Cápsula SpaceX acopla com sucesso na Estação Espacial Internacional

Por Agência EFE

A cápsula espacial que a empresa privada SpaceX enviou em sua primeira missão operacional tripulada foi acoplada com sucesso na madrugada de terça-feira na Estação Espacial Internacional (ISS), informou a agência dos EUA (NASA) em sua conta no Twitter.

Os quatro astronautas que viajam na cápsula da sonda Dragon, os americanos Shannon Walker, Michael Hopkins e Victor Glover, e o japonês Soichi Noguchi, já estão dentro da ISS, segundo a NASA.

Os tripulantes da ISS enviaram uma mensagem de boas-vindas aos quatro astronautas da cápsula denominada “Resilience” após sua chegada, por meio das redes sociais, nas quais o acoplamento foi transmitido ao vivo.

“Bem-vindo à @ Space Station, Crew-1! o @SpaceX Crew Dragon “Resilience” encaixada com sucesso…, com @Astro_Illini, @AstroVicGlover, Shannon Walker e @Astro_Soichi, “escreveu a NASA em seu perfil no Twitter.

Depois que a escotilha foi aberta, os quatro astronautas se juntaram à tripulação no laboratório orbital da ISS. A chegada ocorreu às 11h EDT (04.01 GMT).

“As escotilhas estão abertas. Os astronautas da tripulação 1 Shannon Walker, @Astro_Soichi, @AstroVicGlover e @Astro_illini são os novos residentes a bordo da @ Space Station. Bem-vindo a bordo!”, Confirmado da NASA.

O navio havia decolado com sucesso de Cabo Canaveral (Flórida) no último domingo em um foguete Falcon 9 reutilizável com a cápsula Dragon na cúspide.

Por volta das 07h40, horário local (00h40 GMT de segunda-feira), a cápsula Resilience estava finalmente em órbita em direção à ISS.

A firma SpaceX fundada pelo empresário Elon Musk pretende usar essa parte do foguete para a próxima missão em parceria com a NASA para a ISS, que está prevista para acontecer em março do próximo ano.

Táxis espaciais

A primeira das pelo menos seis missões que a SpaceX vai realizar na ISS gerou um contrato de 2,6 bilhões de dólares assinado com a NASA em 2014 e conseguiu finalmente firmar acordo dentro do calendário previsto, sem contratempos e após uma série de adiamentos da data programada.

A cápsula Dragon é a primeira espaçonave de propriedade e operação privada a ser certificada pela NASA para voos espaciais tripulados, após o sucesso da missão de teste Demo-2 que com dois astronautas a bordo decolou em maio passado para a ISS e retornou para a Terra sem incidentes em 2 de agosto.

O início dessas missões tripuladas significa para a NASA a possibilidade de embarcar em missões regulares para a ISS e também para a Lua e Marte, em associação com empresas privadas encarregadas de construir e projetar espaçonaves e foguetes, que funcionarão como uma espécie “táxis” espaciais.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
 
 

Pequim prendeu pelo menos 100 praticantes do Falun Gong em setembro

Pequim prendeu pelo menos 100 praticantes do Falun Gong em setembro
O Partido Comunista Chinês (PCC) condenou pelo menos 100 praticantes do Falun Gong à prisão em setembro, de ...
Leia Mais >
 

María Cabal fala sobre a infiltração do comunismo na América Latina

María Cabal fala sobre a infiltração do comunismo na América Latina
Hoje ouviremos a Sra. María Cabal, senadora da Colômbia, que nos fala sobre a insurgência comunista que está ...
Leia Mais >
 

O impacto da China nos danos ao meio ambiente

O impacto da China nos danos ao meio ambiente
A China comunista está impactando severamente o ambiente, a terra, o ar e a água. A nação asiática ...
Leia Mais >
 

“Round 6” na vida real; comércio de órgãos do PCC

“Round 6” na vida real; comércio de órgãos do PCC
Uma sociedade na qual todos competem por dinheiro e pela chance de mudar seus destinos; Onde excluídos têm ...
Leia Mais >