Alemanha: assassino em massa tinha motivo racista, segundo autoridades

Por Paula Liu

As autoridades alemãs acreditam que o homem armado que cometeu dois disparos na cidade de Hanau, na Alemanha Ocidental, na quarta-feira, 19 de fevereiro, agiu por racismo, segundo a chanceler alemã Angela Merkel.

As autoridades que coletaram informações e evidências disseram que o suspeito, identificado como Tobias Rathjen, um cidadão alemão de 43 anos, teria postado um vídeo antes dos assassinatos. A BBC disse que o suspeito mostrou “teorias da conspiração da direita” tanto no vídeo quanto em uma carta de confissão que ele deixou, indicando que havia um motivo racista envolvido.

Além disso, as autoridades estão investigando um site atribuído ao suspeito. Segundo o ministro do Interior de Hesse, Peter Beuth, “enquanto houver indícios de motivo racista (…) se houver reivindicações de responsabilidade ou documentos, isso ainda está sendo investigado”.

A mídia noticiou que havia uma preocupação crescente com ataques como esses.

Em resposta aos assassinatos e em meio a preocupações com ataques extremistas de direita como o quarta-feira, Merkel declarou: “O racismo é um veneno; O ódio é um veneno. Esse veneno existe em nossa sociedade e é o culpado por muitos eventos trágicos”.

Merkel ofereceu suas condolências aos amigos e familiares das vítimas do ataque de quarta-feira e disse: “A profunda dor que as pessoas em Hanau sentem hoje por causa da morte violenta de tantos concidadãos é uma dor que eu também sinto pessoalmente, e uma dor que é Sinta-se em todo o país. Meus pensamentos estão em primeiro lugar com as famílias e amigos dos mortos.

Este foi um dos assassinatos mais mortais na Alemanha desde um assassinato em massa em Munique em 2016, no qual nove pessoas morreram, segundo o Washington Post.

Tiroteio

Em um relatório anterior, o tiroteio de quarta-feira resultou na morte de nove pessoas e cinco feridos na cidade de Hanau, localizada a apenas 24 quilômetros de Frankfurt. O suspeito entrou em um bar de shisha e abriu fogo. Testemunhas lembraram-se de ouvir entre oito e nove tiros.

Após o ataque inicial, o suspeito dirigiu para outro local: o bairro de Kessselstadt da cidade e abriu fogo em outro bar de Narguilé. Ele escapou novamente após o segundo tiroteio.

A Fox News noticiou que todas as vítimas dos disparos de quarta-feira eram de descendência curda.

A polícia respondeu rapidamente às duas cenas, prestando atenção médica aos feridos e avaliando a situação. As autoridades também selaram as áreas onde o crime ocorreu.

Não muito longe da cena do segundo tiroteio, os policiais encontraram os corpos de Tobias Rathjen, o indivíduo que as autoridades acreditavam ser o suspeito, junto com sua mãe, ambos mortos. O Washington Post também informou que o pai de Rathjen foi encontrado fora de sua casa, ileso.

 
 
 

Governo dos EUA intensifica esforços para combater desinformação sobre vírus do PCC

Governo dos EUA intensifica esforços para combater desinformação sobre vírus do PCC
As agências federais estão intensificando seus esforços para combater uma campanha agressiva de desinformação do regime comunista chinês ...
Leia Mais >
 

Trump diz que tem dúvidas sobre os dados oficiais de vírus da China

Trump diz que tem dúvidas sobre os dados oficiais de vírus da China
O presidente Donald Trump expressou na quinta-feira suas dúvidas sobre o número de casos de COVID-19 sendo relatados ...
Leia Mais >
 

Hospitais de Nova Iorque estão oferecendo enormes quantidades de vitamina C aos pacientes com coronavírus

Hospitais de Nova Iorque estão oferecendo enormes quantidades de vitamina C aos pacientes com coronavírus
Pacientes com coronavírus muito doentes estão recebendo uma grande dose de vitamina C no estado de Nova Iorque, ...
Leia Mais >
 

Vestígios de vírus são encontrados em navio de cruzeiro 17 dias após desembarque de passageiros

Vestígios de vírus são encontrados em navio de cruzeiro 17 dias após desembarque de passageiros
Traços do vírus do PCC foram encontrados em um navio de cruzeiro no Japão mais de duas semanas ...
Leia Mais >