Ataque cibernético contra Academia de Defesa do Reino Unido causou danos “significativos”: ex-chefe militar

Por Alexander Zhang

Um ataque cibernético à Academia de Defesa do Reino Unido em março último causou danos “significativos”, revelou um oficial militar britânico sênior aposentado.

O marechal da Força Aérea Edward Stringer, que serviu como diretor-geral de desenvolvimento da força combinada e liderou o pensamento dos militares sobre o futuro da guerra, disse à Sky News que o ataque forçou a Academia de Defesa a reconstruir sua rede.

“As consequências para as operações foram significativas, mas administráveis”, disse Stringer em sua primeira entrevista para a televisão desde que deixou o exército em agosto de 2021.

Epoch Times Photo
Edward Stringer (D) em uma foto de arquivo sem data (Cabo Mark Larner RLC / MoD / PA)

Ele disse que os perpetradores podem ser criminosos cibernéticos ou um estado hostil como China, Rússia, Irã ou Coréia do Norte.

“Pode ser qualquer um desses ou pode ser apenas alguém tentando encontrar uma vulnerabilidade para um ataque de ransomware que era apenas, você sabe, uma genuína organização criminosa”, disse Stringer.

A escola, com sede em Shrivenham, Oxfordshire, ensina 28.000 militares, diplomatas e funcionários públicos por ano.

Stringer disse que “atividade incomum” por “agentes externos” foi descoberta pela primeira vez por empreiteiros que trabalham para a empresa de terceirização Serco e “alarmes” começaram a soar.

A principal preocupação era se os hackers haviam tentado usar a Academia de Defesa como uma “porta dos fundos” para penetrar em partes muito mais secretas dos sistemas de TI do Ministério da Defesa (MoD).

Mas Stringer disse que o ataque não foi bem-sucedido e ele estava “bastante confiante” de que não houve nenhuma outra violação além da academia.

Um porta-voz do MoD foi citado pela Sky News dizendo: “Em março de 2021, fomos informados sobre um incidente que afetou a infraestrutura de TI da Defense Academy. Agimos rapidamente e não houve impacto na rede de TI mais ampla do Ministério da Defesa. O ensino na Academia de Defesa continuou. ”

O regime chinês, um dos suspeitos do ataque, vem intensificando sua ofensiva cibernética contra o Ocidente, apesar dos esforços dos Estados Unidos, do Reino Unido e de seus aliados para detê-lo.

O governo dos EUA revelou em julho de 2021 que hackers afiliados à principal agência de inteligência da China, o Ministério de Segurança do Estado (MSS), violaram o servidor de e-mail da Microsoft, afetando dezenas de milhares de sistemas em todo o mundo.

Também naquele mês, o Departamento de Justiça anunciou a acusação de quatro cidadãos chineses que trabalhavam com o MSS, acusando-os de “uma campanha mundial de hacking e espionagem econômica liderada pelo governo da China”. A campanha envolveu o roubo de segredos de empresas, universidades e órgãos governamentais de 2011 a 2018.

Em uma declaração perante o Comitê de Segurança Interna e Assuntos Governamentais do Senado em setembro passado, o diretor do FBI Christopher Wray disse que a agência está “abrindo uma nova investigação de contra-espionagem na China a cada 12 horas”.

J.M. Phelps e PA Media contribuíram para este relatório.

 

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Rússia corta fornecimento de energia elétrica da Finlândia

Rússia corta fornecimento de energia elétrica da Finlândia
O fornecedor russo de energia RAO A Nordic Oy cortou o fornecimento de eletricidade para a Finlândia no ...
Leia Mais >
 

“RÚSSIA CONSIDERA ESSA UMA ‘GUERRA SANTA’ CONTRA O OCIDENTE”: EX-ASSESSOR DE PUTIN | ENTREVISTA

“RÚSSIA CONSIDERA ESSA UMA ‘GUERRA SANTA’ CONTRA O OCIDENTE”: EX-ASSESSOR DE PUTIN | ENTREVISTA
O que se passa na mente de Vladimir Putin? O Dr. Andrei Illarionov. Andrei foi assessor econômico de ...
Leia Mais >
 

“FINLÂNDIA PRECISA SE CANDIDATAR À OTAN ‘SEM DEMORA’”: PRIMEIRA-MINISTRA

“FINLÂNDIA PRECISA SE CANDIDATAR À OTAN ‘SEM DEMORA’”: PRIMEIRA-MINISTRA
A primeira-ministra da Finlândia disse que o país precisa entrar na OTAN “sem demora”. A nação tem se ...
Leia Mais >
 

ALLAN DOS SANTOS, DO TERÇA LIVRE, FALA SOBRE ÚLTIMO BANIMENTO E LIBERDADE DE IMPRENSA

ALLAN DOS SANTOS, DO TERÇA LIVRE, FALA SOBRE ÚLTIMO BANIMENTO E LIBERDADE DE IMPRENSA
Allan dos Santos, jornalista e fundador do canal Terça Livre, teve uma nova conta no youtube banida nesta ...
Leia Mais >