Arqueólogos descobrem adaga de cristal de 5.000 anos em túmulo de cacique na Espanha

Por Jenni Julander 

Arqueólogos espanhóis descobriram uma adaga de cristal de 5.000 anos, que remonta às civilizações pré-históricas. Não é apenas uma relíquia bastante rara, mas os pesquisadores acreditam que quem a empunhava esperava ter acesso a “poderes mágicos”, entre outros usos.

Na tumba megalítica de Montelirio tholos, localizada no sudoeste da Espanha, os pesquisadores descobriram um tesouro repleto de artefatos. Dentro havia 25 pontas de flecha de cristal, um núcleo para fabricar armas e, mais notavelmente, uma adaga de cristal que remonta a 3.000 aC.

De acordo com o My Modern Met, a adaga exigiria uma habilidade incrível para ser criada. Não é raro encontrar cristais de rocha como este em sítios ibéricos da pré-história tardia, mas é o contexto tumular que esclarece o uso destes objetos.

A escavação em si durou três anos, de 2007 a 2010, com os pesquisadores finalmente publicando suas descobertas em 2015.

(Cortesia de Miguel Ángel Blanco de la Rubia)
(Cortesia de Miguel Ángel Blanco de la Rubia)

Os pesquisadores afirmam que a localização dos 25 corpos descobertos dentro da tumba é significativa. Os restos mortais de várias mulheres foram encontrados em círculo perto dos restos mortais de um indivíduo que pode ter sido um chefe. Os testes também revelaram que várias mulheres e pelo menos um homem morreram por ingerir veneno.

(Cortesia de Miriam Luciañez Triviño)
(Cortesia de Miriam Luciañez Triviño)

Dentro da tumba foram encontrados pedaços quebrados de folhas de ouro e objetos de marfim, além de “mortalhas ou roupas feitas com dezenas de milhares de ornamentos perfurados e decorados com âmbar”.

(Cortesia de Miguel Ángel Blanco de la Rubia)
(Cortesia de Miguel Ángel Blanco de la Rubia)

Os pesquisadores acreditam que as pontas de flecha de cristal eram uma oferenda ou algum tipo de ritual, por serem colocadas juntas em um grupo.

(Cortesia de Miguel Ángel Blanco de la Rubia)
(Cortesia de Miguel Ángel Blanco de la Rubia)

A adaga de cristal de 8,5 polegadas foi descoberta em uma câmara completamente separada, onde estava alojada com cabo e bainha de marfim.

Devido à escassez de cristal na área, bem como a habilidade necessária para fazer tal arma, os pesquisadores acreditam que a adaga pertencia a um indivíduo em posição de poder.

“As [armas de cristal] provavelmente representam parafernália funerária acessível apenas às elites deste período”, escreveram os pesquisadores. “Por outro lado, o cristal de rocha deve ter tido um significado simbólico como matéria-prima coberta de significados e conotações especiais. A literatura oferece exemplos de sociedades em que o cristal de rocha e o quartzo como matéria-prima simbolizam vitalidade, poderes mágicos e a conexão com os ancestrais.

(Cortesia do Professor L. García Sanjuán)
(Cortesia do Professor L. García Sanjuán)

A finalidade exata da adaga de cristal e de outras armas de cristal permanece um mistério. No entanto, é claro que esta descoberta oferece uma visão sem precedentes das culturas pré-históricas

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

EXCLUSIVO: estados investigam aumento na taxa de mortalidade entre 18 a 49 anos – maioria não relacionada à COVID-19

EXCLUSIVO: estados investigam aumento na taxa de mortalidade entre 18 a 49 anos – maioria não relacionada à COVID-19
Departamentos de saúde em vários estados confirmaram ao Epoch Times que estão analisando um aumento acentuado na taxa ...
Leia Mais >
 

“MADE IN CHINA”

“MADE IN CHINA”
Por NTD Notícias “Made in China”. Essas palavras aparecem em tudo, de computadores a brinquedos e imensas peças ...
Leia Mais >
 

China impõe duras medidas de controle da pandemia

China impõe duras medidas de controle da pandemia
Os EUA dizem que não se deterão com as últimas sanções da China. Pequim penalizou 4 oficiais americanos ...
Leia Mais >
 

Senador americano pede cooperação com Brasil para conter China

Senador americano pede cooperação com Brasil para conter China
Um senador americano pede ao líder da defesa de seu país que aprofunde a cooperação com o Brasil. ...
Leia Mais >