“Artistas de peso irão pra rua em janeiro”, diz Lobão

Tudo indica que após o curto recesso de final de ano, a política brasileira deve iniciar o ano em ebulição. Dilma terá que anunciar seu novo ministério e um dos seus maiores temores é indicar nomes que venham a ser vinculados à questão Petrolão, BNDS ou outras que certamente surgirão no desenrolar da vastidão de irregularidades apuradas pela polícia federal e ministério público federal.

Leia também:
Manifestações: a sociedade se anima e começa a acreditar em um novo Brasil
Porta-vozes das manifestações contra Dilma lançam ‘Manifesto Pela Democracia’
Milhares protestam no Brasil contra ameaça de golpe comunista e fraude eleitoral

A alta da temperatura da política deve favorecer a concentração em torno das manifestações anti-pt, que parece que reiniciarão com volume total no início do ano. A convocação para a última manifestação contou com a participação de vários membros da classe artística. Entre eles estavam Paulo Ricardo, Lobão, Danilo Gentili e o apresentador Otávio Mesquita. Parece que a organização aos poucos percebe que a presença de formadores de opinião faz mesmo diferença. No dia 16 de dezembro Lobão contou que saiu bastante animado de uma reunião com Roberto Melo, presidente da Associação Brasileira de Música e Artes. O cantor acredita que a classe artística vai se deslocar em peso para engrossar o movimento anti-PT. “Agora vamos levar os artistas… Artistas de peso irão pra rua, eu garanto isso…”, diz.

Membros do movimento, como Olavo de Carvalho, dizem que o governo está apavorado com o movimento, que já superou todas as expectativas. Se tivesse que acabar já teria acabado, dizem alguns. Agora não tem mais como não crescer, até que o PT seja extirpado do governo.

Olavo diz que a mobilização, encabeçada por Marcello Reis, Lobão e outros, é a primeira oposição realmente séria contra o PT. Que ocorre sem o financiamento de partidos, empresários ou qualquer instituição poderosa.

“Estão condenados, seja através de uma intervenção popular, seja através de uma crise geral, seja pela falta de dinheiro, eles vão cair… temos que bani-los da vida pública para sempre.”

Marcello Reis diz que procuradores e políticos alegam que precisam muito da mobilização popular para sustentar sua oposição, e que os manifestos são sempre sem violência e sem vandalismo. Reis também diz que o PT está com medo e que cada membro do movimento é uma parte importante, cada contribuição é uma “semente plantada”.

Em HangOut recente, Marcello Reis revelou que já colhem assinaturas em um site hospedado fora do país para que, se necessário, recorram à cortes internacionais contra a corrupção generalizada que ocorre no país. Complementando a fala de Reis, Olavo de Carvalho disse que a maior prova da fraude é o fato de existir apuração secreta.

Na mesma reunião online Lobão se dirigiu aos militares e diz que o fato de não pedir intervenção militar é uma forma de demonstrar respeito, porque acredita que quem deve realizar a mudança é o povo. Ele convida todo o povo brasileiro a sair para as ruas nesse ano de 2015.

Lobão reclama de que a imprensa não comenta nada sobre a total ausência de ilegalidade, violência e vandalismo nas manifestações da atual oposição.

Na Folha Online de domingo (21) mais um artigo que comenta sobre a mobilização. Os articulistas do jornal dizem que há quatro grandes vertentes anti Dilma. Em linha contrária ao que diz o jornal, Marcello Reis diz que está aumentando a coesão entre os grupos.

Marcello avisa também que o grupo não pretende realizar manifestos em dias de semana, sobretudo para não atrapalhar o ir e vir dos cidadãos que precisam trabalhar e resolver seus problemas.

Muitos dizem que se Aécio resolver aderir ao movimento, assumindo uma posição de liderança, a mobilização pode crescer mais rápido ainda. Há gente de dentro do PSDB que defende o envolvimento direto da sigla nos atos. Mas dentro do próprio movimento ainda não há consenso sobre isso.

Naturalmente a política deve dar uma reduzida na velocidade nessas duas próximas semanas, mas estaremos vigilantes por aqui.

Editado por Epoch Times

 
 
 

Site da Universidade de Havana é invadido com mensagens contra Castro e Díaz-Canel

Site da Universidade de Havana é invadido com mensagens contra Castro e Díaz-Canel
O grupo Anonymous Cuba Oficial invadiu neste domingo o site da Faculdade de Física da Universidade de Havana ...
Leia Mais >
 

Mais de 300 detidos no estado de São Paulo durante o carnaval de sábado

Mais de 300 detidos no estado de São Paulo durante o carnaval de sábado
A Polícia do Estado de São Paulo prendeu 333 pessoas, incluindo duas venezuelanas, durante as festividades de carnaval ...
Leia Mais >
 

Guaidó pressionará por mais sanções contra regime de Maduro

Guaidó pressionará por mais sanções contra regime de Maduro
Depois de retornar à Venezuela após uma turnê internacional de três semanas, Juan Guaidó diz que tomou um ...
Leia Mais >
 

Alemanha: assassino em massa tinha motivo racista, segundo autoridades

Alemanha: assassino em massa tinha motivo racista, segundo autoridades
As autoridades alemãs acreditam que o homem armado que cometeu dois disparos na cidade de Hanau, na Alemanha ...
Leia Mais >