Cidade de 1.000 habitantes desaparece misteriosamente na China, mas governo não investiga o que aconteceu

Por Celeste Armenta, Epoch Times

Todos nós já ouvimos falar do desaparecimento de um objeto, de um animal de estimação ou, em casos mais extremos, de um ser humano. Mas quando é uma cidade de 1.000 habitantes que desaparece de um dia para o outro, o fato assume nuances de mistério, se não houver uma explicação razoável.

Certa noite, em 1987, uma cidade aparentemente comum na China, localizada na parte central das Montanhas Qinling, na província de Shaanxi, desapareceu da face da terra. E não apenas as pessoas desapareceram, mas também cães, gatos e o gado, segundo publicou a NTDTV.

Estranhamente, toda a cidade rural estava como suspensa no tempo, pois tudo havia ficado exatamente como os moradores haviam deixado: a comida no fogão e os pertences em seu lugar, sem nenhum traço para indicar o que havia acontecido. Algo parecido com o que aconteceu em Pompéia, a cidade do oeste da Itália “congelada” há quase 2000 anos, depois que o vulcão Vesúvio entrou em erupção em um fenômeno incomum, deixando todas as pessoas petrificadas na posição em que estavam antes de morrerem.

No entanto, esta cidade da China não passou por um fenômeno natural e seus habitantes desapareceram. O incidente, ao que parece, é conhecido nos arquivos de Bogutongjin com o codinome “Gato noturno”, relata a mesma mídia, mas até mesmo toda referência a essas palavras foi proibida.

A história oral nos diz que no dia do incidente algumas pessoas na cidade tinham visto luzes semelhantes a UFOs no céu, o que inspirou o nome do projeto (gato noturno), bem como um grande número de cobras fugindo, disse Supchina.

Outra versão mais séria relata que toda a aldeia “teve que ser transferida para outro lugar”, e o fato foi censurado pelo Partido Comunista Chinês; todas as notícias que faziam menção foram censuradas. Se alguém fizer uma busca na Internet, não encontrará nenhuma informação devido ao Grande Firewall da China (em inglês chamado Great Firewall of China ou GFW), especialmente criado para censurar conteúdo dentro do país, segundo publicado pelo Minghui.org.

(Geralt/Pixabay)
(Geralt/Pixabay)

“Nessa ocasião, um grande número de tropas foi enviado. Toda a equipe teria mudado a cidade inteira para outros lugares durante a noite e persuadido as pessoas da cidade. Era impossível dispersar!”, disse um velho morador de uma cidade vizinha, relatou a NTDTV.

Quanto às especulações de usuários das redes sociais, ressalta-se que se tratava de um exercício militar e, como tal, teve que ser transferido, como todo mundo. Eles também destacam a evidência da proibição das palavras-chave do evento “gato noturno”, e a negação do funcionário de Shaanxi dizendo “são apenas rumores”, disse Todayonhistory.

Foram necessários 23 anos para que as notícias fossem divulgadas no Ocidente em 2010 e até mesmo na própria China Continental. A cidade está coberta por vegetação e abandono, longe da vida que as cidades vizinhas ainda mantêm.

(Ruthai/Pixabay)
(Ruthai/Pixabay)

Que outras informações o Partido Comunista Chinês esconde do mundo e do seu próprio povo?

Caso você não saiba, 12 das 100 principais páginas do mundo estão censuradas na China. Entre elas, páginas sociais como gmail, google, youtube, Facebook e Instagram estão completamente bloqueadas.

Se você conhece algum cidadão chinês, aqui estão as informações fornecidas pelo Minghui.org. para baixar um software que evita o bloqueio dentro da China para se conectar com o mundo.

1 – Use uma conta de e-mail fora da China e envie mensagem para freeget.one@gmail.com ou para xiazai@upup.info com assunto e conteúdo (não vazios).

2 – Você receberá uma resposta em 10 minutos com o endereço de vários sites para fazer o download do software.

3 – Você deve descompactar o arquivo e seguir as instruções incluídas.

Ainda não é possível saber exatamente o que aconteceu nas montanhas de Shaanxi naquela noite de 1987, mas que isso tenha se tornado público é um primeiro passo para não deixar cair no esquecimento as pessoas que moravam naquela distante cidade da China.

 
 
 

Em meio a protestos, Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

Em meio a protestos, Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia
O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou hoje (10), em um pronunciamento transmitido a partir da cidade de Cochabamba, sua ...
Leia Mais >
 

Itamaraty apoia novas eleições na Bolívia e expõe profunda preocupação com fraude

Itamaraty apoia novas eleições na Bolívia e expõe profunda preocupação com fraude
Por Davi Soares, Diário do Poder Antes do anúncio da renúncia de Evo Morales ao cargo de presidente ...
Leia Mais >
 

MTur abre credenciamento para agências receberem turistas chineses

MTur abre credenciamento para agências receberem turistas chineses
As inscrições para agências de viagens brasileiras receberem turistas chineses começa nesta terça-feira (5), segundo informações do Ministério ...
Leia Mais >
 

Câmara Legislativa do DF instala sistema de energia fotovoltaica

Câmara Legislativa do DF instala sistema de energia fotovoltaica
A Câmara Legislativa do Distrito Federal finaliza a instalação de um parque de geração de energia solar. Com ...
Leia Mais >