A comovente história por trás de um cachorro sentado sozinho, olhando para o mar: ‘Parte meu coração’

Por Louise Chambers

Em um passeio com sua família em uma praia no Peru, uma mulher encontrou um cachorrinho sentado sozinho e observando o oceano. Como se viu, havia uma história doce e triste por trás de sua contemplação do mar.

Jolie Mejía, de 23 anos, moradora de Lima no Peru, viu o cachorro pela primeira vez nas praias próximas de Punta Negra em 27 de fevereiro. Ele se aproximou e foi amigável.

Mejía, estudante de marketing, disse ao Epoch Times que o cachorro não parecia ter sido abandonado porque “sua pele estava bonita e ele tinha uma fita verde no pescoço”. Ela pensou que seu dono devia estar em outro lugar na praia, ou nadando no mar.

(Cortesia de Jolie Mejía)

 

“Ele estava muito calmo e tinha um olhar pacífico”, lembrou Mejía. “No começo, ele se deitou conosco, mas manteve distância. Depois de alguns minutos, comecei a acariciá-lo… e tirar fotos, até que um morador local passou e reconheceu o cachorro.”

O homem disse a Mejía que o nome do cachorrinho era Vaguito.

“Achei que ele era seu dono”, disse ela. “Eu disse algo como: ‘Ei, não se preocupe, estou devolvendo seu cachorro!’ de forma amigável, mas depois disse que Vaguito não era seu cachorro. Ele disse que Vaguito era um cachorro muito popular na praia; todos os vizinhos locais o conheciam e o amavam.”

(Cortesia de Jolie Mejía)

Foi então que Mejía soube da triste história por trás da vigília do cachorro à beira-mar.

O dono de Vaguito, um pescador, havia falecido cerca de um ano antes, e o fiel cão voltava à praia todos os dias, esperando pacientemente a chegada de seu barco.

“Ele se emocionava cada vez que via barcos ou outros pescadores no mar, — disse Mejía. “Fiquei muito emocionado com a história dele. Ele era um anjo, partiu meu coração para que ele nunca mais encontrasse seu dono e, ao mesmo tempo, seu amor me inspirou muito.”

Mejía perguntou ao morador local que conheceu na praia se Vaguito precisava de um lar, mas ele garantiu que os vizinhos estavam cuidando bem do cachorro, fornecendo-lhe comida, abrigo e cuidados médicos. A fita verde em volta do pescoço tinha vindo do veterinário local. Mejía teve outra ideia; ela compartilharia a história de Vaguito nas redes sociais na esperança de encorajar seus amigos a visitar o cachorro solitário.

“Achei que era a única maneira de ajudá-lo, dando-lhe o máximo de amor possível”, disse ela. “Tirar Vaguito daquela praia provavelmente o prejudicaria mais do que o ajudaria. Sua casa e propósito estavam agora lá.”

Mejía foi ao Twitter para compartilhar a história do cachorro solitário.

“Esse lindo cachorro me impactou na praia. Um homem nos disse que esta é sua casa agora… seu dono era um pescador que faleceu há algum tempo”, escreveu ela, “Desde então, ele olha para o mar todos os dias e se emociona toda vez que vê barcos.”

O tweet se tornou viral. Milhares responderam com amor e empatia pelo cachorrinho e pelo humano que ele perdeu.

(Cortesia de Jolie Mejía)

Mejía não voltou a Punta Negra desde que conheceu Vaguito e não sabe como ele está. No entanto, ela acha importante que todas as pessoas percebam que um companheiro humano significa tudo para um cão.

“O amor deles é infinito”, disse ela ao Epoch Times. “Espero que esta história inspire as pessoas a cuidar de seus animais de estimação e dar a eles todo o amor que merecem.”

 

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
 
 

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha

Regime chinês matou adepto do Falun Gong para extrair seu fígado, afirma testemunha
Um ex-membro de uma gangue criminosa japonesa disse que testemunhou o comércio de órgãos na China, tendo visto ...
Leia Mais >
 

EUA e Japão anunciam manobras militares conjuntas; Polêmica com restaurantes de Taiwan

EUA e Japão anunciam manobras militares conjuntas; Polêmica com restaurantes de Taiwan
Pequim divulgou um importante documento sobre sua perspectiva quanto a Taiwan, o primeiro do tipo em duas décadas. ...
Leia Mais >
 

EXCLUSIVO: CDC admite que forneceu informações falsas sobre a fiscalização das vacinas de COVID-19

EXCLUSIVO: CDC admite que forneceu informações falsas sobre a fiscalização das vacinas de COVID-19
O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA está admitindo que forneceu informações falsas sobre ...
Leia Mais >
 

Parlamento de ex-república soviética declara Rússia “Estado terrorista”

Parlamento de ex-república soviética declara Rússia “Estado terrorista”
O Parlamento da Letônia adotou nesta quinta-feira uma declaração que classifica a Rússia como patrocinadora estatal do terrorismo ...
Leia Mais >