulho LGBT enquanto juravam: ‘Amor, Respeito, Liberdade, Tolerância, Igualdade e Orgulho’”. O que aconteceu com o juramento à bandeira americana?

Também no Condado de Montgomery, um outrora subúrbio conservador de Washington, DC, o The Washington Times relatou que um grupo de pais está esperando que um juiz federal se pronuncie sobre seu processo contra a anulação de uma política do distrito escolar que “exige que os professores escondam a transição de gênero de alunos que se identificam com outros nomes e pronomes.

Erin Lee, mãe de uma menina de 12 anos em Fort Collins, Colorado, reclamou quando o “clube de artes” que sua filha frequentava acabou sendo um “Clube da Aliança de Gêneros e Sexualidades”. Lee disse que o clube ensinou que “a heterossexualidade e a monogamia não são normais”. Ela também alegou que os alunos foram instruídos a não contar a seus pais. Lee tirou sua filha do ensino médio e a matriculou em uma escola cristã particular, onde ela diz que está “se saindo muito melhor”.

Não é apenas gênero e sexualidade que está sendo ensinado nas escolas públicas. Um grupo de pais judeus entrou com uma ação federal desafiando o ensino do que eles alegam ser materiais anti-semitas e anti-sionistas nas escolas públicas de Los Angeles. Os materiais, dizem eles, referem-se a Israel como um “estado colonizador” fundado no “genocídio”.

Em seu livro “Saia agora: por que você deve tirar seu filho da escola pública antes que seja tarde demais”, Mary Rice Hasson e Theresa Farnan detalham detalhadamente – com centenas de notas de rodapé documentais – o progresso que os grupos ativistas fizeram na manipulação das mentes de jovens cuja capacidade de pensar criticamente ainda tem que ser desenvolvida marginalmente.

Este parágrafo resume o desafio: “A educação pública tem sido incrivelmente bem-sucedida em uma área – produzindo jovens progressistas – um número crescente de homens e mulheres nas garras da confusão existencial, vitimização perpétua e intolerância política…. O sistema aproveita ao máximo seus anos mais formativos no início do ensino fundamental, e a doutrinação continua até o ensino médio. Graças às escolas públicas da América, eles chegam à faculdade já preparados e prontos para jogar no time progressivo”.

Os autores têm um apêndice no qual respondem à maioria das questões levantadas pelos pais – incluindo como lidar com o custo da educação particular e se seus filhos podem praticar esportes se não frequentarem uma escola pública.

Recusar-se a proteger os filhos dessas coisas é uma forma de abuso moral, espiritual e intelectual. À medida que este ano letivo chega ao fim, o verão seria um bom momento para os pais de crianças de escolas públicas considerarem o que é realmente melhor para seus filhos. Eles podem começar investigando o que é ensinado em sua escola local e podem terminar retirando-os.

As opiniões expressas neste artigo são as opiniões do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Epoch Times.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha
Um ex-membro de uma gangue criminosa japonesa disse que testemunhou o comércio de órgãos na China, tendo visto ...
Leia Mais >
 

Ex-general dos EUA fala sobre atuação do Partido Comunista Chinês: Entrevista exclusiva

Ex-general dos EUA fala sobre atuação do Partido Comunista Chinês: Entrevista exclusiva
David Stillwell, é um general de brigada americano reformado. De 2011 a 2013 ele foi diplomata na embaixada ...
Leia Mais >
 

BOLSONARO: “TOMAREMOS AS AÇÕES QUE DEVEM SER TOMADAS”; COREIA DO SUL AMPLIA DEFESA

BOLSONARO: “TOMAREMOS AS AÇÕES QUE DEVEM SER TOMADAS”; COREIA DO SUL AMPLIA DEFESA
O presidente Jair Bolsonaro discursou a uma multidão em Santa Catarina no sábado. Ele falou em “luta do ...
Leia Mais >
 

GUERRA “NÃO-CONVENCIONAL” DA CHINA; COLÔMBIA: GIRO À ESQUERDA; BRICS: IMPASSE DO BRASIL

GUERRA “NÃO-CONVENCIONAL” DA CHINA; COLÔMBIA: GIRO À ESQUERDA; BRICS: IMPASSE DO BRASIL
Um impasse para o Brasil? Ocorreu a cúpula do BRICS. China e Rússia falam em uma expansão do ...
Leia Mais >