Bebê prematuro com 310 gramas consegue sobreviver na UTIN do hospital e finalmente vai para casa

Por Louise Chambers

O menor bebê já nascido e que tenha sobrevivido, em um hospital de Indiana, finalmente recebeu alta após 6 meses e meio. Ela foi para casa com seus pais eufóricos e está indo bem.

A bebê Audrey nasceu dos pais de primeira viagem, Brooke e Tim Mead, do sudoeste de Michigan, no Dia de Ação de Graças de 2021. Ela pesava apenas 310 gramas ao nascer.

Epoch Times Photo
(Cortesia de Brooke Mead)

Brooke, que soube que estava grávida de Audrey em julho de 2021, disse ao Epoch Times que teve uma gravidez normal até que um exame de anatomia em torno de 20 semanas sinalizou alguns problemas.

“Audrey estava com o crescimento atrasado algumas semanas, e eu tinha uma ‘mancha’ na minha placenta que mais tarde descobrimos ser tecido morto por ter pré-eclâmpsia”, explicou ela. “Minha pressão arterial estava ligeiramente elevada e tornou-se perigosa por volta das 22 semanas.”

Epoch Times Photo
(Cortesia de Brooke Mead)

Epoch Times Photo
(Cortesia de Brooke Mead)

Brooke foi internada no Memorial Hospital em South Bend, Indiana, por pré-eclâmpsia que evoluiu para a síndrome HELLP, uma complicação rara da gravidez. Uma semana após sua admissão, ela deu à luz de emergência por cesariana.

A bebê Audrey era um dos menores bebês que a UTIN já havia dado à luz. Ela tinha uma doença pulmonar crônica e um distúrbio ocular raro devido à sua prematuridade. Seu prognóstico era preocupante.

Epoch Times Photo
(Cortesia de Brooke Mead)

“Inicialmente, meu marido e eu estávamos aterrorizados”, disse Brooke, que trabalha no Memorial Hospital. “Disseram-nos que havia uma chance de 30 a 50 por cento de sobrevivência para ela. Nós oramos a Deus todos os dias para que ela sobrevivesse.”

A bebê Audrey esteve em um ventilador por três meses. Seus pais estavam muito envolvidos em seus cuidados na UTIN, trocando fraldas, ajudando na higiene bucal, lendo e conversando e praticando o “método canguru” para o contato pele a pele.

“Desde o início, Audrey era muito ativa e isso nos deu esperança”, disse Brooke.

Epoch Times Photo
(Cortesia de Brooke Mead)

Audrey foi transferida para o Advocate Children’s Hospital, em Park Ridge, Illinois, para ser tratada da doença ocular retinopatia da prematuridade (ROP) e passou um total de 6 meses e meio no hospital antes de receber alta em 6 de junho de 2022.

Os pais abençoados, Brooke e Tim, agradeceram às equipes de atendimento do hospital e, depois de três semanas em casa com o bebê, Brooke afirmou que Audrey estava “indo bem!”

Epoch Times Photo
(Cortesia de Brooke Mead)

Epoch Times Photo
(Cortesia de Brooke Mead)

Os Meads se conheceram no ensino médio em 2011. Ambos frequentaram a Southwestern Michigan College – Brooke obteve um diploma de associado em assistência médica, Tim em contabilidade – e se casaram em 2019.

A volta para casa de sua bebê recordista também é uma grande vitória para os funcionários do Memorial Hospital, que sentirão falta de sua presença na UTIN. Durante sua estada, Audrey ganhou o apelido de “A Guardiã do Segredo” entre suas enfermeiras.

A enfermeira da UTIN, Emily Fredericks, disse ao WNDU: “Nós entramos e a seguramos, líamos suas histórias. Ela conhece todo o drama, todas as fofocas, então vamos realmente sentir falta dela por aqui.”

Epoch Times Photo
(Cortesia de Brooke Mead)

Dr. Basharat Buchh, MD, médico da UTIN de Audrey, acrescentou: “Nem todo mundo que nasce na UTIN, ou é cuidado na UTIN, se dá bem. Mas são momentos como esses, os dias em que crianças assim vão para casa, que nos fazem seguir em frente, nos dão imensa alegria”.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha
Um ex-membro de uma gangue criminosa japonesa disse que testemunhou o comércio de órgãos na China, tendo visto ...
Leia Mais >
 

EUA e Japão anunciam manobras militares conjuntas; Polêmica com restaurantes de Taiwan

EUA e Japão anunciam manobras militares conjuntas; Polêmica com restaurantes de Taiwan
Pequim divulgou um importante documento sobre sua perspectiva quanto a Taiwan, o primeiro do tipo em duas décadas. ...
Leia Mais >
 

EXCLUSIVO: CDC admite que forneceu informações falsas sobre a fiscalização das vacinas de COVID-19

EXCLUSIVO: CDC admite que forneceu informações falsas sobre a fiscalização das vacinas de COVID-19
O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA está admitindo que forneceu informações falsas sobre ...
Leia Mais >
 

Parlamento de ex-república soviética declara Rússia “Estado terrorista”

Parlamento de ex-república soviética declara Rússia “Estado terrorista”
O Parlamento da Letônia adotou nesta quinta-feira uma declaração que classifica a Rússia como patrocinadora estatal do terrorismo ...
Leia Mais >