Anúncio da Gillette sobre “masculinidade tóxica” ataca seus próprios clientes (Vídeo)

Por Colin Fredericson, Epoch Times

A Gillette está recebendo muitas críticas por causa de um comercial que questiona o retrato da masculinidade da empresa, julgando seus leais clientes como brutos e selvagens.

Pelo fato de que a Gillette fabrica lâminas de barbear, creme de barbear e, em grande parte, produtos pessoais para homens, sua grande clientela masculina está sendo atacada.

O comercial mostra homens e meninos agindo como bandidos, pervertidos e predadores sexuais. A tentativa da Gillette de atualizar sua imagem perpetuando estereótipos de “masculinidade tóxica”, juntando-se assim à corrente midiática controlada pelos progressistas, afastou muitos de seus clientes.

“Eu faço a barba desde os 12 anos, desde o começo usei Gillette porque é o que meu pai usava, agora nunca mais vou usá-lo e meu pai também, nós dois fomos clientes da Gillette por mais de 50 anos, mas agora nunca mais”, escreveu @ary31574363 no Twitter.

Antes, um barbeador era simplesmente um produto essencial na vida de um homem, mas agora é uma ferramenta de polarização política nas mãos dos guerreiros da justiça social. A empresa agora, longe de seu serviço como um produto conveniente para fazer a barba, tenta direcionar a cultura masculina. Como resultado, uma onda negativa de comentários se seguiu ao anúncio desde que apareceu na Internet.

“Isso é muito insultante… honestamente, a Gillette acha que homens de verdade precisam que lhes digam como ensinar seus filhos? Talvez seja hora de procurar um novo barbeador”, disse o comissário de polícia de Nova Iorque, Bernard B. Kerik, no Twitter.

De acordo com o gerente de contas de uma agência de publicidade, a Gillette deve estar tentando provocar uma grande reação intencionalmente.

“O anúncio deles está dando boa publicidade e bons números e causando um debate — o que eles já deviam saber que ia acontecer quando lançaram o anúncio”, disse Rob Saunders, do Media Agency Group, à BBC Radio 1 Newsbeat. “É uma mudança de postura para a Gillette e está acontecendo da noite para o dia, particularmente com comentários nas redes sociais e é por isso que está chamando tanto a atenção.”

Saunders também explicou como este anúncio reflete uma súbita nova direção para a empresa.

“É uma grande mudança de atitude da Gillette e está acontecendo da noite para o dia, particularmente com comentários nas redes sociais, e é por isso que está chamando tanto a atenção”. Ele também acrescentou que “os próximos passos são muito importantes, mas não devem necessariamente causar um pânico generalizado”.

Também mostra que isso não pode ser algo fortuito, e que deve ser um esforço coordenado por parte dos gerentes de alto escalão.

“Este anúncio foi aprovado por muitas pessoas na Gillette”, disse Saunders. “Então eles deviam saber que isso poderia gerar uma reação adversa.”

O anúncio foi dirigido por Kim Gehrig, da Somesuch, uma produtora do Reino Unido. O presidente do Global Grooming Business, da Procter & Gamble, Gary Coombe, defendeu o anúncio. A Proctor & Gamble é a empresa controladora da Gillette.

Aparentemente, Coombe não quer que a nova posição da Gillette seja interpretada de uma única forma.

“Sabíamos que aderir ao discurso sobre ‘masculinidade moderna’ significaria mudar a maneira como pensamos e retratamos os homens a cada momento”, acrescenta Gary Coombe. Ele afirmou à BBC que todos os futuros anúncios refletirão um novo conjunto de padrões semelhantes aos do último anúncio.

Até o famoso slogan da Gillette recebe uma surra no comercial. Enquanto a tela mostra o slogan “O melhor que um homem pode conseguir”, o narrador pergunta: “Isso é a melhor coisa que um homem pode alcançar?”, enquanto crianças rasgam a tela de um antigo comercial da Gillette, uma imagem metafórica da empresa destruindo seu passado.

“O anúncio da Gillette acaba de rotular sua empresa como a marca de espancadores de mulheres e molestadores de crianças”, escreveu o âncora Jack Posobiec.

https://twitter.com/JackPosobiec/status/1085195147279687681

A julgar pelos comentários nas redes sociais, o comercial é um desfile de estereótipos em estilo zumbi e uma ladainha de cartas de amor à propaganda feminista. Um produto que anteriormente estava associado à masculinidade está agora devorando e afastando a si mesmo de sua clientela, como se fosse uma missão suicida ou simplesmente um estado de delírio.

 
 
 

Refugiados venezuelanos encontram esperança em discurso antissocialista de Trump

Refugiados venezuelanos encontram esperança em discurso antissocialista de Trump
Os refugiados venezuelanos que escaparam da ditadura socialista de Nicolas Maduro e que estão em Cúcuta, dizem ter ...
Leia Mais >
 

Trump faz emocionante homenagem ao piloto venezuelano que morreu depois de se rebelar contra Maduro (Vídeo)

Trump faz emocionante homenagem ao piloto venezuelano que morreu depois de se rebelar contra Maduro (Vídeo)
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na segunda-feira (18) em Miami, fez uma pausa durante seu discurso ...
Leia Mais >
 

Realizações arquitetônicas do Imperador Yongle na Dinastia Ming (fotos)

Realizações arquitetônicas do Imperador Yongle na Dinastia Ming (fotos)
Ao longo da história chinesa, cada dinastia teve seu estilo único de arquitetura, vestimenta, cultura e arte. Este ...
Leia Mais >
 

Corpo de mulher desaparecida há 18 anos é encontrado em freezer da família na Croácia

Corpo de mulher desaparecida há 18 anos é encontrado em freezer da família na Croácia
O corpo encontrado no freezer de uma casa de família em uma vila tranquila na Croácia é o ...
Leia Mais >