China envia mais estudantes ao exterior do que qualquer país

Estudantes são levados num tour de orientação na Universidade Humboldt em 2011. (Adam Berry/Getty Images)

De cada sete alunos que estudam no exterior, um deles é da China. O país é agora o fornecedor número um de estudantes internacionais, diz um relatório recente do Centro para a China e a Globalização (CCG) e da Academia Chinesa de Ciências Sociais.

Em 2011, o número de estudantes chineses que estudam no exterior atingiu 339.700, um número quase 17 vezes maior do que há uma década.

Quase metade deles está nos Estados Unidos. Em 2010, a China ultrapassou a Índia e se tornou o país com maior número de alunos estudando nos EUA, disse um relatório da agência da ONU para a educação, a UNESCO. Atualmente, cerca de 22% de todos os estudantes internacionais nos Estados Unidos são provenientes da China.

Desde o final de 1970 mais de dois milhões de estudantes chineses estudaram fora de seu país de origem, disse Wang Boqing, fundador e perito-chefe da MyCOS, uma empresa chinesa de consultoria de educação, citando estatísticas do Ministério da Educação da China.

A partir de 2011, mais de 92% destes alunos tiveram seus estudos financiados privadamente, segundo o relatório da CCG.

Wang Huiyao, diretor do CCG, disse à mídia estatal chinesa que a tendência de estudar no exterior continuará a crescer.

A falta de confiança em seus próprios sistemas de educação e de exame de admissão são os principais motivos para os chineses enviarem seus filhos ao exterior, disse Xiong Bingqi, vice-diretor da Universidade Jiaotong Centro de Notícias de Shanghai.

Xiong ressaltou que o estilo de educação ocidental se concentra mais no desenvolvimento da personalidade e respeita as opiniões dos alunos e essas características contrastam com o sistema de ensino na China.

“A educação na China obriga-o a se espremer pelo mesmo caminho que a elite. A educação em outros países oferece uma ampla seleção de modelos para deixar as crianças descobrirem ‘quem sou eu’, perseguir seus sonhos e se tornar uma pessoa independente”, disse Xiong.

“[Os pais se preocupam] que as escolas só querem ganhar dinheiro e farão seus filhos incompetentes”, disse um artigo de opinião publicado na Voz da China após o lançamento do relatório.

 
 
 

Da saúde a Hollywood: como o regime chinês tenta controlar a América

Da saúde a Hollywood: como o regime chinês tenta controlar a América
Hoje, as "plataformas de entretenimento" dos EUA estão tão "desesperadas pelo mercado chinês" que agora estão dispostas a ...
Leia Mais >
 

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.

Embaixadas chinesas publicaram notas criticando os Jogos Olímpicos no Japão, mas por um motivo incomum que gerou furor entre internautas.
Por NTD Notícias Evidências apontam que a catástrofe das enchentes na China vem das autoridades do Partido Comunista. ...
Leia Mais >
 

Epoch Times lança iniciativa ‘Defendendo America’ com painel sobre a constituição

Epoch Times lança iniciativa ‘Defendendo America’ com painel sobre a constituição
O Epoch Times realizou um painel de discussão em 19 de julho entre os principais especialistas na Constituição ...
Leia Mais >
 

Enchentes mortíferas na China

Enchentes mortíferas na China
Por NTD Notícias O senador Marco Rubio na terça-feira disse em tuite que o fechamento do instituto Confúcio ...
Leia Mais >