Investidores mundiais fogem das ações chinesas no ritmo mais rápido desde a queda da Bolsa da China em 2015
China