CEO da Disney admite ‘dificuldade’ em lançar filmes na China

Por Frank Fang

O CEO da Disney, Bob Chapek, falou sobre a “dificuldade” de conseguir lançar filmes na China em 11 de maio, depois de que aparentemente o último filme do “Doutor Estranho” provavelmente não será lançado na China devido ao aparecimento de uma caixa de jornal do Epoch Times no filme.

Falando durante uma teleconferência de resultados, Chapek disse que a situação na China tem sido “muito fluida” e “muito complicada” do ponto de vista comercial e político.

“Continuaremos a enviar nossos filmes para lançamento”, acrescentou. “Vale a pena notar, porém, que no momento em que estamos tendo alguma dificuldade em conseguir que nossos filmes sejam lançados na China, ‘Doutor Estranho’ se saiu extraordinariamente bem”.

Bob Chapek da Disney fala durante a Cerimônia de Abertura dos Jogos Invictus Orlando 2016 na ESPN Wide World of Sports em Orlando, na Flórida, em 8 de maio de 2016 (Chris Jackson/Getty Images for Invictus)
Bob Chapek da Disney fala durante a Cerimônia de Abertura dos Jogos Invictus Orlando 2016 na ESPN Wide World of Sports em Orlando, na Flórida, em 8 de maio de 2016 (Chris Jackson/Getty Images for Invictus)

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” a segunda parte do filme “Doutor Estranho” de 2016, foi lançado nos Estados Unidos em 6 de maio. Até agora o filme tem ido muito bem, arrecadando 213,6 milhões até 10 de maio.

No filme, uma caixa de jornal amarela fica ao fundo durante uma cena de luta quando o Doutor Estranho enfrenta um monstro chamado Gargantos nas ruas de Nova Iorque. A caixa tem os caracteres chineses 大紀元時報 para a edição em chinês do Epoch Times.

A revelação não foi surpresa para alguns cinéfilos, já que um dos trailers do filme já havia mostrado frames da caixa do jornal durante a mesma cena de luta. Como resultado, há muito se especula que a Disney não seria capaz de garantir o lançamento do filme na China, considerando que a mídia estatal chinesa Global Times criticou a Marvel por sua decisão em um artigo de opinião do dia 1º de maio.

Chris Fenton, um produtor e executivo de filmes de longa data de Hollywood, disse anteriormente ao Epoch Times que acredita que o novo filme da Marvel enfrentaria censura na China.

“Esse desenvolvimento recente do Epoch Times sendo visto como uma das principais estrelas do filme, definitivamente está atrapalhando qualquer tipo de chance que eles tinham de entrar nesse mercado”, explicou Fenton.

Chapek expressou otimismo de que a Disney se sairá bem financeiramente, apesar dos contratempos no mercado chinês.

“Estamos bastante confiantes de que, mesmo sem a China, se continuarmos a ter dificuldades em obter títulos lá, isso não impedirá nosso sucesso, dada a taxa de aceitação relativamente menor que obtemos nas bilheterias da China do que no resto do mundo”, disse ele.

O regime chinês proíbe os sites em inglês e chinês do Epoch Times, por medo de que a cobertura sem censura do jornal sobre assuntos atuais na China possa minar o domínio do Partido Comunista Chinês. O Epoch Times relata regularmente sobre lutas políticas dentro do partido, as violações de direitos humanos do regime contra minorias étnicas e grupos religiosos e, mais recentemente, a raiva e frustração do povo chinês com as políticas draconianas do regime contra a COVID-19.

Um incidente recente da crítica direta do regime comunista ao Epoch Times aconteceu em 5 de janeiro de 2021, quando o Departamento de Estado dos EUA publicou uma entrevista entre o então secretário de Estado Mike Pompeo no programa “American Thought Leaders” da EpochTV.

Um dia depois, Hua Chunying, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, caluniou o Epoch Times como uma organização de mídia “malvada” durante um briefing diário. Ela também atacou Pompeo por ter promovido “vírus políticos e mentiras políticas”.

Nos últimos anos, vários dos maiores filmes da Marvel não foram lançados na China, incluindo “Eternos”, “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” e “Viúva Negra”.

O filme “Doutor Estranho” de 2016 estreou na China. Ele arrecadou um total de US $677 milhões nas bilheterias em todo o mundo, com US $109 milhões vindos da China.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Putin está aberto à adesão da Finlândia e da Suécia à OTAN

Putin está aberto à adesão da Finlândia e da Suécia à OTAN
Enquanto a Suécia e a Finlândia avançam com seus planos de ingressar na OTAN, o presidente russo, Vladimir ...
Leia Mais >
 

DESTRUIÇÃO CULTURAL DO OCIDENTE: ENTREVISTA

DESTRUIÇÃO CULTURAL DO OCIDENTE: ENTREVISTA
Douglas Murray é o autor do livro “A Guerra Contra o Ocidente”. Ele descreve como, nas suas palavras, ...
Leia Mais >
 

MÉDICO SOBREVIVENTE DE GENOCÍDIO COMUNISTA NO CAMBOJA EXPÕE ATROCIDADES – PARTE 2

MÉDICO SOBREVIVENTE DE GENOCÍDIO COMUNISTA NO CAMBOJA EXPÕE ATROCIDADES – PARTE 2
Na terça-feira você conheceu a história de Nal Oum, um sobrevivente do genocídio comunista no Camboja. Em 1975, ...
Leia Mais >
 

“NÓS SOMOS TODOS COMUNISTAS”: EMPREGADO DO TWITTER; ELON MUSK RESPONDE A VÍDEO VAZADO

“NÓS SOMOS TODOS COMUNISTAS”: EMPREGADO DO TWITTER; ELON MUSK RESPONDE A VÍDEO VAZADO
Vazam mais vídeos de funcionários do twitter afirmando um viés esquerdista na plataforma. Um funcionário fala da Síndrome ...
Leia Mais >